EsporteOutros

Segundo Pedal da Fé será em setembro, anuncia Padre Rogério

Atenção trespontanos e moradores de cidades vizinhas que curtem pedalar. Agendem aí. No domingo, 13 de setembro, acontecerá o segundo Pedal da Fé, em Três Pontas. A notícia foi dada no início da tarde de hoje (3) pelo Pároco da Paróquia Cristo Redentor, Rogério Augusto da Silva. Segundo ele, o trajeto e demais estrutura começarão a ser organizados e logo, logo serão fornecidos mais detalhes sobre o evento.

O pedido surgiu dos participantes do primeiro Pedal da Fé, realizado neste domingo (2). Vários ciclistas se concentraram na Praça Padre Francisco, Bairro Catumbi. Lá, receberam flâmulas do Venerável Padre Victor, escapulário de São Cristóvão e a Oração do Ciclista. Comeram frutas servidas à vontade, pegaram garrafinhas de água e, após benção, saíram para o passeio ciclístico. Ao todo, o grupo percorreu 25 quilômetros passando por bairros, localidades industriais, pastagens e cafezais localizados à beira de uma estrada que circunda a Cidade. No meio esportivo, o trajeto é conhecido como o da Gabiroba.

Além de entusiasmo, os ciclistas – até mesmo os menos preparados – mostraram determinação. Ninguém desistiu, precisou ser atendido por equipe de saúde ou necessitou ser rebocado.

Adepto da modalidade, Padre Rogério ficou satisfeito com o resultado. “Tudo transcorreu dentro da normalidade, dentro da programação, sem nenhum incidente, graças a Deus”, comemorou.

Pedal da Fé Padre Rogério Augusto da Silva 1

Padre Rogério em trecho do percurso da Gabiroba (Foto: arquivo)

A proposta

Conforme explicou Padre Rogério, o Pedal da Fé ostentou três objetivos principais. O primeiro deles foi rezar, aproveitando São Cristóvão que é lembrado mais especialmente em 25 de julho. Na comemoração local em homenagem ao Protetor dos Motoristas e Viajantes teve Novena e Missas, Procissão dos Caminhoneiros, movimento de barraca, apresentação de números artísticos, sorteio de brindes e o passeio ciclístico.

A segunda intenção do Pedal da Fé foi propiciar a entrada em comunhão com o mundo e despertar o interesse pela preservação do meio ambiente.

Terceiro, educar as pessoas em relação à bicicleta como veículo de locomoção, integrante e sujeito às regras de trânsito.

O evento nasceu baseado em solicitação do Papa Francisco. Na Encíclica Saudato si, de 24 de maio de 2015, o Santo Padre mostra preocupação com o meio ambiente e convida ao reconhecimento da terra como casa comum, destacando que ela clama contra o mal que cada um de nós provoca com o uso irresponsável e o abuso dos bens que Deus nela colocou. O Pedal da Fé, pensou Padre Rogério, seria agradável oportunidade de conscientizar sobre a necessidade de cuidar do planeta e de até mesmo apresentar para alguns cidadãos belas paisagens abrigadas pelo Município.

Após o Pedal, todos participaram de Missa na Praça São Cristóvão, localizada no Bairro Aristides Vieira, foram novamente abençoados e voltaram para casa com a sensação de dever duplamente cumprido. Ah, e levaram uma medalha do Pedal da Fé que ficará entre as  lembranças. 

Segundo Pedal da Fé abrirá comemorações de Padre Victor na Paróquia Cristo Redentor

O segundo Pedal da Fé acontecerá na véspera do início da Novena que, como de costume, integrará a programação alusiva à Festa de Padre Victor. A expectativa é que um número ainda maior de ciclistas compareça para, por meio da prática esportiva e das orações, iniciar bem a caminhada rumo aos 110 anos de Morte do Anjo Tutelar dos trespontanos.

Abaixo, fotos de algumas paisagens apreciadas pelos ciclistas do primeiro Pedal da Fé. 

(Fotos: Renata Andrade / Igor Sudério)

Notícia anterior

Há vagas em Três Pontas

Próxima notícia

Ecoetrix encerra projeto Parquescola Urbano em Varginha

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.