Qualidade de Vida / Saúde

Ô gente boa – Coleta Seletiva da ATREMAR economizou 1,2 trilhão de litros de água em 2014 Além disso, poupou do corte 3.600 árvores, entre outros benefícios ambientais

Atremar TP 1

Associados comemoram resultados de 2014 obtidos graças ao empenho deles e à conscientização de trespontanos

A ATREMAR (Associação Trespontana de Catadores de Materiais Recicláveis) fechou 2014 com resultados muito positivos, não só para os associados, mas também para toda a comunidade. Hoje, a coleta abrange 65% do Município, o que tem ajudado a destinar corretamente os resíduos, evitando a degradação do meio ambiente e aumentando a renda dos catadores.

Em comparação com 2013, a ATREMAR coletou 64 toneladas a mais de materiais recicláveis e, assim, teve que ampliar o número de catadores de 12 para 17. Graças a esse aumento na produção, os catadores não necessitam mais de cesta básica, podendo eles mesmos comprar a própria alimentação e administrar a retirada mensal.

A partir desses dados, é possível determinar o quanto se poupou em matéria prima com a coleta seletiva e, consequentemente, com a reciclagem dos resíduos.

Petróleo: economia atinge 300 toneladas 

Com base no total de plástico encaminhado à coleta seletiva, pode-se calcular a quantidade de petróleo economizado na produção, visto que a matéria prima do plástico é o petróleo. Dados indicam que para cada tonelada de plástico produzido, são necessárias 5 toneladas de petróleo. Com isso, em 2014, a ATREMAR economizou aproximadamente 300 toneladas de petróleo, já que a quantidade de plástico destinada à reciclagem foi de aproximadamente 60 toneladas.

Árvores: 3.600 ainda vivem

Para cada tonelada de papel/papelão encaminhada à reciclagem são poupadas cerca de 30 árvores, desta forma com aproximadamente 120 toneladas encaminhadas à reciclagem no ano de 2014, foram poupadas 3.600 árvores.

Atremar TP 2

Sede da Associação Trespontana de Catadores de Materiais Recicláveis (ATREMAR)

Água: 1,2 trilhão foram poupados

Além disso, cerca de 1.200.000.000 (1 trilhão e 200 milhões) de litros de água foram economizados na reciclagem de papel/papelão e metal.

O total de litros de água economizado pela reciclagem e coleta seletiva em Três Pontas é suficiente para abastecer uma população de 8 milhões de habitantes com consumo médio diário de 150 litros por dia, cada pessoa.

Vida útil do aterro é ampliada

E tem mais, com a coleta de abril de 2014 até fevereiro de 2015, o Município deixou de enviar 300 mil quilos de resíduo para o aterro.

O balanço comprova que quanto mais as pessoas separam os materiais recicláveis, mais contribuem para a qualidade de vida da própria comunidade. Além de proteger o meio ambiente que cerca e serve a todos, a coleta seletiva e a reciclagem contribuem com os catadores que fazem delas sua profissão.

Sendo assim, a ATREMAR conta com a participação de todos por uma Três Pontas cada vez melhor, mais justa, limpa e saudável.

 (Fonte: Assessoria de Imprensa – Prefeitura Municipal de Três Pontas)

 

Notícia anterior

Operação da Polícia Federal investiga crimes na venda de combustíveis

Próxima notícia

Junto com Juninho - Rotaract Três Pontas promove Festival Cinematográfico beneficente

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.