Entretenimento

Henrique e Otávio abrem as comemorações de aniversário de Santana da Vargem Dupla trespontana se apresenta na Praça da Matriz, neste sábado

Fundada em 31 de dezembro de 1862, Santana da Vargem (MG) teve sua emancipação política decretada em 1º de março de 1963.

A festa dos 52 anos está elaborada. No domingo (1º), as bandeiras serão hasteadas às 7 horas, na Praça da Matriz. Em seguida, terá início uma Corrida Rústica. Serão 4 modalidades: 8 a 10 anos, 11 a 15 anos, 16 a 35 anos e acima de 35 anos. Conforme divulgação da Prefeitura, realizadora do evento, os prêmios serão R$ 100 mais troféu para os primeiros colocados em cada modalidade. Quem chegar em segundo ou terceiro lugar receberá troféu. 

Para o mesmo dia está programado passeio ciclístico na Avenida Hélio Terra, com sorteio de brindes para os ciclistas que enfeitarem suas “bikes”.

Henrique e Otávio 1

Henrique e Otávio têm público cativado na Cidade que completa 52 anos de emancipação política (Foto: Hecio Rafael)

Ainda entre as atrações está Henrique e Otávio. A dupla abre a festividade na véspera do aniversário da cidade. O show, também na Praça da Matriz, será neste sábado (28), às 22h30min.

Os jovens trespontanos, de 16 e 18 anos, respectivamente, estão juntos na estrada artística há apenas um ano e três meses, mas já conquistaram uma legião de admiradores.

Neste curto espaço de tempo, eles se apresentaram em diversas localidades do Sul de Minas. Boa Esperança, Campo Belo, Campos Gerais, Campo do Meio, Alfenas, Elói Mendes, Paraguaçu, São Gonçalo do Sapucaí, Aguanil, Bom Sucesso, Lavras e Alagoa são alguns municípios que receberam a dupla, gastando fartamente os elogios. Em agosto, Henrique e Otávio abriram a Exposição Agropecuária e Industrial de Itanhandu, seguidos dos renomados César Menotti e Fabiano e ainda de César Benutti.

“Quando entramos no camarim fomos surpreendidos. Henrique e Otávio foram recebidos como artistas. A dupla, que está começando, teve tratamento vip. Depois do show, as pessoas parabenizaram e foram tirar fotos com eles”, recorda Carlos Antônio Silva.

A trajetória

Henrique e Otávio 7

Carlos aposta no talento e ensina aos meninos que carreira deve ser construída com estudo, perseverança e humildade

“Cacá” é pai de Henrique e responsável pela junção. Ele conta que a amizade entre os meninos começou durante um curso de informática. Observador, percebeu que poderiam ser, além de amigos, companheiros de jornada.

Apaixonado pelo violão desde pequeno, Henrique já frequentava aulas do instrumento e de canto. A inexperiência do parceiro não foi obstáculo. “Sugeri a formação da dupla porque notei em Otávio o talento que estava apenas adormecido. Todos nós temos um dom, basta olharmos para ele, descobrir e trabalhar”, acredita Carlos. Otávio também depositou confiança e aceitou a parceria, iniciando os estudos musicais.

A dupla escolheu o estilo sertanejo universitário. Em média, os shows duram de 2 a 2 horas e meia, tempo em que Henrique e Otávio interagem com o público através da música, do bate-papo, da animação.

O carisma é mais uma característica que se instala, levando a uma identificação acentuada, por exemplo, no público vargense que, com certeza, comparecerá neste sábado para mais uma vez curtir o som desses meninos.

Ladeados de amigos

Queridos por gente de fora e por muitos conterrâneos, Henrique e Otávio estão sempre rodeados de bons amigos. Fazem parte desse grupo, músicos também trespontanos. Gabriel Barros (guitarra), Rafael (teclado), Carlos (bateria) são co-responsáveis pelo sucesso de cada apresentação. A banda conta com mais um integrante, mas o baixista é freelancer.

“Temos trabalhado ardente e incansavelmente. Graças a Deus recebendo oportunidades aqui e lá fora. Os meninos têm talento nato, força de vontade, carinho pelas pessoas, educação. Tudo isso é importante para quem deseja se sair bem na carreira e na vida pessoal”, explica Carlos.

Sabedor de que o futuro a Deus pertence, “Cacá” orienta para que o presente seja o melhor possível. Nas lições diárias, enfatiza para Henrique e Otávio que há na região muitas duplas de qualidade e que, por isso, a concorrência é grande. O caminho – trilha o pai, amigo, incentivador, empresário – é ter o diferencial apoiado no conhecimento, dedicação, compromisso, respeito, amor ao próximo e – na humildade – seguir mostrando o trabalho, buscando espaço.

 Abaixo, fotos de algumas apresentações da dupla Henrique e Otávio.

 

 

 

 

 

Notícia anterior

Começa a safra anual do Marolo

Próxima notícia

Quaresma: por que a cor roxa, por que cobrir imagens, por que manter estas e outras práticas?

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.