Qualidade de Vida / Saúde

Carnaval 2015 – “# partiu teste” Campanha de prevenção combina camisinha + teste + medicamento

Carnaval Campanha DST AIDS 3

Segundo Pesquisa, 94% dos brasileiros sabem que a camisinha é a melhor forma de prevenção às DSTs e Aids. Mesmo assim, 45% da população sexualmente ativa do País não usou preservativo nas relações sexuais casuais nos últimos 12 meses

A Campanha de Prevenção às Doenças Sexualmente Transmissíveis – DSTs/Aids para o Carnaval 2015 chega com novidade. Neste ano, o Ministério da Saúde (MS) incentiva a prevenção combinando o uso de camisinha com a realização de teste e, se der positivo, com o início imediato do tratamento.

A iniciativa tem por base a Pesquisa de Conhecimentos, Atitudes e Práticas na População Brasileira (PCAP), realizada em 2013, com 12 mil entrevistados na faixa etária de 15 a 64 anos, por amostra representativa da população brasileira.

Segundo o levantamento, 94% dos brasileiros sabem que a camisinha é a melhor forma de prevenção às DSTs e Aids. Mesmo assim, 45% da população sexualmente ativa do País não usou preservativo nas relações sexuais casuais nos últimos 12 meses.

Comparados aos de pesquisas anteriores, os dados mostram que o uso do preservativo na última relação sexual, ocorrida nos últimos 12 meses, se manteve praticamente estável: 52% em 2004, 47% em 2008 e 55% em 2013, apesar das constantes campanhas de estímulo ao uso do preservativo durante todos esses anos.

Carnaval Campanha DST AIDS 4

Cresce no Brasil o número de pessoas que tiveram mais de 10 parceiros sexuais na vida. Esse percentual subiu de 19% em 2004, para 26% em 2008, chegando a 44% no ano de 2013.

Ainda de acordo com a Pesquisa, houve um crescimento significativo de pessoas que relataram ter tido mais de 10 parceiros sexuais na vida. Esse percentual subiu de 19% em 2004, para 26% em 2008, chegando a 44% no ano de 2013.

O incentivo à testagem e tratamento (prevenção combinada) é uma nova abordagem de política pública que tem entre os objetivos aumentar para 90% a proporção de pessoas que vivem com o HIV a conhecerem seu diagnóstico e se cuidar, diminuindo os riscos de desenvolvimento ou de transmissão da doença.

Em 2014 foram distribuídos 6,4 milhões de testes rápidos para HIV, número 26% superior aos 4,7 milhões distribuídos em 2013.  Das cerca de 734 mil pessoas que vivem com HIV e Aids no Brasil atualmente, 80% foram diagnosticadas.

A estratégia camisinha + teste + medicamento visa o cumprimento da meta “90-90-90”, que corresponde a 90% de pessoas testadas, 90% tratadas e 90% com carga viral indetectável até 2020. As metas foram adotadas pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (UNAIDS).

Carnaval Campanha DST AIDS 2

A estratégia camisinha + teste + medicamento visa o cumprimento da meta “90-90-90”, que corresponde a 90% de pessoas testadas, 90% tratadas e 90% com carga viral indetectável até 2020. As metas foram adotadas pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (UNAIDS).

Começando pelo carnaval, se estendendo por todo o ano

De acordo com o Ministério da Saúde, os materiais publicitários da Campanha para Carnaval reforçam o slogan final usando a gíria “# partiu teste”, linguagem típica da faixa etária prioritária, os jovens.

Nas cidades com maior concentração de foliões (São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Olinda, Florianópolis, Ouro Preto, Diamantina, São João Del Rei e Alfenas) haverá um reforço das estratégias de comunicação. Além do rádio e da TV, a campanha também será divulgada pela internet e em revistas temáticas de carnaval e de comportamento LBGT.

Ao todo são 129 mil cartazes em quatro versões – segmentados para a população jovem, travesti e jovem gay – um spot de rádio, 315 mil folders explicativos da prevenção combinada e um vídeo para TV.

Além do carnaval, a campanha será estendida, com adaptações, para festas populares – como São João e outros eventos – durante todo o resto do ano.

Camisinhas

Nos banheiros femininos e masculinos dos aeroportos de Santos Dumont, no Rio de Janeiro, Salvador e Recife foram instalados 34 displays para a retirada de camisinhas.  Inicialmente, eles foram abastecidos com 195 mil preservativos.

Apenas para o período do carnaval, o Ministério da Saúde está distribuindo aos estados de todo País 70 milhões de preservativos. Os estados já contam com estoque de 50 milhões de unidades para as ações cotidianas de prevenção, o que inclui o carnaval.

O quantitativo de camisinhas é definido com base no consumo médio mensal, além da capacidade de armazenamento e o estoque presente no almoxarifado. Nos últimos cinco anos, o Ministério da Saúde passou aos estados 2,2 bilhões de preservativos.

Carnaval Campanha DST AIDS 1

De sábado (14) a terça-feira (17) será realizado na Avenida Oswaldo Cruz, em Três Pontas, trabalho de prevenção que incluirá incentivo ao teste rápido, distribuição de camisinhas e informativos.

Em Três Pontas, trabalho com foco no carnaval já começou

O Serviço Especializado de Saúde de Três Pontas já iniciou o trabalho de prevenção focado nas festividades de Momo. Equipes distribuíram 3.500 camisinhas, além de lubrificantes e informativos durante o Aquecimento de Carnaval, evento realizado nos dias 31 de janeiro, 1º e 7 de fevereiro pela Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Turismo.

E a missão continua. De sábado (14) a terça-feira (17), uma equipe de Enfermagem estará em tenda armada na Avenida Oswaldo Cruz, nas proximidades do Restaurante Gaúcho. Os profissionais vão trabalhar a prevenção também com a distribuição de preservativos, informativos (panfletos, adesivos e leques) e ainda com a motivação ao teste rápido.

(Fontes: Ministério da Saúde / Portal Brasil / Serviço Especializado de Saúde de Três Pontas)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Notícia anterior

Faltando três dias para o início, programação do carnaval é, enfim, definida

Próxima notícia

Câmara de Vereadores de Três Pontas, 173 anos de instalação

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.