EntretenimentoOutros

No Sarau do Quintal – música, poesia e homenagem para Rita Luz

Na noite desta quinta-feira (12) aconteceu mais uma edição do Sarau no Quintal. Mas, desta vez o encontro foi diferente, pulou do quintal para dentro da Casa da Cultura Alfredo Benassi, pelo risco de chuva.

Com o tema Máscaras, o Sarau contou com apresentações musicais de Gabriel e Bia, Willian, Lais e Paulinho, Débora e Beto Maciel.

Houve ainda recital de poemas com Marita Duarte e Tamara.

Na oportunidade, os participantes – mediante iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Turismo -prestaram uma homenagem à Rita de Cássia da Luz. A Psicóloga trespontana faleceu sábado (7), repentinamente, deixando em luto toda a comunidade. Rita desenvolvia notável trabalho no Presídio local e procurava sempre o setor de Cultura da Prefeitura  como parceira em inúmeras ações.

Sarau no Quintal Máscaras 2

Exposição de alguns trabalhos da Psicóloga Rita Luz realizados com reeducandos do Presídio de Três Pontas

Também como forma de reconhecimento à contribuição da Psicóloga na construção de uma sociedade mais justa e igualitária, foram expostos alguns trabalhos desenvolvidos por ela junto aos reeducandos do Presídio.

A filha de Rita Luz, a jovem Carol, recebeu flores e no final da apresentação todos se abraçaram e cantaram juntos “Canção da América” (Milton Nascimento). 

(Fonte e fotos: Cultura / Facebook)

 

Notícia anterior

Paulinho Gogó promete arrancar gargalhadas, em Três Pontas

Próxima notícia

Farmácias de Plantão em Três Pontas

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.