Qualidade de Vida / Saúde

Frio, um aliado no processo de emagrecimento

Caldo de Feijão 1

Organismo pede alimentos mais quentes, mas necessidade driblada mantém e pode até levar à perda de peso no inverno (Foto Ilustrativa Net)

O frio que já se instalou neste outono principalmente pela manhã e à noite inspira aquela quebradinha na dieta. O aumento do apetite e a tendência da procura por alimentos mais “quentes” têm explicação. Isto acontece porque o organismo, para se manter aquecido, gasta mais calorias. Para compensar essa perda, pede mais mantimento. E na hora que a fome aperta – inteligente que é – o corpo costuma querer os carboidratos presentes em pães, arroz, massas porque são ricos em energia.

Mas, espera aí… se para preservar a temperatura, o organismo queima mais gordura, seria o frio um aliado do emagrecimento?

A resposta é sim. E se as pessoas não perdem peso nesta época é porque substituem a dieta praticada em estações de temperatura elevada pelos caprichos naturais do corpo.

Frio, um aliado no processo de emagrecimento Paulo César Fisiologista 1

“Saúde e boa forma física não são exclusivas do verão. Elas devem ser constantes para que se tenha qualidade de vida e, claro, autoestima” (Paulo César – Fisiologista)

Quem fala sobre o assunto é o Fisiologista, Paulo César Brito Campos, da Clínica Reabilitação Ideal, de Três Pontas. “A sensação mais constante de fome que a gente sente em dias frios acontece justamente em decorrência da demanda energética. Se nós mantivermos a nossa alimentação saudável e balanceada, o frio se torna um super amigo no processo de emagrecimento. Mas, se a alimentação passa a ser inadequada, o efeito é contrário, então, a pessoa geralmente engorda”, explica.

Além da contraindicada troca de dieta, outro erro – segundo o Fisiologista – é ceder à preguiça. As atividades físicas também devem ser mantidas no outono e no inverno. Porém, explica Paulo César, com alguns cuidados a mais.

O primeiro deles é o aquecimento. Tantas vezes deixado de lado, ele prepara física e até emocionalmente para o exercício, para o treinamento, enfim, para a atividade que levará ao aumento da temperatura corporal.

“Comece a atividade devagar, em ritmo leve para preparar as articulações e a musculatura que ficam mais enrijecidas com o frio. O aumento da intensidade deve ser gradual”, orienta Paulo César. Um dos benefícios do aquecimento, diz o profissional, é a redução do risco de lesões.

Frio, um aliado no processo de emagrecimento Paulo César Fisiologista 3

Pessoas com pressão alta ou com algum problema no coração devem redobrar os cuidados nesta época do ano

Mais uma dica. Hipertensos e cardiopatas, ou seja, quem tem pressão alta ou algum problema no coração, deve se exercitar de preferência em horários mais quentes. Isto porque no frio os vasos sanguíneos ficam mais contraídos, o que compromete a circulação. O sangue oxigenado tem dificuldade de chegar ao coração e isso faz com que o músculo cardíaco trabalhe mais. A sobrecarga pode levar a complicações, dentre elas, o infarto.

Manter-se agasalhado também é importante, na avaliação do Fisiologista, principalmente se a pessoa está praticando atividade física ao ar livre.

As baixas temperaturas geralmente acentuam as dores na coluna e outras doenças reumáticas, por exemplo, artrite, artrose, espondilite, fibromialgia e gota. Sendo assim, estimula Paulo César, este é mais um motivo para não abandonar a atividade física, cuidando da preservação das articulações.

“Saúde e boa forma física não são exclusivas do verão. Elas devem ser constantes para que se tenha qualidade de vida e, claro, autoestima. Então, seja persistente com sua dieta, seja persistente com seu programa de exercício físico, prestando sempre atenção nos cuidados que cada época do ano exige”, orienta.

O Fisiologista indica ainda que é sempre importante consultar um nutrólogo ou um nutricionista para que a dieta corresponda à necessidade de cada indivíduo e também passar pelo médico antes (e depois, periodicamente) de adentrar pelo mundo da atividade física.

Notícia anterior

Processo Seletivo - Há vagas na Procuradoria Geral do Município de TP

Próxima notícia

Prefeito Paulo Luis agrupa documentos para comprovar que nunca perdeu verbas conforme alegam opositores

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.