NotíciasOutros

Cocatrel incorpora a MCoffees e amplia Departamento de Exportação e Cafés Especiais

Há alguns anos a Cocatrel vem incentivando seus cooperados a produzirem com qualidade, com foco nos cafés especiais. Além disso, passou a prospectar compradores e negociar os cafés de seus cooperados para o exterior, dando início às exportações.

Com o mercado de café cada vez mais exigente, é importante ter as ferramentas certas e pessoas chaves para alcançar o sucesso. Pensando nisso, a Cocatrel não poupou esforços para reforçar seu time de colaboradores, incorporando a MCoffees.com, uma empresa já consolidada e com experiência no mercado de cafés especiais e exportação.

MCoffees está funcionando junto à Cafeteria Cocatrel, em Três Pontas

Gabriel Miari,  que é trader, explica que a Mcoffees.com é uma empresa especializada em conectar os produtores a torrefadores e importadores de cafés, principalmente especiais, no mundo inteiro. “Temos uma ampla rede de contatos em 39 países. Há um ano e meio trabalhamos na prospecção e desenvolvimento dessa cartela e desses relacionamentos, que agora passam a ser da Cocatrel, que absorveu todo o know-how da Mcoffees.com, para beneficiar o produtor e conseguir uma remuneração melhor na venda de seus cafés para o mundo”.

A partir dessa ousada e importante aquisição, a Cocatrel visa conectar o produtor ao comprador que, com a chamada “terceira onda do café”, está cada vez mais interessado na origem dos cafés e em conhecer a história de quem ele está comprando.

O novo departamento da Cocatrel vai trabalhar com exportações (cafés finos comerciais e especiais) e está localizado junto à cafeteria, em Três Pontas. “Daremos foco aos produtores que estejam fazendo um trabalho diferenciado com seus cafés, buscando qualidade”, afirma Gabriel.

Nova parceria é sequência de incentivo aos produtores para que invistam na produção de cafés especiais em atendimento ao mercado cada vez mais exigente

A Cocatrel, agora dona da marca Mcoffes.com, continuará utilizando a mesma para aproveitar da expertise e do nome já consistente no mercado, visando a valorização do produtor e da cooperativa, que se fortalece, ainda mais, no Brasil e no mundo.

Segundo Manoel Rabelo Piedade, superintendente comercial da Cocatrel, a diferenciação impulsionada pela exigência de Cafés Especiais do mercado externo, agrega valores e traz oportunidades de negócios. “É pensando nisso, que a Cocatrel está desenvolvendo este novo sistema de comercialização de cafés especiais. Contamos hoje com uma equipe de profissionais especializados que passarão a ir ao encontro dos produtores, em suas propriedades, os auxiliando na condução e manejo dos especiais. Há uma enorme variedade de cafés diferenciados em nossa região e possuímos ótimo clima, tipo de solo e altitude para produzir estes cafés. A Cocatrel já vem selecionando cafés com alta pontuação e procurando exportar diretamente para consumidores finais, agregando, assim, preços mais justos para os cooperados. Se você tem cafés diferenciados, procure nosso departamento, anexo à Cafeteria, ao lado da Loja Matriz”, convida o superintendente comercial.

Para mais informações, os novos colaboradores Gabriel, Hugo e Iandra estarão à disposição dos cooperados no Laboratório de Cafés Especiais da Cocatrel, localizado atrás da Cafeteria – na Avenida Ipiranga, em Três Pontas.

(Com informações do Depto. de C0municação da Cocatrel)

Notícia anterior

‘Sexualidade’ e ‘protagonismo juvenil’ foram temas abordados durante o 1º dia da Semana Estadual das Juventudes

Próxima notícia

Desfile “Estrelas” – moda, leilão, solidariedade. Evento será neste sábado, em TP

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.