Qualidade de Vida / Saúde

Drogas: Agentes Comunitários de Saúde de Três Pontas se preparam para a Política de Redução de Danos

Curso Política de Drogas 1

Problemas como overdose, suicídio, violência, abstinência e a desinstitucionalização estão na mira da Política de Redução de Danos, foco do curso frequentado por Agentes de Saúde de Três Pontas

Trinta e oito Agentes Comunitários de Saúde participaram dia 12 de março de mais uma etapa do curso de capacitação do projeto “Caminhos do Cuidado”, do Ministério da Saúde em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Grupo Hospitalar Conceição do Rio Grande do Sul e RET-SUS. O programa planeja uma política de cuidado integral com sujeitos que fazem uso prejudicial de drogas.

A Redução de Danos é uma política oficial em diversos países, é uma estratégia de saúde do Governo Federal que visa reduzir os danos causados pelo consumo abusivo de drogas lícitas ou ilícitas, com ênfase em crack, álcool e outras drogas. O objetivo é melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Ela busca, na relação com os dependentes químicos afetados pela substância química, minimizar os danos causados ao indivíduo, à família e à sociedade. Problemas como overdose, suicídio, violência, abstinência e a desinstitucionalização estão na mira da Política de Redução de Danos, lembrando que o sujeito deve ser visto de forma integral e respeitosa, evitando preconceitos e medos por parte dos profissionais.

Os tutores do curso, Alcione dos Santos Danziger (Três Pontas) e João Batista (Boa Esperança), participaram de um curso de formação com carga horária de 120 horas, sendo 40 horas presenciais e 80 horas em Educação à Distância (EAD), realizado em Belo Horizonte (MG), acompanhados por orientadores renomados do Brasil com experiência no exterior. Antes do curso presencial houve o critério de seleção classificatória e eliminatória através de curriculum vitae.

Já a capacitação dos Agentes Comunitários de Saúde e  dos Técnicos de Enfermagem da Atenção Primária de Saúde das Equipes Saúde Família e alguns das unidades de saúde tradicionais começou no dia 26 de fevereiro. Desde então, toda quinta-feira eles se reúnem para entender melhor sobre essa nova prática.

O curso tem carga horária de 60 horas, sendo 40 horas presenciais e 20 horas na dispersão, ou seja, em campo.

(Fonte: Assessoria de Imprensa / Prefeitura Municipal de Três Pontas)

Curso Política de Drogas 2

Ao todo, 38 Agentes Comunitários de Saúde do Município participam da capacitação que visa a melhoria da qualidade de vida do dependente, família e comunidade

 

Notícia anterior

Assalto na MG-167, em Três Pontas, gera prejuízo de mais de R$ 4 mil a entregador

Próxima notícia

Peixe prontinho para ir à mesa é opção em qualquer época do ano

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.