NotíciasOutros

4ª FECOM: Cocatrel e Minasul juntas pela “Intercooperação no fortalecimento da cadeia produtiva”

Com o tema “Intercooperação no fortalecimento da cadeia produtiva”, Cocatrel e Minasul se unem novamente para a realização da 4ª Feira de Negócios Cocatrel Minasul (Fecom). A Feira que acontecerá nos dias 6, 7 e 8 de março, no Espaço Cocatrel, em Três Pontas, irá trazer aos cooperados o que há de melhor em tecnologia agrícola.

A 4ª edição da Fecom reforça a importância da intercooperação, já que traz grandes novidades e variedades que levam em conta as necessidades da agricultura moderna, e mostra que o trabalho conjunto das cooperativas pode atender e auxiliar ainda mais os seus cooperados.

Juntas, Cocatrel e Minasul buscam oferecer aos 11 mil associados, grandes oportunidades de negócio, com a presença de 70 expositores e diferentes opções em máquinas e implementos agrícolas, com os melhores preços do mercado, além de condições especiais de pagamento:

– tratores Mahindra em até quatro safras (2018, 2019, 2020 e 2021);

– implementos em até três safras (2018, 2019 e 2020) e, ainda

– troca de café por produtos (modalidade barter) ou financiamento.

“Venha participar da 4ª Fecom – Feira de Negócios Cocatrel Minasul e conhecer as melhores opções em maquinários do setor agrícola”, convidam os realizadores. 

(Com informações da Ascom Cocatrel)

Notícia anterior

Motor pega fogo e inicia incêndio em ambulância

Próxima notícia

Provedor convoca assembleia para expor situação da Santa Casa de Três Pontas

Arlene Brito

Arlene Brito

Jornalista formada pelo Centro Universitário do Sul de Minas (Unis-MG). Atuou em praticamente todos os órgãos de imprensa de Três Pontas (MG): TV Cidade, Rádio Três Pontas, Jornal Tribuna, Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, Jornal Correio Trespontano e agora está à frente do site Sintonizeaqui. Indicada para compor a equipe de assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais (2003/2010), optou por continuar em sua Terra Natal registrando os principais fatos e acontecimentos e, assim, ajudar a escrever a história do Município conhecido internacionalmente como a Capital da Música e do Café.