Política

Nucleação – Secretaria de Educação de TP desativa três escolas rurais em nome da melhoria do ensino e do bem estar das crianças Alunos serão transferidos para escola que funciona em tempo integral

Quando as aulas voltarem em Três Pontas, na segunda-feira (3 de agosto), todos os alunos das escolas municipais Lolita de Brito Dias (Fazenda Caxambu), Walda Tiso Veiga (Peroba/Pitangueiras) e Sobradinho (Sobradinho) passarão a estudar na Escola Municipal Professor Vieira Campos, na Fazenda Bananeiras.

Com a nucleação, os estudantes de 4 a 10 anos serão atendidos em tempo integral e, além do ensino clássico, participarão de aulas de monitorias, dentre elas, reforço escolar, desenho, dança e música.  

Em entrevista, o Secretário Municipal de Educação, Erik dos Reis Roberto, explica que a mudança acontece para que as crianças desta região rural do Município sejam atendidas com ensino de melhor qualidade e lamenta que a alteração gere também o desconforto da rescisão de 16 contratos.

Vice-Prefeito e Secretário M de Educação Erik dos Reis Roberto 4.jpgEntrevista

Erik dos Reis Roberto

Vice-Prefeito / Secretário Municipal de Educação de Três Pontas

Secretário, como será esta nucleação que envolve quatro escolas rurais do Município?

Os alunos das escolas municipais Lolita de Brito Dias (Fazenda Caxambu), Walda Tiso Veiga (Pitangueiras) e Sobradinho (Sobradinho) serão transferidos para a Escola Municipal Professor Vieira Campos, na Fazenda Bananeiras. Nossa meta é atender a essas crianças com maior qualidade. Elas passarão a ter um professor especializado em suas respectivas séries e ainda terão o benefício da escola integral que é plano de governo – não só federal e estadual – mas de países de primeiro mundo. As crianças entram na escola de manhã e saem à tarde.

Quantas crianças serão transferidas?

Hoje na Educação Infantil, somados o 1º e 2º períodos, temos 5 alunos (Lolita), 14 (Walda Tiso) e 19 (Sobradinho). No Ensino Fundamental Séries Iniciais, somados o 1º, 2º, 3º, 4º e 5º ano, temos 24 (Lolita), 48 (Walda Tiso) e 54 (Sobradinho). No total, serão remanejados com a nucleação, 164 estudantes. Somados, respeitando as respectivas séries, aos alunos da Escola Municipal Professor Vieira Campos, passaremos a ter 2 turmas de Educação Infantil (1 de 1º período com 26 alunos e 1 de 2º período também com 26 alunos) e na Educação Infantil serão 1 turma de 1º ano com 30 estudantes, 2 turmas de 2º ano com 20 alunos cada, 1 turma de 3º ano com 31 crianças, 2 turmas de 4° ano com 20 alunos cada e 1 turma de 5º ano com 17 alunos. 

O senhor mencionou que um dos benefícios será a formação de turmas específicas conforme a série, por quê? Nessas escolas ainda funcionam turmas multiseriadas? 

Nessas escolas ainda existe a multisérie, ou seja, o professor dá aulas numa mesma turma para alunos de duas ou mais séries, por exemplo, 1º e 2º ano, 2º e 3º ano, 3º, 4º e 5º anos juntos. A partir de agosto as turmas serão formadas por série escolar única. 

Escola Lolita de Brito Dias 1

Número pequeno de alunos por série também pesou para a nucleação. Na Escola Lolita de Brito Dias, por exemplo, no 1º e no 2º período da Educação Infantil estudam, respectivamente, 2 e 3 alunos (Foto: PMTP)

Além deste benefício, quais outros virão para as crianças com esta nucleação?

O professor não precisará dividir sua atenção e não precisará explicar em uma mesma aula matérias diferentes para alunos multiseriados. Então, as crianças terão mais atenção e, consequentemente, mais qualidade no aprendizado, já que o assunto será de interesse de todos.  Pela manhã haverá o ensino regular, também chamado de ensino clássico. À tarde, os alunos participarão de aulas de monitorias, dentre elas, dança, música, desenho, educação física e reforço escolar.

E o que a Administração ganha com a nucleação?

Na verdade, para nós é um desafio, o desafio de fazer uma escola de tempo integral na região rural de Três Pontas, oferecendo mais qualidade de ensino, oferecendo mais oportunidade de aprendizagem às crianças do meio rural.

Também é um desafio contribuir para que o homem do campo fique no campo. Nossa intenção é que os pais tenham mais conforto porque sairão para o trabalho sabendo que seus filhos estão protegidos, na escola, por mais tempo. A nucleação trará ainda economia para o Município. 

Secretário, o senhor menciona economia. E os monitores? E os gastos com a manutenção da criança no período da tarde?

Em nosso quadro de servidores já existem os monitores e estagiários, então, vamos aproveitá-los, porém, com um número maior de crianças.

Vice-Prefeito e Secretário M de Educação Erik dos Reis Roberto 3.jpg

Secretário Erik Roberto explica que professores efetivos já foram comunicados da decisão e já sabem onde irão trabalhar a partir deste segundo semestre

O gasto será maior apenas com a alimentação. O almoço será mais reforçado e as crianças receberão dois lanches a mais do que recebem atualmente porque ficarão em tempo integral na escola. Mas esse aumento é muito pequeno em relação aos ganhos que serão acoplados à vida da criança. Ela poderá ter maior socialização e se desenvolver melhor em vários aspectos e não somente educacional.

E qual será o destino dos professores e demais servidores das escolas Lolita Brito, Walda Tiso e Sobradinho que serão desativadas?

Os professores efetivos terão seu emprego garantido. Eles ocuparão o lugar de professores contratados em escolas rurais e da região urbana. Esses efetivos trabalham no turno da manhã e, evidentemente, já possuem compromissos à tarde. Então, para não prejudicá-los, pegamos a lista de contratos do matutino para realizar a substituição. Todos já foram remanejados e já sabem para onde vão. 

Quanto à economia para o Município, ela será substancial, gerada pela rescisão do pessoal contratado.

Então, haverá também dispensa de trabalhadores? Quantos?

Acreditamos que a nucleação trará benefícios para as crianças, para os pais e certa economia para o Município, mas, infelizmente, algumas pessoas perderão, sim, o seu vínculo de emprego junto à Prefeitura, são cerca de 16 pessoas – todas contratadas.

Erik, essa dispensa não bate de frente com o recém concurso público realizado pela Administração?

Não, porque o concurso público para professor foi para cadastro de reserva, portanto, não havia cargo vago e foi para educação básica. Nós, da Secretaria Municipal de Educação, abrimos vagas para serviços gerais e elas continuam valendo e para educador infantil, área onde temos hoje o maior número de contratos, algo em torno de 66.

Escola Walda Tiso Veiga 1

E.M. Walda Tiso Veiga fechou o primeiro semestre letivo de 2015 com 62 alunos (Foto: PMTP)

Quando a nucleação entrará em vigor?

Com a volta às aulas para o segundo semestre letivo, ou seja, na segunda-feira, dia 3 de agosto.

Secretário, haverá alguma alteração em relação ao transporte escolar?

Nenhuma. Os ônibus pegarão os alunos nos mesmos horários e nos mesmos pontos. A Escola Professor Vieira Campos é que começará as aulas às 7h30min. O término das atividades será às 15h30min.

Esta decisão é exclusiva da Secretaria Municipal de Educação de Três Pontas?

A nucleação esteve na pauta da última reunião do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). Mais recentemente, quando a Secretaria optou pela mudança, convocamos o Conselho do Fundeb que, por entender a necessidade de atender melhor às crianças do meio rural, aprovou a ideia.

Esta não é uma decisão monocrática, não é o Secretário de Educação quem decide e pronto. Temos o Conselho do Fundeb justamente para isso, para nos ajudar a escolher o melhor caminho.

Depois, levamos a iniciativa ao conhecimento da Superintendência Regional de Ensino, em Varginha, onde Arlete Gomes, inclusive, nos informou que a nucleação está nas metas do Estado para o ano que vem.

Vice-Prefeito e Secretário M de Educação Erik dos Reis Roberto 2.jpg

Com a nucleação, E.M. Professor Vieira Campos funcionará com 213 crianças de 4 a 10 anos, conta o Secretário

Secretário, a Escola da Fazenda Bananeiras é a primeira a funcionar em tempo integral na região rural de Três Pontas?

Neste ano fizemos um teste de tempo integral nas Escolas Sobradinho, Professor Vieira Campos e ainda com 50 alunos da Escola Agrícola. Percebemos que as crianças estão se desenvolvendo mais do que se desenvolviam na escola em tempo normal, então, resolvemos ampliar através da nucleação.

A Escola Agrícola atende a uma vasta região do Município, então, vamos atender ao outro lado da região rural da Cidade.

A Escola Municipal Vieira Campos tem capacidade para quantos estudantes?

Hoje, lá estudam 49 crianças e com a nucleação passará a atender 213. A Escola já chegou a atender 250 alunos. A faixa etária é dos 4 aos 10 anos.

Considerações finais.

Estamos a todo vapor trabalhando na adaptação da Escola Municipal Professor Vieira Campos para receber essas crianças com muito carinho.

Secretaria Municipal de Educação de Três Pontas 1

Decisão tomada pela Secretaria recebeu apoio do Conselho do Fundeb e da Superintendência Regional de Ensino (Foto: PMTP)

Nós gostaríamos de agradecer a receptividade dos pais, em especial da Walda Tiso e Sobradinho. Houve certa ‘resistência’ na outra Escola, mas esperamos que, tão logo comecem os novos trabalhos, também o pessoal de lá entenda que a mudança é pela melhoria do ensino. Nós realizamos reuniões nas escolas que serão nucleadas e explicamos o motivo da nucleação. As mães, inclusive, sugeriram a ampliação do 6º ao 9º ano. Vamos começar a analisar esta possibilidade, a viabilidade desta extensão. 

Agradecemos também ao Conselho do Fundeb e a compreensão dos professores efetivos.

Aproveitamos este espaço aberto pelo Sintonizeaqui para pedirmos desculpas aos contratados que, infelizmente, perderam suas vagas. Existem decisões que não podemos esperar e temos que ter coragem de tomá-las.

Agradeço a todos e reforço que nosso compromisso é com a qualidade da educação, é com o bem estar das crianças.

(Foto Página Inicial: Ilustrativa Net) 

 

 

Notícia anterior

Nota de Falecimento

Próxima notícia

Bispo Coadjutor da Campanha faz primeira visita à Terra de Padre Victor e de Nossa Mãe e é surpreendido pela hospitalidade trespontana

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.