DestaquesOutrosTopo

Restauração interna da histórica Igreja do Quilombo, em Três Pontas, está em fase final; ajude a concluir a obra

Arlene Brito

Concluir ainda nestes primeiros dias de janeiro a restauração interna da Igreja Nossa Senhora do Rosário, localizada na comunidade do Quilombo, região rural de Três Pontas. É este um dos principais desafios da Paróquia Nossa Senhora d’Ajuda.

Em vídeo divulgado em rede social, padre Ednaldo Barbosa (foto ao lado) explica que a obra começou há três anos. “Esta Igreja é antiga, tem história; símbolo da resistência daqueles que durante tanto tempo foram escravizados”, destaca.

O povoado, a 16 quilômetros da cidade, tem cerca de 600 habitantes, conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE – Censo 2010). De acordo com o historiador, Paulo Costa Campos, o Quilombo originou-se entre 1740 e 1746 com a destruição do Quilombo do Ambrósio, que se situava provavelmente entre os municípios de Cristais e Ibiá. Durante o ataque dos brancos, muitos negros escaparam e refugiaram-se em várias localidades, inclusive na região de Três Pontas, onde foram formados dois quilombos: o do Cascalho, próximo à serra e o Quilombo das Araras, também denominado Quebra-Pé e posteriormente Nossa Senhora do Rosário do Quilombo. A Igreja teria sido construída por volta de 1870.

“Seria muito bom que nós devolvêssemos à história de Três Pontas esta Igreja que está sendo restaurada”, comenta o pároco. Na obra, além da colocação de peças que estavam faltando no piso hidráulico, houve troca do forro, do telhado. As portas, já estragadas pelo tempo, foram substituídas por outras em madeira de lei. Os bancos e os sistemas de iluminação e som também passaram pelo detalhado reparo. Padre Ednaldo conta ainda que foram resgatados aspectos originais, tais como, das imagens – inclusive da padroeira Nossa Senhora do Rosário, esculpida em madeira. O trabalho possibilitou também, entre tantas valorizações, a volta do coro e da escadaria interna.

Para terminar o projeto, é preciso sequência de envolvimento da comunidade. “Estamos na fase final: pintura, colocação dos lustres todos feitos especialmente para a Igreja, conforme a estrutura que ela tem. Nós precisamos da sua ajuda”, convoca.

As pessoas que puderem colaborar devem fazer a doação através do Dízimo, nos cofres da Igreja ou no Escritório Paroquial (Centro de Três Pontas). Outras informações: (35) 3265-2388.

Novo pároco

Padre Ednaldo quer deixar ao menos a parte interna da Igreja bem linda, pronta para o sucessor. No próximo dia 25, assume a Paróquia Nossa Senhora d’Ajuda o cônego José Douglas Baroni (42), vigário Geral da Diocese da Campanha, atual pároco da Paróquia Santa Maria, em Baependi.

“Que a nossa Paróquia possa viver novamente a alegria de ter uma Igreja dedicada e restaurada, esta Igreja que tem um valor muito grande no coração do nosso povo, principalmente dos mais simples, dos mais pobres”, comenta padre Ednaldo – que seguirá o caminho sacerdotal na vizinha Nepomuceno. 

Após agradecer a todos que já auxiliaram, ele reforça: “peço mais uma vez: se você tem como, não espere ninguém ir até você; seja você mesmo um agente que transforma, que colabora em mais uma obra da nossa Paróquia”.

Missa

Todos os domingos, às 9 horas, é celebrada Missa no Quilombo de Nossa Senhora do Rosário. Os trespontanos estão convidados a participar e, assim, conhecer como a Igreja está cada vez mais bela. 

Veja a seguir, o vídeo veiculado pela Paróquia Nossa Senhora d’Ajuda de Três Pontas

Conclusão das Obras no Quilombo

COLABORE NA CONCLUSÃO DAS OBRAS DA IGREJA DO ROSÁRIO, NO QUILOMBOFaça sua doação através do DÍZIMO, nos COFRES DA IGREA ou no ESCRITÓRIO PAROQUIAL.Ligue (35) 3265-2388 para mais informações. E para conhecer a Igreja e acompanhar as obras, participe da missa aos domingos, 9 da manhã, no Distrito do Quilombo, em Três Pontas.

Posted by Paróquia Nossa Senhora D'Ajuda de Três Pontas – MG on Monday, December 31, 2018

 

Notícia anterior

Mobilização Pró-Navegação Mar De Minas

Próxima notícia

Estamos no primeiro final de semana de janeiro! E têm farmácias abertas em Três Pontas