PoliciaisPolítica

Militares têm trabalho reconhecido pelos Vereadores de Três Pontas Em noite solene, Policiais são agraciados com Moção de Aplausos e Título de Cidadania Honorária

 

Reconhecer publicamente os relevantes serviços prestados à sociedade e cumprimentar os agraciados de Três Pontas durante as comemorações, em junho, do aniversário da Polícia Militar de Minas Gerais. Foi com estes objetivos que a Câmara Municipal de Vereadores realizou a Solenidade de Entrega de Moções de Aplausos especialmente voltada a policiais militares que atuam em Três Pontas e em Santana da Vargem, cidades pertencentes à 151ª Companhia de Polícia Militar de Minas Gerais. O evento reuniu profissionais da área de segurança pública, amigos e familiares dos homenageados no Plenário da Câmara, na noite desta segunda-feira (27).

As indicações foram na maioria do Presidente da Casa, Sérgio Eugênio Silva (PPS), mas também apresentaram nomes, os legisladores Vitor Bárbara (PDT) e Edson Vitor Nascimento (PMN). As indicações receberam aprovação em seção ordinária.

Tenente Bruno e os vereadores Alessandra e Sérgio Silva

Tenente Bruno e os vereadores Alessandra e Sérgio Silva

O primeiro a receber a Moção de Aplausos foi o Comandante da Companhia, 1º Tenente Bruno Neves Tavares, que durante as comemorações do aniversário da PMMG ganhou a Comenda Alferes Tiradentes devido ao seu profissionalismo e compromisso com a Instituição. A referida Medalha é a maior comenda da PMMG e se constituiu em referência ao Protomártir da Independência do Brasil, Joaquim da Silva Xavier, o Tiradentes, cujo valor e exemplo de amor à Polícia transcendem as fronteiras do tempo.

Nos agradecimentos, Tenente Bruno mencionou alguns números registrados neste ano que exemplificaram a atuação da Polícia Militar na Cidade.

Na oportunidade, o Comandante citou ainda a importância do reconhecimento. Para ele, a iniciativa renova a disposição em servir à comunidade. O Tenente estendeu a Moção aos demais integrantes da Companhia como forma de destacar o empenho de toda a equipe.

Foi ainda o Comandante quem recebeu a Moção de Aplausos destinada ao aluno do Curso de Habilitação de Oficiais (CHO), Sanges Marques Guimarães, ausente na Solenidade.  Sanges teve valorizado o trabalho em torno do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), cuja implantação é desenvolvida em Três Pontas desde 2003.

Os terceiros sargentos José Roberto dos Santos, Adenilson Martins e José Juvenil da Silva e ainda o Cabo Walter Afonso Simão compuseram a relação dos agraciados. Respectivamente, os três primeiros militares são detentores da Medalha de Mérito Militar no Grau Prata e o Cabo Walter no Grau Bronze por estarem há 20 e 10 anos na Corporação, constituindo uma carreira emoldurada por bons serviços e conduta modelar. 

Moção Doze

Soldado Francis e vereador Edson Vitor

O mais jovem

Para as mãos de Francis Fernandes Braga, foi a Moção de Aplausos acompanhada de lembranças de um fato que deixa marcas na carreira do jovem Soldado. Em fevereiro do ano passado, ele salvou a vida de um motorista que, ao perder o controle da direção na Rodovia MG 167, sentido Varginha, capotou e caiu em um brejo às margens da via.

O mais antigo

“É com muita honra e prazer que recebo esta homenagem depois de 34 anos que entrei para a Reserva da Polícia Militar. Peço a Deus que abençoe a todos vocês nesta jornada cheia de espinhos, mas com Deus todos vencerão”.

Moção Onze

Sargento Geraldo e os vereadores Itamar e Francisco Cougo

As palavras são do Sargento Geraldo Custódio Pereira. Pelo gesto singelo, os Vereadores elevaram ao mérito a carreira do mais antigo militar da 6ª Região da Polícia Militar (RPM) cumprida com dedicação e empenho em favor do combate à criminalidade e defesa do direito à paz e à ordem pública. A 6ª RPM compreende o 24º Batalhão de Varginha ao qual a Companhia de Três Pontas é subordinada.

Cidadão Honorário

Moção Quatorze

3º Sargento Mauro e o vereador Vitor Bárbara

O 3º Sargento Mauro Sérgio de Oliveira Teixeira, natural do Rio de Janeiro, agora é um Cidadão Honorário de Três Pontas. O Título, de iniciativa de Vitor Bárbara, interpreta a honra que os trespontanos, representados pelo Poder Legislativo, têm pelo fato do Militar ter escolhido o Município para traçar sua carreira e constituir a sua família.

Com exceção dos vereadores Luis Carlos da Silva e Antônio Carlos de Lima que justificaram a ausência, os demais usaram a tribuna para agradecer a eficiente atuação da Polícia Militar de Três Pontas, estendendo o “muito obrigado” às esposas e filhos que, citaram os anfitriões, com paciência e punho forte, entendem as incontáveis ausências de seus esposos e pais e que diariamente deles se despedem sabendo que eles saem para enfrentar o perigo em nome da segurança de um povo.

Também foi direcionado incentivo aos profissionais. Alguns vereadores lembraram que, se há certas interpretações de falhas da Polícia Militar quando “bandidos” são presos e logo estão à solta, é por falta de conhecimento a respeito do sistema que, por inúmeras razões, não mantém atrás das grades aqueles que ameaçam a tranquilidade das cidades, que são pegos pela PM e logo ganham as ruas numa sequência cuja desmotivação é diariamente contornada pela coragem e persistência características desses defensores.

Notícia anterior

Há Vagas De Emprego Em Três Pontas

Próxima notícia

Semana está voltada à troca de experiências e orientações ao empresariado trespontano

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.