Política

Especial – Pacto Federativo é assunto na primeira aula do Parlamento Jovem de TP Introdução dos estudantes trespontanos ao projeto será concretizada na tarde desta quarta-feira

Lançamento Oficial Parlamento Jovem de Três Pontas 6

Participantes do Lançamento Oficial do Parlamento Jovem em Três Pontas, na noite de 25 de março de 2015

Nesta quarta-feira (1º), estudantes do Ensino Médio vão se reunir no Plenário Presidente Tancredo de Almeida Neves, na Câmara de Vereadores de Três Pontas. Eles participarão da primeira aula do Parlamento Jovem (PJ) da Cidade.

Na prática, haverá um bate-papo descontraído no qual os jovens – oriundos de várias escolas do Município – poderão se conhecer, uma interação fundamental para os passos seguintes do projeto. À turma, serão apresentados os 16 monitores disponibilizados por meio de convênio firmado com a Faculdade Três Pontas (Fateps). Eles ajudarão a trabalhar o conteúdo a ser desenvolvido nos próximos meses e seus desempenhos serão fundamentais para o sucesso da iniciativa.  

Segundo o Assessor da Escola do Legislativo, Carlos Henrique da Silva Castro, será feira rápida apresentação sobre a história e conquistas do Parlamento Jovem de Minas, além da introdução ao Pacto Federativo, cuja explanação será pelo Diretor da Escola, Guilherme Ribeiro de Oliveira. 

Caberá também a ele, mostrar os três subtemas escolhidos no Polo Regional de Pouso Alegre. Esses braços estarão ligados à Segurança Pública e Direitos Humanos. O tema, que vigora em 2015 em todas as unidades do Parlamento Jovem do Estado de Minas Gerais, foi definido por estudantes que integraram o projeto em 2014 a partir de votação no fim do ano passado, realizada em Belo Horizonte.

“A relevância do debate sobre Segurança Pública e Direitos Humanos fica patente devido aos índices de criminalidade elevados no Brasil, tendo os jovens como o principal grupo de risco. De acordo com o Mapa da Violência, os homicídios são a principal causa de morte de jovens de 15 a 24 anos no Brasil e atingem especialmente jovens negros do sexo masculino, moradores das periferias e áreas metropolitanas”, fundamenta a Presidente da Escola do Legislativo local, Vereadora Valéria Evangelista Oliveira.

Ainda na tarde de hoje, monitores e jovens parlamentares trespontanos saberão sobre a programação dos trabalhos e, se houver tempo, começarão a conhecer mais de perto o funcionamento do Poder Legislativo Municipal.

“Os encontros deverão passar de quinzenal para semanal e já no próximo entraremos no projeto em si e sem volta”, afirma Carlos Henrique, confiante no êxito do Parlamento Jovem de Três Pontas.

A aula desta quarta-feira terá início às 17 horas.

Lançamento Oficial Parlamento Jovem de Três Pontas 10

Vereadora Valéria Evangelista Oliveira encabeçou movimento de busca pelo PJ Minas e Preside a Escola do Legislativo de Três Pontas

A instalação 

O Parlamento Jovem de Três Pontas conta com 160 estudantes inscritos e 16 monitores acadêmicos da Fateps. As aulas acontecerão na Escola do Legislativo “Maria Rogéria de Mesquita – Dona Rogéria”, criada no 1º biênio desta 17ª Legislatura, por iniciativa da Vereadora Valéria e instituída através da Resolução 006, de 6 de outubro de 2014. Dividem os trabalhos na linha de frente, além da Presidente Valéria, o Diretor Guilherme Ribeiro de Oliveira e o Assessor Carlos Henrique da Silva Castro.

A inauguração da Escola – que funciona no Plenário da Câmara Municipal – atraiu a atenção da sociedade local e de autoridades de cidades da região que prestigiaram o descerramento da placa em 4 de dezembro de 2014. Desde então, o Parlamento Jovem foi divulgado diretamente nas instituições de ensino do Município.

Já na noite de 25 de março, o PJ foi oficialmente lançado. “O Poder Legislativo, com este gesto abre mais um espaço para as futuras gerações, através de um trabalho que envolverá a juventude trespontana, trazendo-a para participar do desenvolvimento sócio-cultural de nosso Município”, disse a Presidente Valéria ao abrir a solenidade.

Lançamento Oficial Parlamento Jovem de Três Pontas 4

Representantes de escolas da Cidade recebem certificado de adesão ao projeto

Na oportunidade, houve a entrega do Certificado de Adesão ao Parlamento Jovem Minas 2015 de Três Pontas aos representantes das escolas estaduais Prefeito Jacy Junqueira Gazola, Professora Marieta Castro, Presidente Tancredo Neves e Deputado Teodósio Bandeira e ainda às particulares Escola Coração de Jesus, Cootec Colégio Novo Milênio, Colégio Prósperi e Unis/Fateps.

Com a palestra intitulada “O Despertar para a Vivência da Cidadania, ministrada pela Coordenadora da Escola do Legislativo de Pouso Alegre (MG), Madu Macedo, a cerimônia foi encerrada.

“Quando não se sabe, qualquer resposta alimenta. Então, tomem rédea de suas vidas e não percam esta oportunidade”, aconselhou Madu, enfatizando a importância do Parlamento Jovem na formação de cidadãos cientes e participativos. A visitante demonstrou que à medida que a pessoa conhece e passa a entender o sistema político, tem capacidade de discutir, negar imposições, sugerir e atuar para que aconteça a melhoria.

Lançamento Oficial Parlamento Jovem de Três Pontas 5

Madu Macedo ministra palestra e demonstra entusiasmo com a chegada do PJ à terra do ex-Vice-Presidente da República, Aureliano Chaves de Mendonça

Na opinião da Coordenadora, está completamente errado acreditar que basta votar, entregando nas urnas ao governo das esferas municipal, estadual e federal o poder de resolver tudo para o seu povo. “Não é assim. Sem participação não há resultados. Quem não participa, não tem o direito de dizer depois que não gostou das decisões tomadas”, disse.

Entre os vários exemplos de ganhos por intermédio da atuação popular, Madu Macedo citou o registro do imposto pago em cada compra, obrigatoriamente, impresso no cupom fiscal. Aliás, os impostos – dinheiro que sai do bolso do brasileiro direto para as mãos do Governo e que acaba tantas vezes desviado – se tornaram um dos principais assuntos naquele momento. 

“Hoje, as pessoas têm que apoderar do que é seu, do que é da sua vida isto na cidade, no estado e no país. Para que isso aconteça, o Parlamento Jovem é um ótimo caminho”, renovou o incentivo.

Apoio à iniciativa

Lançamento Oficial Parlamento Jovem de Três Pontas 7

Mesa de honra formada pelo Diretor Guilherme, Madu Macedo, Valéria Evangelista e Vice-Prefeito Erik dos Reis Roberto

Profissionais da Educação acompanharam os alunos inscritos à solenidade. Entre os presentes estavam os representantes da Faculdade Três Pontas (Fateps) Evandro Marcelo Santos (Diretor), Thaylor Rodrigues Duarte (Coordenador do Curso de Administração), Ana Cristina Vasconcelos Naves (Coordenadora do Curso de Pedagogia). A Coordenadora do Polo Sul de Minas I do PJ, Tatiana Rezende; o Cabo da Polícia Militar e Coordenador do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), Lima; o Presidente do Conselho Municipal de Segurança Pública (Consep Travessia), Paulo Eduardo Fasano; representantes da Guarda Civil Municipal (GCM) e os Vereadores da cidade de Aguanil (MG) Ney Eduardo Alves Costa, Joel Cassiano, José Carlos Milani, André Luis Ferreira, Dilermando Pinheiro e José Belchior Silveira também compareceram. Todos se juntaram ao Vice-Prefeito Erik dos Reis Roberto e aos Vereadores anfitriões Alessandra Vitar Sudério Penha, Paulo Vitor da Silva, Edson Vitor Nascimento (Piu), Sérgio Eugênio Silva e Francisco Botrel Azarias.

Abrindo os pronunciamentos, o Vice-Prefeito opinou que a política nacional ao longo de sua história e, em especial na atualidade, dá todas as provas da necessidade de componentes sérios, éticos, honestos, que deixem de lado os interesses pessoais em nome do trabalho pelo coletivo. Erik Roberto agradeceu a adesão de Três Pontas ao PJ Minas – graças à Câmara de Vereadores, encabeçada por Valéria Evangelista – e desejou sucesso, destacando o poder transformador do ser humano e da sociedade atribuído à educação.

Vereadores Francisco e Sérgio com os convidados Paulo Fasano e Evandro Santos

Vereadores Francisco e Sérgio com os convidados Paulo Fasano e Evandro Santos

Para o Diretor da Fateps, Evandro Marcelo Santos, a parceria que disponibiliza os monitores para o projeto mostra o apoio da instituição acadêmica à iniciativa do Legislativo mencionado como o “poder maior por aprovar e fiscalizar”. Santos colocou a instituição de ensino à disposição em todas as ações que levem à efetivação do PJ e elogiou o tema 2015. Ao finalizar opinou que “o Brasil sangra, está em crise e a educação em pauta. Depositamos confiança neste Parlamento Jovem porque estes estudantes podem, efetivamente, transformar o nosso futuro”. 

O Consep e a Polícia Militar também manifestaram apoio. Por intermédio de Paulo Fasano e Cabo Lima, as instituições de segurança pública reconheceram os jovens parlamentares como instrumentos de transformação. As autoridades motivaram que os participantes conheçam e passem a entender a política para que, desde já, possam desenvolver senso crítico, argumentos sustentáveis e ações efetivas.

“Estamos honrados em testemunhar esse projeto, esse momento histórico e pretendemos contribuir ao máximo participando, ensinando e aprendendo com todos vocês. Agradecemos a todos, em especial aos parceiros que nos ajudarão a conscientizar, capacitar, expandir conhecimento sobre política ética e transformação”, finalizou o Diretor da Escola do Legislativo, Guilherme Oliveira.

Cronograma

Vereadores Paulo Vitor, Alessandra e Edson Vitor com o s convidados Cabo Lima e Tatiana Rezende

Vereadores Paulo Vitor, Alessandra e Edson Vitor com o s convidados Cabo Lima e Tatiana Rezende

Tão logo entre definitivamente no projeto, os jovens parlamentares trespontanos vão debater os três subtemas relacionados à Segurança Pública e Direitos Humanos que serão apresentados hoje (1º). As oficinas devem se estender até junho. No mês seguinte, em julho, terá a Plenária Municipal para debate e definição de propostas que serão levadas até a etapa Regional agendada para agosto, em Pouso Alegre (MG).

As sugestões eleitas na Regional seguem, depois, para a Plenária Estadual na Assembleia Legislativa de Minas, marcada para 30 de setembro.  Deste evento, as principais sugestões dos Parlamentos Jovens serão entregues à Comissão de Participação Popular  da ALMG podendo até mesmo alterar atuais leis ou gerar novas leis sobre o assunto em questão.  

O Parlamento Jovem de Minas é um projeto realizado pela ALMG em parceria com a PUC/Minas. No Sul de Minas, ele está presente em Monte Sião, Pouso Alegre, Santa Rita de Caldas, Carvalhópolis, Lavras, Machado, Ouro Fino, Extrema, Ipuiuna, São Lourenço, Itajubá e Três Pontas.

 

 

 

 

Notícia anterior

Coopercam realiza Circuito de Tecnologia; Epamig marca presença com o "Ciência Móvel"

Próxima notícia

Cultura abre inscrições para Oficina de Teatro gratuita

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.