Educação / Cultura / LazerNotícias

Depois de São Tomé, Fenac segue para Coqueiral em etapa que seria realizada em Três Pontas

Arlene Brito

No próximo final de semana (18 e 19), não haverá disputa. Mas, posteriormente, na sexta (25) e no sábado (26), a cidade de Coqueiral receberá mais uma etapa classificatória do Festival Nacional da Canção (Fenac), considerado o maior do gênero no Brasil. A fase seria realizada em Três Pontas, mas a Prefeitura alegou impossibilidade de arcar com a contrapartida financeira, então, Coqueiral abraçou o evento que já passou, neste ano, por São Lourenço, Extrema e São Tomé das Letras.

Em Coqueiral, no palco do 47º Fenac, estarão dois grupos trespontanos. A Banda Marginália defenderá a música “Vagabundos Iluminados”, dos autores Leandro Durazzo e Isabela Morais. Concorrendo estará também o Quarteto Morena, com a canção “Se a minha morena cantasse”, composição de Sérgio Ricardo de Melo.

Marginália

Tudo indica que a competição será ferrenha até mesmo entre os representantes de Três Pontas – terra que se destaca por seus inúmeros talentos musicais. As torcidas têm sido manifestadas, inclusive, através de mídias sociais.

Quarteto Morena

14 Bis agita na cidade “das Pedras”

14 Bis foi atração de etapa do Fenac em São Tomé das Letras

Na mística São Tomé das Letras, 14 Bis agitou o público que lotou a Praça da Matriz. Com a turnê “14 Bis – 35 anos”, a banda apresentou os maiores sucessos da carreira. 

O grupo musical tem estreita relação com Três Pontas. Em reconhecimento, os integrantes – Cláudio Venturini, Sérgio Magrão, Vermelho e Hely Rodrigues foram agraciados, ano passado, com o Título de Cidadania Honorária Trespontana. 

O show foi logo após a divulgação das quatro músicas classificadas para as semifinais agendadas para os dias 7 e 8 de setembro, no município berço do Festival: Boa Esperança. A finalíssima acontecerá no dia 9 de setembro. Todas as canções classificadas garantem R$ 2,5 mil. Este ano o Fenac vai distribuir R$ 200 mil em prêmios, além do troféu “Lamartine Babo”.

Depois de Coqueiral, o Fenac segue para Guapé, dias 1º e 2 de setembro. 

Confira as canções classificadas até o momento para as semifinais

São Lourenço (28 e 29 de julho)

“Ó meu grande amor” (Victor Ramos, do Rio de Janeiro – RJ)

“A voz do meu coração” (Jonny Barbosa e João Correia, do Rio de Janeiro – RJ) 

“O tempo e a vida” (Rodrigo Régis e Tata Alves, de Santo André – SP)

“Janainamente” (Eudes Fraga, de Belém – PA)

Extrema (4 e 5 de agosto)

“Dizputa” (Carol Naine, de São Paulo – SP)

 “Eu bem que te avisei” (Marcos Valente, de Angra dos Reis – RJ)

“Tropicalina” (João Vitor Vasconcelos, de São Paulo – SP)

“Rodas” (Márcia Cherubin, de Santo André – SP)

São Tomé das Letras (11 e 12 de agosto)

“Um minuto de silêncio” (Bezão e Nô Stopa, de São Paulo – SP)

“Curta” (Tata Alves, de São Bernardo do Campo – SP)

“Primeira Nota” (Zé Alexandre, Poços de Caldas – MG)

“Posso Voar” (Neto Trindade, de Trindade – RJ)

Notícia anterior

Chernobyl, nunca mais

Próxima notícia

Faça o Desafio, ganhe bolsas de até 100% e venha estudar no Colégio Objetivo-Escola Coração de Jesus

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.