Agora Poesias e Afins com Patrícia Lopes

Precisamente neste momento, Agora é a hora. Tem que ser,  Não tem jeito. Esta é a hora.  Agora.  Por isso,  Não demora. Esse é o momento,  Essa é a hora,  Nossa vez,  Chegou agora! Por isso, Fique atento, Porque a vez; Não tem hora agora!

LEIA MAIS →
Poesia poeta trespontano

Vicente de Paula Oliveira Poesias e Afins, hoje trazendo homenagem deixada por "Caio" para o grande amigo

Vicente, grande escultor Improvisa na bruta madeira Com a sua habilidade Entalha obras altaneiras Na sua modesta pessoa Tudo é realidade Escreve suas poesias Desenha quadros de “verdade” E no labutar do dia a dia Pinta quadros importantes Assim o nosso pintor Usa a mente de gigantes Lutando por um …

LEIA MAIS →

Semear Poesias e Afins com Patrícia Aparecida Lopes

Semear carinho,  Semear conhecimento, Semear possibilidades, Semear oportunidades. Semear sonhos,  Semear inspiração, Semear ensinamentos,  Semear sementes. Semear amizade, Semear cumplicidade, Semear companheirismo, Semear vontades. Semear sabedoria,  Semear inteligência,  Semear crença,  Semear bondade, etc.

LEIA MAIS →

Isso não existe Poesias e Afins com Patrícia Lopes

Filho sem pai Corrupção Famílias desestruturadas Governos sem rumo Onde está a democracia Onde foram parar as vergonhas Cadê isso tudo de bom Porque isso tudo ruim É difícil criar filho sem pai É ruim ter um governo corrupto Precisa-se de comprometimento Com a verdade, com o amor! Nada mais …

LEIA MAIS →

O Piano

Ao som do piano acordei hoje Música suave e macia Uma seda para os ouvidos Uma busca de paz para alma Ao som do piano acordei hoje Música calma e tranquila Um remédio para o corpo Uma cura para a alma Ao som do piano acordei hoje  Tudo de bom  …

LEIA MAIS →

Acreditar

Acreditar no que tem chance É uma virtude Agora acreditar No perdido é mesmo tolice Não sejamos tolos Somos seres Providos de Inteligência Vamos acreditar Nas coisas sãs Não nas coisas Sanas. Acredite você será liberto Quando a verdade For a única maneira De acreditar.  

LEIA MAIS →

Praça da Fonte (Minha Saudade)

Água colorida, água da vida Sonhei na saudade das tuas cores Jardim florido, mundo colorido Brisa perfumada das tuas flores. Tu torna-se contexto do poema Tu torna-se realidade Tu fonte luminosa Tu és a poesia da cidade. Nas tuas águas recordei o menino Nos teus bancos os casais enamorados A …

LEIA MAIS →

Oração de Toda Hora

Senhor meu Pai, peço sim, muitas coisas para ajudar os meus irmãos, os meus iguais. Senhor, pelos esquecidos de todos, mas não por Ti, faze com que eu nunca os esqueça. E peço-Te, Senhor, forças para os meus braços para soerguer os que são fracos. Peço-Te  a sabedoria para ensinar …

LEIA MAIS →

A Lua e A Noite

Das lamúrias dos cães Das mechas de escuridão Surge, a lua, Atrás dos montes … Atrás das moitas… Atrás das nuvens… O véu negro dá passagem, sem coragem àquele novo foco de luz, que se conduz E a noite sem ter alternativa, Deixa-se levar, evasiva… Horas a dentro se findando… …

LEIA MAIS →

Paraíso de Drogas

Falaram de um paraíso na terra. Choquei! Esta foi demais. Os paraísos comprados que são artificiais. É o inferno “paraíso” que procura a juventude, que ceifa vidas em flores, jovens vidas em plenitude. Satisfação de momento, que na fumaça se esvai; o purgatório da mãe, o inferno real do pai. …

LEIA MAIS →