Entretenimento

Polícia Militar prepara o Forró 2015 Evento chega à nona edição e ingressos já estão à venda

Forró da Polícia Militar de Três Pontas 1

Festa acontece dias 19 e 20 de junho, no CCC

A Polícia Militar de Três Pontas está a todo vapor preparando um evento que já entrou para o calendário festivo do Município. Música ao vivo todas as noites, barraca de pescaria, cerveja bem gelada, comidas típicas e o angu à baiana – prato que, na opinião do público, tem que estar no cardápio – são algumas atrações do IX Forró da Polícia Militar.

O evento será realizado nos dias 19 e 20 de junho, no Clube de Campo Catumbi (CCC), abrilhantado por nomes que brotaram aqui na Capital Mineira da Música para levar o melhor do sertanejo/universitário a todo o Sul de Minas. 

Na sexta-feira se apresentarão Bruno e Diogo e ainda Matheus Becatt. No sábado, o embalo musical ficará por conta de Wallace e Rafael. Nos dois dias, a festança começará às 20 horas. 

Realizada em ambiente familiar onde não faltam organização, segurança, boa conversa e muita descontração, o Forró da Polícia Militar cresce em número de atrações e de participantes. Por isso, trespontanos e visitantes devem garantir o quanto antes as suas entradas. 

O setor de Comunicação da Companhia de PM local avisa que os ingressos já estão à venda, no Quartel. Cada um custa R$ 10. 

 (Foto Página Principal: Prazerinspirar)

Notícia anterior

Comércio fecha neste Corpus Christi, mas fica aberto até mais tarde no sábado

Próxima notícia

“E o Vento Levou” abre atividades do Cineclube de Três Pontas

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.