Política

Harmonia é a palavra de ordem do novo Presidente da Câmara de Três Pontas Luis Carlos da Silva aposta na união dos vereadores para que mandato seja fechado com acúmulo de benefícios à população

Posse Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Três Pontas 1

Mesa composta para a Solenidade: Prefeito Paulo Luis e Vice-Prefeito Erik Roberto e ao centro os empossados Vice-Presidente, Geraldo Messias, Luis Carlos e Valéria Evangelista

Em 1º de janeiro tomaram posse os membros que irão compor a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Três Pontas no biênio 2015-2016, últimos dois anos deste mandato. No lugar de Sérgio Eugênio Silva (PPS) assumiu a presidência da Casa, Luis Carlos da Silva (do mesmo Partido) que deixou a cadeira de vice para o Vereador Geraldo Messias Cabral (PDT). O cargo de secretário continua em mãos femininas. Sai Alessandra Vitar Sudério Penha (PPS) e entra Valéria Evangelista Oliveira (também do PPS).

Posse Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Três Pontas 6jpg

Plenário é ocupado por familiares, amigos dos vereadores e por membros do Governo Municipal

Embora a transmissão tenha sido automática, uma solenidade foi preparada para marcar a mudança e, como disse o novo Presidente, “para uma maior harmonia com a população”. O evento levou familiares e amigos dos legisladores e integrantes da equipe de Governo ao Plenário Presidente Tancredo de Almeida Neves, na noite de terça-feira (6).

Luis Carlos está otimista e voltou a falar em harmonia. Manter o equilíbrio entre os vereadores e entre os Poderes faz parte das metas.  Ele pretende também criar meios de integrar a população à Câmara. A conciliação, acredita, é o caminho mais viável para se chegar ao atendimento às necessidades da comunidade.

A preocupação com a concórdia tem justificativas. Segundo Luis Carlos, que cumpre o quarto mandato como vereador, à medida que a legislatura caminha para o final e se aproximam as eleições municipais é notória a inflamação dos nervos dos parlamentares. “Saber acalmar o ânimo, contornar os desafios e direcionar os trabalhos sem prejudicar os direitos dos vereadores e ao mesmo tempo fazer cumprir o Regimento Interno e a Lei Orgânica do Município são os maiores desafios”, assume.

O primeiro mandato de Luis Carlos como Presidente (2007-2008) foi marcado por muitas tribulações. Uma delas, a cassação da Vereadora Gleida Mendonça (então PMDB). A experiência é mais um motivo para que o Presidente preze pelo entendimento entre todas as partes.

Em entrevista à imprensa local, Luis Carlos falou também em neutralidade. Disse que não é situação, nem oposição em relação ao Executivo. “Sou muito voltado para o diálogo. Os Poderes são independentes, mas não precisamos ficar com brigas e picuinhas. Temos que encontrar um elo que beneficie a população”, registrou.

A promessa é seguir trabalhando com afinco para continuar honrando os 1.750 votos recebidos nas Eleições 2012 que o levou à liderança entre os eleitos no Pleito, estendendo os esforços a todos os trespontanos.

Compromisso, dedicação, trabalho em nome do avanço da Cidade estão nos planos da Secretária Valéria. Já o Vice-Presidente, Geraldo Messias, pretende combater a cultura de grupos que, analisa, traz prejuízo à comunidade.

Ex-Presidente assume lugar na bancada certo que fez o seu melhor

Posse Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Três Pontas 2

Ex-Presidente Sérgio Silva entrega ao sucessor vários documentos, conforme determina Regimento Interno

O Ex-Presidente da Câmara, Sérgio Silva, dividiu opiniões. Embora do mesmo partido político do Prefeito Paulo Luis Rabello ganhou fama de opositor, mas teve também quem o considerasse liderança do Executivo. Nada disso – garante.

Sérgio explicou que de tudo fez para manter a união, mas que, por questões políticas, em vários momentos alguns colegas não compartilharam das ideias dele. O apoio dado ao Prefeito durante as Eleições de 2012 e a consequente vitória não foram esquecidas por certos vereadores que viram na figura do Presidente um rival.

Silva fez questão também de frisar que no período em que esteve à frente do comando da Casa, Paulo Luis nunca o pressionou para colocação de projetos em votação ou indicou caminhos. Segundo ele, os vereadores sabem quais são as suas obrigações e optam pelo melhor.

“Eu tenho a consciência tranquila, tenho certeza que desempenhei o meu papel, contribuindo com a Câmara, com o Município e com toda a população”.

Ao se despedir, antes de voltar a compor a bancada, ele mencionou que a economia também fez parte do seu mandato. No final de 2014, a Câmara repassou à Prefeitura mais de R$ 600 mil, devolução que contribuiu para o pagamento do 13º salário do funcionalismo público municipal.

Quanto à nova Mesa Diretora, disse estar satisfeito e que aposta numa ótima gestão. Já em relação à sua volta à bancada, anunciou, que do “jeito que vier, voltará” se referindo às vezes que precisou respirar mais fundo para não dar resposta à altura dos insultos direcionados ao então Presidente.

A Solenidade

Posse Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Três Pontas 3Os convidados foram recebidos sob o talento da Musicista, Laíse Reis e mais tarde conheceram e se encantaram com a pequena Larissa Scalioni que interpretou a música “Além do Arco-Íris”, de Luiza Possi. (Foto ao lado).

Outro delicado momento foi a entrega de flores à nova Secretária da Mesa Diretora, Valéria Evangelista e à mãe do Presidente eleito, dona Maria Célia de Abreu. Também o Ex-presidente foi agraciado com Cartão de Prata. 

No mais, vereadores, Executivo e convidados usaram a tribuna para desejar sorte aos que vão liderar os trabalhos, senquenciando a atual Legislatura. Apoio, conselhos no sentido de deixar de lado divergências e vaidades pelo bem de Três Pontas, respeito às Leis e às decisões do Poder Legislativo, elogios ao Vereador Vitor Bárbara (PDT) que abriu mão de concorrer ao cargo de presidente “por uma causa maior” e ainda cumprimentos a Sérgio Silva surgiram nos pronunciamentos.

Prestigiaram a Solenidade ocupando lugar de honra no Plenário, o Prefeito Paulo Luis Rabello (PPS), o Vice-Prefeito Erik dos Reis Roberto (PSDB), Cleusa Maria Rezende e Débora Moreira Vilela (Câmara de Vereadores de Ilicínea), Douglas de Freitas e Júlio César (Câmara de Vereadores de Elói Mendes), Emerson Araújo (Câmara de Vereadores de Santana da Vargem), Dr. Gilberto Ximenes Abreu (Presidente da Associação Médica de Três Pontas), Dr. Dilson Lamaita Miranda (Diretor Presidente da Unimed Três Pontas e do Sindicato das Unimeds do Brasil), Leinner Marchetti Pereira (Procurador Geral do Município), Francisco Miranda de Figueiredo Filho (Presidente da Cocatrel) e Michel Renan Simão Castro (Presidente da Associação Comercial e Agroindustrial de Três Pontas).

Ausências

Além dos três vereadores que compõem a nova Mesa Diretora, estiveram presentes Edson Vitor Nascimento (Piu-PMN), Francisco de Paula Vitor Cougo (Chico Bairro Santana – PT), Sérgio Silva (PPS) e Vitor Bárbara (PDT).

A ausência dos demais chamou a atenção e foi por muitos interpretada como desprestígio aos que assumiam solenemente os cargos. Mas, o que pode ter acontecido é a demonstração de insatisfação com a vitória de Luis Carlos no lugar de José Henrique Portugal (PMDB). Se foi este o motivo, sinal que o novo Presidente precisará redobrar os esforços para que a união e a harmonia de fato prevaleçam durante o seu mandato.  

Faltaram a Ex-Secretária Alessandra Sudério (PPS – em viagem), José Henrique Portugal, Francisco Fabiano Diniz Júnior (Popó – SD), Joy Alberto de Souza Botrel (PMDB), Paulo Vitor da Silva (PP), Antônio Carlos de Lima (PSD), Itamar Antônio Diniz (PRTB) e Francisco Botrel Azarias (PT).  

 

 

Notícia anterior

Obrigatoriedade do extintor ABC está suspensa em todo o Brasil

Próxima notícia

Novos Agentes Comunitários de Saúde começam a trabalhar nesta quinta-feira

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.