Aqui Notícias de Três Pontas e regiãoQualidade de Vida e Saúde para o trespontano

Seminário sobre Febre Amarela reúne profissionais da saúde da Regional de Varginha

Febre Amarela é uma doença transmitida pelo Aedes aegypti. Mosquito transmite também a Dengue, Zika e Chikungunya

Arlene Brito

A Superintendência Regional de Saúde de Varginha (SRS) está realizando o Seminário Integrado  sobre o “Manejo Clínico da Febre Amarela”. O evento, aberto na manhã desta terça-feira (30), reúne médicos de hospitais, pronto-atendimentos e  atenção primária dos municípios atendidos pela Regional. O tema foi abordado pelo infectologista Dr. Luiz Carlos Coelho, e no decorrer da tarde haverá discussão sobre o Manejo.

O Seminário continua quinta-feira (1º) quando as palestras e discussões envolverão coordenadores de atenção primária, de vigilância epidemiológica, profissionais de atenção primária/UBS e enfermeiros de hospitais ou pronto-atendimentos. O segundo dia de trabalhos terá início com “Vigilância em Saúde no enfrentamento da Febre Amarela” tema a ser desenvolvido pelo coordenador do Núcleo de Vigilância em Saúde da Regional de Varginha, Paulo Pazotti. Em seguida, Patrícia Bento – referência Técnica em Saúde do NAPRIS (Núcleo de Atenção Primária das Unidades Regionais de Saúde) – falará sobre “Organização da Assistência no Enfrentamento da Febre Amarela”. Dois outros temas estão na programação, sendo “Rede Hospitalar de Referência no Enfrentamento da Febre Amarela”, que estará sob responsabilidade da especialista em Políticas e Gestão da Saúde, a trespontana  Poliana Pereira e ainda “Imunização”, com Renata Siqueira Júlio – mestre em Pesquisa Clínica em Doenças Infecciosas.

Todos os participantes receberão certificados. O evento acontece no auditório da Unifal.

Números

De julho do ano passado até o momento, foram confirmados 81 casos de Febre Amarela em Minas Gerais; 36 evoluíram para óbito e outros 208  casos continuam em investigação.

Na Regional de Varginha, 02 casos foram confirmados em São Tomé das Letras. Um turista morreu em decorrência da doença. 

Os dados são do Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES) hoje, 30 de janeiro. 

 

 

 

 

Notícia anterior

Provedor convoca assembleia para expor situação da Santa Casa de Três Pontas

Próxima notícia

SOS Animais: Pepita é linda, é dócil, merece e precisa ter um lar