Outros

12 de abril – Aniversário de Padre Victor

Padre Victor 1

Padre Victor foi Pároco em Três Pontas por 53 anos

Em 12 de abril de 1827 nasceu Francisco de Paula Victor, um filho de escrava que dedicou toda a sua vida à Igreja e ao povo, especialmente de Três Pontas.

Hoje, a Cidade comemorou de forma bem discreta a data em que o vigário completaria 188 anos. Nas Missas foram intensificadas as intenções pela Beatificação do Venerável e nas celebrações das 7, 9, 10:30, 17 e 19 horas, na Matriz Nossa Senhora D’Ajuda, houve o sorteio de quadros do aniversariante. 

Ao chegarem à Igreja, os católicos receberam um número e concorreram ao presente, uma gentileza da Associação Padre Victor de Três Pontas e da Paróquia. 

A história

Padre Victor nasceu em Campanha (MG), no dia 12 de abril de 1827 e foi batizado em 20 de abril do mesmo ano, pelo Padre Antônio Manoel Teixeira. Era filho da escrava Lourença Maria de Jesus. Sua madrinha de Batismo foi a senhora Marianna Bárbara Ferreira.

Dom Antônio Ferreira Viçoso, Bispo de Mariana (MG), visitou Campanha no ano de 1848. Victor, então alfaiate, procurou Dom Viçoso na ocasião, manifestando-lhe o desejo de ser padre. O Bispo o recebeu com grande alegria. O jovem dirigiu-se da cidade de Campanha ao Seminário de Mariana, onde foi aceito em 5 de junho de 1849.

O Bispo Dom Viçoso o apoiava e muito o estimava, chegando a proclamar as virtudes desse jovem. Ordenado em 14 de junho de 1851, Padre Victor permaneceu em Campanha, como coadjutor, de 17 de agosto de 1851 até 13 de junho de 1852. Veio para Três Pontas (MG), em 14 de junho do mesmo ano, como Vigário Encomendado. Logo que assumiu seus trabalhos na Paróquia, visitava doentes, amparava os inválidos, zelava pela infância desvalida, atendia a população em suas necessidades. A sua dedicação, as suas virtudes o fizeram admirado por todos, pois assumiu a direção da Paróquia com zelo e carinho, colocando-se, assim, acima de todas as críticas.

Padre Victor Matriz

Igreja Matriz Nossa Senhora D”Ajuda, em Três Pontas, onde Padre Victor está sepultado

Procurou catequizar e instruir o seu povo, chegando a criar a escola “Sagrada Família”, com uma organização perfeita. Por ele passaram brasileiros de grande projeção social: Dom João de Almeida Ferrão, primeiro Bispo de Campanha; Cônego José Maria Rabello, que foi seu Coadjutor em Três Pontas. Padre Victor instruiu muitos filhos de famílias humildes, fazendo deles grandes homens de cultura que passaram a viver da inteligência nas mais variadas profissões.

Padre Victor pregou, pelo exemplo, a fé, a esperança, a fortaleza, a prudência, a justiça, a obediência, a castidade, a temperança, a humildade, o temor a Deus e, sobretudo, a caridade. Amava a Deus na pessoa do seu semelhante, de modo especial nos mais pobres. Os paroquianos, em suas necessidades, recorriam a ele. Era bom, porém enérgico.  “Padre Victor vivia de esmolas e dava esmolas”.

Paroquiou Três Pontas por 53 anos. Faleceu no dia 23 de setembro de 1905. A notícia abalou a Cidade e toda a região que já o venerava. A população chorou a morte de seu líder, de seu protetor, do mensageiro entre Deus e os homens. Ficou insepulto três dias e, de seu corpo, exalava perfume. Tendo em vista o grande número de pessoas que compareceram ao sepultamento, fez-se necessário fazer uma procissão pelas ruas da Cidade, voltando novamente à Matriz – por ele construída – onde foi enterrado.

Padre Francisco de Paula Victor é considerado pelos trespontanos como o seu “Anjo Tutelar”.

Devotos rogam graças por intercessão de Padre Victor

Devotos rogam graças por intercessão de Padre Victor

Beatificação

No início de março, as Comissões de Médicos e de Teólogos da Congregação das Causas dos Santos, em Roma, deram um parecer científico e teológico sobre um caso que está em estudo dentro do Processo de Beatificação do Padre Victor. A possível cura extraordinária atribuída ao Venerável ainda passará por análise de outra Comissão, a dos Cardeais e Bispos e, depois, pelo Papa Francisco. Se comprovada também nesses passos, será decretado o milagre e agendada a solenidade de Beatificação.

Orações

No dia 23 de cada mês é realizada a Novena para pedir a Beatificação do Venerável Padre Victor. Às 5h30min acontece a Procissão da Penitência seguida de Missa, às 6h. Também na Matriz Nossa Senhora D’Ajuda tem Missa especial para os Romeiros, todo domingo, às 10 horas da manhã.

(Fonte: Associação Padre Victor de Três Pontas / Fotos: Hecio Rafael)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Notícia anterior

Colisão no Centro de TP deixa 4 feridos

Próxima notícia

Outono - nova estação mexe com a cabeça da mulherada

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.