Qualidade de Vida e Saúde para o trespontano

Gripe – Campanha de Vacinação voltada a crianças, gestantes, pós-parto e deficientes termina nesta sexta-feira

Com a atenção voltada à pandemia do novo Coronavírus, muita gente tem se esquecido de que é preciso se prevenir contra doenças que vão além da Covid-19, a Gripe, por exemplo.

A Campanha Nacional Contra a Influenza entrou segunda-feira (11) na 3ª e última fase que será dividida em duas etapas. A primeira vai até esta sexta-feira (15) com foco nas pessoas com deficiência; crianças de seis meses a menores de seis anos; gestantes; e mães no pós-parto (até 45 dias).  As mulheres no período até 45 dias após o parto devem apresentar documento que comprove o puerpério (certidão de nascimento, cartão da gestante, documento do hospital onde ocorreu o parto, entre outros) durante o período de vacinação.

Última fase da Campanha contra a Gripe está em andamento; doses serão aplicadas em grupos distintos até 5 de junho (Crédito: Ilustrativa Net)

De acordo com o calendário divulgado pelo Ministério da Saúde, a segunda etapa ocorrerá entre 18  de maio (próxima segunda-feira) a 5 de junho e estão incluídos os professores das escolas públicas e privadas e os adultos de 55 a 59 anos de idade.

A escolha dos grupos prioritários para a vacinação contra a Gripe segue recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS). Essa definição também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da Gripe. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias.

Três Pontas

Em Três Pontas, a procura pela vacina contra a Gripe está abaixo do esperado, sobretudo nos segmentos crianças e gestantes. Uma das ações da equipe de saúde do município para alcançar a meta em cada grupo determinado pelo Ministério da Saúde, é se deslocar até os bairros com maior demanda. Hoje (14), por exemplo, os profissionais estarão no Jardim das Esmeraldas para atender aos moradores da localidade que pertencerem ao público-alvo da Campanha.

“Todos os postos de saúde da cidade estão abastecidos com as doses preventivas e não há necessidade de agendamento. Para a imunização, basta se dirigir à unidade mais próxima e levar a Caderneta de Vacinação”, orienta a enfermeira Lara Miranda Silva – coordenadora do Programa Nacional de Imunização (PNI) no setor de Epidemiologia da Secretaria de Saúde de Três Pontas.

Serviço 1

O que: Campanha de Vacinação Contra a Gripe
Quando: até amanhã, sexta-feira (15 de maio)
Onde: todos os postos de saúde de Três Pontas
Quem deve ser vacinado:

  • pessoas com deficiência
  • crianças de seis meses a menores de seis anos
  • gestantes
  • mães no pós-parto (até 45 dias). 

Serviço 2

O que: Campanha de Vacinação Contra a Gripe
Quando: de 18 de maio (segunda-feira) a 5 de junho

Onde: todos os postos de saúde de Três Pontas
Quem deve ser vacinado:

  • professores das escolas públicas e privadas
  • adultos de 55 a 59 anos de idade.

Casos de Influenza no Brasil

O Ministério da Saúde mantém a vigilância da Influenza no Brasil por meio da vigilância sentinela de Síndrome Gripal (SG) e de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em pacientes hospitalizados. São 200 unidades distribuídas em todas as regiões geográficas do país e tem como objetivo principal identificar os vírus respiratórios circulantes, permitir o monitoramento da demanda de atendimento dos casos hospitalizados e óbitos.

Em 2020, até o dia 5 de maio, foram registrados 2.137 casos de SRAG hospitalizados por Influenza (Gripe) em todo o país, com 180 mortes. Do total de casos que já tiveram a subtipagem identificada, 517 foram casos de Influenza A (H1N1), com 75 óbitos; 53 casos e 10 óbitos por Influenza A (H3N2), 326 de Influenza A não subtipado, com 47 mortes; e 440 casos e 48 óbitos por Influenza B.

(Fonte complementar: Ministério da Saúde)

Notícia anterior

Cocatrel planeja distribuir mais de R$ 8 milhões entre cooperados. Destinação das sobras 2019 será votada em assembleia terça-feira

Próxima notícia

Minas Gerais recebe primeira ‘Feira Segura’ em 23 de maio