Aqui Notícias de Três Pontas e regiãoSOS Animais

Seja um Colaborador Legal! Trespontanos podem ajudar ONG de defesa animal fazendo doações através da conta de água

Arlene Brito

Os trespontanos que entendem a importância do trabalho realizado pela ONG Pelo Amigo TP podem colaborar para que a castração continue sendo realizada em cães e gatos abandonados ou que pertencem a donos de baixa renda. A forma de contribuir é muito simples: basta doar qualquer valor que será cobrado mensalmente na conta de água.

Para se tornar um contribuinte da causa de defesa animal, o usuário do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) deve se dirigir a um dos três endereços relacionados abaixo e autorizar o acréscimo na conta. O valor estipulado pelo colaborador será destinado à ONG. “A contribuição é voluntária e poderá ser cancelada a qualquer hora, de modo também simples e seguro”. 

Representantes da ONG Pelo Amigo TP explicam ainda que a instituição apresentará a cada três meses um balanço da administração dos recursos angariados. Assim, o contribuinte poderá conferir quanto foi arrecadado e onde o dinheiro foi aplicado.

As fichas de autorização de débito estão disponível para o preenchimento no Consultório Odontológico Dra. Laura de Brito Vinhas (Rua Nossa Senhora d’Ajuda, 285), no Pet Shop Patinhas Elegantes (Rua 7 de Setembro, 141) e na Boutique Carla Machado (Praça Professor Teodósio Bandeira Campos, 16 A) – todos no Centro de Três Pontas. Quem preferir, pode enviar mensagem “inbox” para https://www.facebook.com/OngPeloAmigoTP que um responsável levará a ficha de adesão até o interessado.

Castração, posse responsável, adoção

A ONG Pelo Amigo TP – como o nome já caracteriza – não tem fins lucrativos e atua com direitos e deveres assegurados ao pleno exercício de suas funções desde 2010. Os compromissos seguem três linhas: 01) a castração de cães e gatos abandonados ou com donos de baixa renda; 02) a conscientização sobre posse responsável e 03) adoção.

No entendimento da entidade, castrar para evitar o nascimento de ninhadas não planejadas e para eliminar os transtornos durante o cio das fêmeas, traz mais resultados – a menor custo – do que o recolhimento em abrigos e a prestação de socorro em caso de atropelamento e fuga do autor. Por isso, a castração é prioridade nas atuações.

“Participantes de outras entidades que levam resultados efetivos à sociedade, ajudando a reduzir a quantidade de animais abandonados nas ruas, concordam com esta visão da Pelo Amigo TP e procuram atuar também neste sentido. Estamos em um caminho árduo, mas correto”, registra a Organização.

Ainda segundo a ONG, muitas associações de proteção animal em todo o Brasil se endividaram e foram fechadas por não conseguirem arcar com os custos de manutenção e tratamento veterinário de animais. Desejando outro destino à Pelo Amigo TP, a ONG enxerga a necessidade de maior conscientização da população trespontana sobre maus tratos e sobre a Lei Estadual que pune os agressores.

“Infelizmente muitos conterrâneos nossos se desfazem do animal indefeso, que é de responsabilidade deles. Essas pessoas transferem seus deveres para com o bicho, que deveria ser de estimação, para o restante da comunidade. E a comunidade cobra da ONG e do poder público que resolvam o problema dos animais abandonados. Este problema só é amenizado com o controle da natalidade pela castração. Com a redução do número de ninhadas, terão animais aqueles que realmente cuidam com o amor e respeito que eles merecem. É para isso que atuamos e, não, pelo sacrifício de arcar com irresponsabilidade desses transferidores”, esclarece.

Mais castração, menos abandono! Junte-se ao time de colaboradores legais!

ONG Pelo Amigo TP Colaborador Legal

Trespontana mostra adesão ao Colaborador Legal da ONG Pelo Amigo

Notícia anterior

Procurando por plantão farmacêutico em Três Pontas? Confira aqui

Próxima notícia

O gatinho Fred está em casa. Vamos colaborar para que o Choop tenha a mesma sorte?