Policiais

Animal na pista provoca primeiro acidente do mês na MG-167

Notícia Policial na Medida Correta

Entrou março e com ele o primeiro acidente do mês na Rodovia MG-167, trecho Três Pontas – Santana da Vargem.

Na noite deste domingo (1º), por volta das 19h30min, uma vaca atravessou a pista e acabou atingida por uma motocicleta. Em seguida, houve a colisão de outros dois veículos, um Celta com placas de Campos Gerais e um Saveiro, placas de Areado, conduzido por um trespontano.

Após o registro da ocorrência pela Polícia Militar Rodoviária de Minas Gerais os envolvidos foram liberados. Nenhum deles se feriu.

A Polícia procurou pelo dono do animal, mas ele não foi encontrado.

Em fevereiro, o último acidente na “Rodovia da Morte de Minas Gerais” foi na quarta-feira (25). Um homem de 54 anos perdeu o controle da direção de um Premium, placas de Boa Esperança, e caiu em uma ribanceira de aproximadamente 15 metros.

Ele disse aos policiais que buscou o acostamento ao se deparar com uma carreta que fazia ultrapassagem perigosa. No entanto, ao ser submetido ao teste do bafômetro pela Polícia Militar Rodoviária ficou constatado que o motorista havia ingerido bebida alcoólica. O homem – que não se feriu – foi preso e o veículo apreendido. O acidente aconteceu entre Três Pontas e Varginha.

Em 2015 já foram 10 acidentes na MG-167 entre as cidades de Santana da Vargem / Três Pontas / Varginha, com 12 feridos e três mortos.

Limite-De-Velocidade 1

Respeitar os limites de velocidade e prestar atenção em placas de trânsito são as primeiras medidas preventivas (Ilustrativa Net)

Dicas 

As colisões de carros com animais são mais comuns do que podem parecer, portanto, a atenção deve ser redobrada diante de sinalização de placas de trânsito informando a presença de animais. Ela significa que acidentes podem ter ocorrido naquele local ou que a passagem de animais é frequente na pista.

Também é importante:

  • ao ver o animal, tente reduzir a velocidade;
  • não buzine e nem acenda os faróis para o animal não se assustar;
  • quando o veículo for ultrapassá-lo, feche os vidros e reduza a marcha passando lentamente;
  • preste muita atenção quando um animal atravessar a estrada, pois outros poderão vir em seguida;
  • fique atento aos horários das 5 às 8h e das 17 às 22h onde a presença de animais é mais frequente. E principalmente nos descampados e em áreas com arbustos.

Se você pressentir que a colisão será inevitável:

  • Animais de pequeno porte: tente desviar sem virar o volante com movimentos bruscos ou frear. Tente apenas desviar, caso não seja possível, segure o volante firmemente para manter o veículo alinhado.
  • Animal de grande porte: desvie em direção ao acostamento mais próximo, desde que não tenha árvores ou objetos e cuja largura seja adequada. Se não for possível, evite pegar o animal de frente, ou freie assim que o ver e solte o pedal do freio no momento da batida, assim todo o peso do animal ficará concentrado na parte dianteira evitando levar o animal ao capô ou no vidro da frente.

 Seja responsável. Respeite as velocidades máximas e mínimas nas estradas e use o cinto de segurança.

(Fonte: sossego net/Foto página principal: capelinha net)

Notícia anterior

Em 2015 já foram 15 acidentes na Cidade de Três Pontas

Próxima notícia

Depois de cinco dias, mais um caminhão tomba no Trevo “do Padre Victor”

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.