Qualidade de Vida / Saúde

Campanha de Vacinação Contra a Gripe está prorrogada Imunização dos grupos prioritários vai até 5 de junho

Vacinação Contra a Gripe é Prorrogada 1

Centro de Saúde Policlínica, em Três Pontas, registra procura pela dose preventiva

A Campanha terminaria nesta sexta-feira (22), mas como a meta de imunizar 80% da população prioritária não foi atingida, o Governo Federal decidiu prorrogar a vacinação contra a gripe até o dia 5 de junho.

Até ontem pela manhã, dos 40.824.258 de brasileiros que formam o público-alvo da mobilização, 19.448.154 foram vacinados em todo o País. O número representa 47,64% da cobertura. Daí, a decisão de estender o prazo por mais duas semanas.

O Sul foi a região que mais se aproximou da meta, alcançando 62,8% da população. Em seguida veio o Sudeste com 47,1%.

Em Três Pontas, de acordo com o Serviço de Vigilância Epidemiológica (SVE) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a Campanha transcorreu dentro do esperado. Os últimos números oficializados mostraram que 6.216 doses tinham sido aplicadas, o que corresponde a 56,89% dos 10.926 trespontanos que se encaixam na população prioritária. No entanto, a quantidade de pessoas imunizadas no Município já era maior. Isto porque os dados lançados até o final da quinta-feira (21) foram parciais. 

Neste final de semana, os postos de saúde da Cidade estarão fechados, mas a vacinação será retomada na segunda-feira (25).

Devem ser vacinados contra os subtipos da gripe (influenza) H1N1, H3N2 e B as gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto, crianças de 6 meses a 5 anos de idade, pessoas com 60 anos ou mais, detentos e funcionários do sistema prisional, indígenas, profissionais da saúde e doentes crônicos (diabetes, hepatites, bronquite, cardíacas etc). 

Por que aproveitar a Campanha é tão importante?

Vacinação Contra a Gripe é Prorrogada 2

Organismo leva duas semanas para produzir os anticorpos que vão gerar a proteção contra a gripe, por isso é importante se vacinar antes da chegada do inverno, época de maior circulação do vírus influenza no País

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe é realizada em um período que oferece ao organismo a possibilidade de desenvolver os anticorpos que geram a proteção contra a doença antes da chegada do inverno. É do final de maio até o mês de agosto que a gripe tem maior circulação no País.

Quanto mais pessoas protegidas, menor contaminação. A vacina evita também complicações decorrentes da gripe, por exemplo, a evolução para a pneumonia, diminuindo os casos de internações hospitalares e de morte.

No ano passado, 1.794 pessoas foram internadas e 326 morreram por complicações da influenza. A H1N1 foi a que mais provocou o número de óbitos (163), seguido do H3N2 (105). 

Ainda conforme o Ministério da Saúde, o medicamento é contraindicado para aqueles com histórico de reação anafilática em doses anteriores e para quem tem alergia grave à proteína do ovo.

 

 

 

 

 

Notícia anterior

Farmácias de Plantão em Três Pontas

Próxima notícia

Festa da Padroeira chega ao penúltimo dia