Outros

1º Ato – Trespontanos convocam para protesto com objetivo de exigir das autoridades melhorias para a MG-167 entre Três Pontas e Varginha Somente neste ano, no trecho foram registrados quatro acidentes com seis feridos e três mortos

Campanha Duplicação MG 167 2

Protestar para chamar a atenção das autoridades em relação à Rodovia MG-167, trecho Três Pontas / Varginha. Mostrar que a via precisa urgentemente ser melhorada em nome da preservação da vida.

É com esta intenção que cidadãos, em grande maioria integrantes do Movimento Juventude que Levanta e Ousa, está organizando um Ato agendado para o próximo sábado (31). Eles pretendem se reunir às 16 horas no trevo onde finaliza a Avenida Prefeito Nilson José Vilela, em Três Pontas.

“Estamos cansados de ler notícias sobre acidentes, estamos cansados de perder nossos entes, estamos cansados da dor, mas não da luta. Vamos nos unir, vamos agir. Já falamos muito sobre, agora é hora de fazermos. Só o povo salva o povo”, convoca Luana Luz Reis, uma das líderes do 1º Ato pelo qual serão solicitados a duplicação, acostamentos e fiscalização no trecho.

Desde a criação da página do evento em uma rede social, muita gente manifestou apoio à iniciativa confirmando presença, oferecendo ajuda e dando sugestões. O Músico, Mauro Marques, por exemplo, comentou que é usuário da via e não quer se tornar a próxima vítima. Então, se dispôs a colaborar no protesto tocando e cantando. Além disso, pensou no envolvimento da Polícia por meio de blitz educativa. Já o Advogado, Webert Dixini Miranda, orientou para que os manifestantes levem a bandeira do Brasil a fim de reforçar que nas reivindicações não há fundo político-partidário ou ideológico-radicalista. Fez ainda uma observação também importante em relação ao uso de imagem de acidentados e vítimas. Ele sugeriu que elas sejam evitadas. A mesma opinião tem o Comerciante, Dimas Rocha de Souza que, analisa, a exposição é dolorida e constrangedora para muitos.

Com a iniciativa vieram as discussões, sobretudo, quanto à imprudência dos motoristas. Alguns opinam que as verdadeiras causas dos acidentes registrados na MG-167 são a alta velocidade, ultrapassagens proibidas e outros desrespeitos ao tráfego seguro. A maior parte dos envolvidos no 1º Ato concorda que é necessário investir na educação para o trânsito, mas também exigir fiscalização e estruturar a Rodovia. O trecho entre Três Pontas e Varginha não oferece segurança. A estrada é estreita, existem poucos acostamentos e o movimento é intenso. Somente neste ano já aconteceram quatro acidentes no local, com seis feridos e três mortos.

“Não podemos pedir coisas abstratas para o número grande de pessoas que utilizam a Rodovia, tais como, tenham paciência, saiam mais cedo. Isso é inútil. Devemos trabalhar com possibilidades reais e concretas. E a mais evidente para o momento é a questão da duplicação”, opina também pela rede social, Pablo Rios. O trespontano que reside em Montes Claros (MG) destaca que “de uma perspectiva histórica a duplicação de rodovias faz diminuir o número de acidentes fatais. Assim foi com a Fernão Dias e a Dutra”.

Os organizadores do 1º Ato solicitam que cada participante leve uma cruz de madeira para ser “plantada” no canteiro central do trevo de acesso a Varginha. Também está definido que pessoas poderão usar um mega fone para relatos e cobranças sobre a MG-167.

Petição

Para agregar força ao movimento foi criada a Petição Online – Duplicação, Acostamento, Fiscalização da MG-167, Três Pontas/Varginha. Até o fechamento desta matéria, por volta das 13 horas desta segunda-feira (26), tinham sido colhidas 172 assinaturas. A Petição será encaminhada para o Diretor Geral do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais, Célio Dantas de Brito.

A adesão deve ser feita pelo link https://secure.avaaz.org/po/petition/Diretor_Geral_do_DERMG_Celio_Dantas_de_Brito_Duplicacao_Acostamento_e_Fiscalizacao_da_MG167_Tres_Pontas_Varginha/?lrYHIcb&pv=0

Já o andamento de toda a preparação do 1º Ato pode ser acompanhado através do endereço https://www.facebook.com/events/1520764551520571/?ref=ts&fref=ts

A construção da terceira faixa na Rodovia MG-167, Três Pontas / Varginha, há tempos é assunto em pauta. O tema foi, inclusive, abordado em Audiência Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realizada em Três Pontas. Em 2013, o Governo anunciou que a construção aconteceria em 12 dos 28 quilômetros do referido trecho. Várias lideranças políticas das esferas municipal e estadual cobraram, mas até o momento nada foi feito. A expectativa é que, agora, o clamor do “povo pelo salvamento do povo” seja ouvido.  

 

Notícia anterior

Estão abertas as inscrições para o Concurso Rainha Expocafé

Próxima notícia

Kamy convida Sideral e transforma noite de sábado em diversão regada à música de qualidade

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.