OutrosTopo

Paróquia Cristo Redentor de Três Pontas ganha nova titularidade e Igreja Nossa Senhora das Graças será elevada à Matriz

Há 11 anos, Três Pontas comemorava a fundação de sua terceira Paróquia, batizada de Cristo Redentor. Agora, o município presencia mais um fato histórico envolvendo este território, que desde janeiro tem à frente o administrador Paroquial José Rodrigo Pereira. Na noite de 24 de julho, em Missa Solene, será lido o Decreto assinado pelo bispo da Diocese da Campanha, Dom Pedro Cunha Cruz, que altera o nome da Paróquia trespontana de Cristo Redentor para Nossa Senhora das Graças.

Padre José Rodrigo explica que a Igreja Nossa Senhora das Graças – a mais antiga da Paróquia, localizada na praça do bairro Catumbi, passará à Matriz. Assim, as comunidades urbanas e rurais que formam a rede “Cristo Redentor” ganharão um ponto de unidade. “É uma alegria para mim e para tantos padres que aqui trabalharam ver esta Igreja honradamente ser elevada à Matriz e Matriz é um termo de mãe: Igreja aberta a todos, Igreja que acolhe, Igreja que é referência. A vida das comunidades continuará normalmente, mas aqui a gente se unirá, a gente se congregará e aqui a gente se distribuirá de novo para as comunidades”, completa.

Padre José Rodrigo comenta que toda paróquia deve ter a sua matriz: ponto de unidade

Com a mudança da titularidade, Nossa Senhora das Graças será reconhecida padroeira – não só da primeira comunidade desta Paróquia, mas de todos os respectivos paroquianos, uma homenagem justa, que aos olhos de padre José Rodrigo, é necessária e veio no devido tempo.

“Cristo Redentor está muito feliz porque a Mãe Dele está no lugar que merecia e Ele continuará sempre conosco nas Missas, na Eucaristia”, diz o padre, com otimismo.

Igreja Nossa Senhora das Graças, no bairro Catumbi, será elevada à Matriz e passará a ser uma referência para as comunidades que compõem a Paróquia (Foto: arquivo)

As três Senhoras das Três Pontas

Nossa Senhora d’Ajuda, Nossa Senhora Aparecida e Nossa Senhora das Graças. São estas as padroeiras das três paróquias de Três Pontas, cujas matrizes estão situadas em três praças que ornamentam a cidade. Sendo assim, padre José Rodrigo faz uma observação.

“No passado, só existia uma Matriz, então quando se falava ‘na Matriz, na praça da Matriz’ todos já sabiam que se tratava da Matriz d’Ajuda. Agora é importante que o povo, que as crianças, que os jovens aprendam a forma correta de informar porque são três”: Matriz Nossa Senhora d’Ajuda (na Praça Cônego Victor – Centro), Matriz Nossa Senhora Aparecida (Praça d’Aparecida – Centro) e Matriz Nossa Senhora das Graças (Praça Cônego Francisco, bairro Catumbi).

Festa “julina” em nova dimensão

Neste próximo sábado (20) terá início a 1ª Festa da Paróquia de Nossa Senhora das Graças. Até o dia 24, haverá barracas com comidas típicas, bingos, festival com música, teatro e dança. Outra atração será o Show de Prêmios que reserva TV, microondas, ferro de passar, panela elétrica e bicicleta! No calendário festivo-religioso também estão as Missas – incluindo a da quarta-feira na qual será lido o Decreto de Alteração da Titularidade.

Segundo padre José Rodrigo, a Festa é uma versão ampliada das comemorações julinas anteriormente realizadas pela Paróquia. “Será maior em vários sentidos. Serão mais dias, teremos mais espaço, já que mudamos da quadra de esportes para a rua em frente à Igreja e ainda temos um grande motivo para comemorarmos que é a oficialização do novo nome da Paróquia. A festa terá mais investimento, mais logística. Será uma festa familiar, da Igreja, do bem para o bem”, antecipa.

Assim, os trespontanos estão convidados para participar do evento e, além de rezar e de aproveitar as atrações, ajudar nos inúmeros projetos sustentados pela Paróquia, tais como, o de melhorias e de construção de igrejas e de promoção social. 

“Estamos fazendo o máximo para acolher o máximo e também receber o máximo de retorno em termos de presença, de participação, de envolvimento. Quero expressar aqui a minha alegria e gratidão a Deus de fazer parte deste momento histórico, de ter a honra de participar deste momento da Paróquia e ser o padre que está aqui neste momento em que a nossa Mãezinha vai ganhar o seu destaque e ser reconhecida como nossa Padroeira”, encerra o administrador Paroquial.  

Notícia anterior

Confira quais farmácias estão de plantão em Três Pontas neste sábado e domingo

Próxima notícia

Palestra gratuita na Associação Comercial de TP mostrará como a PNL pode melhorar a sua vida. Participe!