NotíciasPolítica

Administração quer fomentar o turismo em Três Pontas e secretário adjunto de MG, Gustavo Arrais, instiga: qual é o principal “produto” da cidade: Padre Victor, música ou café?

Arlene Brito/Jessica Mesquita Silva

Três Pontas é conhecida como a Terra de Padre Victor (líder religioso que poderá se tornar o primeiro Santo negro do Brasil), como a Capital Mundial do Café (proporcionalmente o município é um dos maiores produtores mundiais do grão) e também como a Capital da Música (devido aos consagrados Milton Nascimento e Wagner Tiso e à uma leva de novos talentos). Ainda assim, a cidade não explora seu potencial turístico de uma maneira programada, correta e eficiente.

Atenta à capacidade turística trespontana, a atual Administração – por intermédio da Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Turismo recorreu ao secretário de Estado Adjunto de Turismo, Gustavo Arrais, que conheceu um pouco deste pedaço mineiro em visita nesta segunda-feira (4). Arrais esteve na Igreja Matriz Nossa Senhora d’Ajuda, no Memorial Padre Victor e foi recebido pelo prefeito Luiz Roberto Laurindo Dias (PSD). Depois, foi conduzido até o Auditório da Cocatrel, onde falou sobre “A importância da segmentação do turismo para a consolidação de um destino turístico”.

Secretário adjunto de Turismo de MG, Gustavo Arrais, orienta Administração e outros segmentos trespontanos

No encontro com autoridades políticas, eclesiásticas e de segurança pública, com cafeicultores, musicistas, comerciantes, empresários e representantes de outros setores, Arrais elogiou a iniciativa, destacando que o turismo é um “bom negócio, sem contraindicação”. Geração de empregos, geração de impostos e recursos diretos para munícipes e município, preservação – enfim, benefícios econômicos, sociais e ambientais proporcionados pelo turismo foram citados. Observando que Três Pontas se mostrou uma cidade agradável, limpa, receptiva o secretário adjunto fez outro elogio: disse que o município já sai à frente por possuir produtos turísticos reais. Então, orientou que o primeiro passo é definir com calma e sem fanatismo qual será “o anzol” capaz de fisgar e satisfazer o turista.

Deixou claro ainda que, com o passar do tempo, as demais potencialidades devem ser agregadas ao principal “produto” turístico. E, ao final do bate-papo, Arrais sugeriu que, após a definição, seja desenvolvido um Plano de Diretrizes com apoio do Sebrae-MG. “Assim, o turismo em Três Pontas vai acontecer precisamente”, enfatizou.

Prefeito Dr. Luiz Roberto afirma que o povo de Três Pontas faz a diferença dentro do projeto de fomentação do turismo na cidade

Após reforçar os “produtos” de qualidade que podem fomentar o turismo em Três Pontas, acrescentando a produção de vinho, de lavanda e o Lago de Furnas, o  prefeito Luiz Roberto enalteceu. “Não adianta ter tudo isso se não tivermos povo e Três Pontas tem um povo diferenciado: que trabalha, que briga pelo que quer, que assume aquilo que tem e isso é muito importante”. Em rápida explanação deu boas-vindas aos visitantes. “Estamos aqui de coração e de braços abertos”, finalizou.

Secretária Municipal de Cultura, Dilma Messina, acredita que visita de Arrais à cidade é um marco para turismo “acontecer” na Terra do Beato Padre Victor

“A segmentação de forma consolidada do turismo é uma ferramenta fundamental na promoção deste meio e funciona como estratégia de estruturação e comercialização de destinos e roteiros. No caso deste processo, Três Pontas sai na frente e agradecemos de antemão ao senhor Gustavo Arrais que aceitou o nosso convite e, através deste momento, consideraremos como o marco para o rumo turístico da nossa cidade. Estamos aqui em busca de mecanismo para galgar os frutos de nossos potenciais dentro desse segmento tão importante e rico que é o turismo”, completou a secretária municipal de Cultura, Lazer e Turismo Dilma Messina.

Deputado Dalmo Ribeiro acompanha o secretário adjunto na visita a Três Pontas e anuncia “Comenda Padre Victor”

Devoto, o deputado estadual Dalmo Ribeiro anuncia “Comenda Padre Victor”, pronta para votação no Plenário da Assembleia Legislativa

O deputado estadual e 2º vice-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Dalmo Ribeiro Silva (PSDB) acompanhou o secretário adjunto de Turismo, Gustavo Arrais, na visita a Três Pontas. Na oportunidade, apoiou a iniciativa do Governo Municipal, mencionando que aquele momento de reflexão se tornaria, como almeja a secretária Dilma Messina, um marco para o desenvolvimento do turismo de Minas e, acrescentou, “tudo indica, também do turismo religioso de Três Pontas”.

O deputado informou que protocolou o Projeto de Lei 4032/2017, que visa instituir a Comenda Beato Padre Victor, a ser realizada no município de Três Pontas. A honraria, explicou, destina-se a homenagear pessoas físicas e jurídicas que tenham se destacado em atividades relacionadas com o fomento à educação, à assistência social, ao combate à desigualdade, à promoção da cidadania e da dignidade humana.

Beatificação de Padre Victor (Foto: arquivo)

“Em nosso projeto, a entrega da Comenda será realizada anualmente pelo governador de Minas. A vida de Padre Victor foi dedicada à caridade, ajudando os mais necessitados e promovendo a fé”, completou.

Segundo Dalmo Ribeiro, o Projeto está pronto para ser votado no Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, já tendo passado pela Comissão de Constituição e Justiça da Casa. O autor do requerimento é devoto de Padre Victor e esteve, inclusive, na cerimônia de Beatificação, em 14 de novembro de 2015. 

Em busca de novas parcerias 

Após a explanação do secretário adjunto houve assinatura de dois pedidos direcionados ao Governo do Estado. Uma solicitação é a inclusão dos municípios de Campanha (cidade natal do Beato Padre Victor) e Três Pontas (cidade paroquiada por Padre Victor ao longo de 53 anos) no Caminho Religioso da Estrada Real (Crer). O outro, apoio para a construção das “Escadarias do Mirante”, em Três Pontas, projeto orçado em R$ 304 mil.

Gentilezas

O encontro no Auditório da Cocatrel começou e terminou com gentilezas. O deputado Dalmo Ribeiro e o prefeito Luiz Roberto agradeceram oficialmente “a marcante atuação de Gustavo Arrais em favor do desenvolvimento do turismo no município”.

Ao término, o secretário adjunto recebeu uma cesta com café, cachaça, quitanda e outros produtos trespontanos. Já o deputado foi agraciado com uma imagem do Beato Padre Victor.

(Foto página principal: Mariliz Castro)

Notícia anterior

Grupo Morena terá ensaio aberto hoje à noite em TP

Próxima notícia

Seu Direito - Tarifas Abusivas Cobradas Por Agências Bancárias

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.