Qualidade de Vida / Saúde

Experiências bem sucedidas viram tema de capacitação no Dia do Idoso

Profissionais das secretarias de Saúde e de Assistência Social de Três Pontas, membros do Conselho Municipal do Idoso e outras pessoas que atuam com a terceira idade participaram de uma capacitação na tarde de quarta-feira (1º), Dia do Idoso. Na oportunidade foram apresentadas experiências implantadas no município e que têm obtido êxito no trato com idosos. O foco principal esteve em um projeto desenvolvido no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) da Vila Marilena, mas o público conheceu também outras duas iniciativas que deixaram concorrentes para trás e garantiram espaço em Mostra de Estratégia em Saúde da Família realizada em Brasília.

“Temos muitas experiências e histórias de sucesso, grupos iniciados há seis, oito, dez anos e que estão aí firmes. São vários trabalhos que visam a promoção da saúde física e mental nas áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia, convivência, estratégia em saúde da família que engloba médicos, enfermeiros, técnicos”, comenta Catarina Gonegundes Alves, coordenadora municipal do Programa de Saúde do Idoso da Secretaria de Saúde de Três Pontas (foto abaixo).

Semana do Idoso CincoAinda de acordo com a psicóloga com aperfeiçoamento em Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em todos os projetos existe o objetivo maior de conduzir à autonomia. A intenção é que os idosos usufruam das atividades para, além de ter mais qualidade de vida, adquirir mais independência para as tarefas diárias, por exemplo, dar conta de si, cuidar do seu dinheiro, estar mais presente na família e na comunidade, enfim, gerir a própria vida.

Atualmente em Três Pontas as ações específicas de promoção, preventivas, curativas e atendimento individual dos idosos acontecem nas unidades básicas de Saúde e na Estratégia em Saúde da Família (PSFs da zona urbana e rural). Na Assistência Social as atividades são vistas principalmente no Centro de Convivência dos Idosos com mais de 200 cadastrados, nos CRAS da Vila Marilena e Bairro Padre Vitor e no CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) que atua quando há violação dos direitos dos idosos.

Já o Conselho Municipal do Idoso, entre outras tarefas, faz visitas domiciliares e acompanha casos de denúncia. Há ainda grupos independentes que promovem atividades de saúde e lazer.

A capacitação, abrigada pelo Salão da Paróquia Nossa Senhora D’Ajuda, contou com as participações especiais de dona Maria Ondina Félix, da Turma da Feliz Idade, que cantou “O Amor” e de Willian Rosa que incentivou a dedicação ao próximo. O evento aconteceu dentro da Semana do Idoso comemorada em Três Pontas desde 2006. A programação contendo, entre outros, cafés da manhã especiais, atividades recreativas e baile, se estende até segunda-feira (6), promovida pelas secretarias municipais de Saúde e Assistência Social.

 

 

Notícia anterior

Eleições 2014 - Candidato Diego Andrade visita empresas e faz caminhada em Três Pontas

Próxima notícia

Eleições 2014 -Pimenta da Veiga e Anastasia são recebidos em Três Pontas

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.