Qualidade de Vida e Saúde para o trespontano

Coronavírus – Secretária de Saúde de Três Pontas pede isolamento social pelos próximos 40 dias

Os casos confirmados de Covid-19 em Três Pontas chegaram à casa dos 42, com um óbito, conforme mostra o Boletim Epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (22) pela Prefeitura.

De acordo com a secretária Municipal de Saúde, Tereza Cristina Rabelo Corrêa, o aumento é previsto. Ela esclarece que, quanto mais o vírus circula, mais pessoas são contaminadas e esse contato, desde que não evolua para quadros graves, é benéfico para o indivíduo que acaba desenvolvendo imunidade. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que 80% da população contaminada pelo novo Coronavírus será assintomática; 20% apresentarão sintomas, sendo 15% leves e 5% poderão ter complicações. “Se temos até agora em Três Pontas 42 casos confirmados, 4.200 trespontanos provavelmente já tiveram contato com vírus, com alguns sintomas suaves e não vão desenvolver a doença este ano. No ano que vem talvez até sim, porque poderemos vivenciar uma endemia até vir a vacina”, aponta a secretária.

A explicação não quer dizer que as pessoas podem se descuidar, principalmente neste momento de aumento de contágio, porque pode haver uma sobrecarga no sistema de Saúde. Então, Tereza Cristina volta a pedir que os trespontanos mantenham o isolamento social, saindo de suas residências somente nas situações de extrema necessidade, por exemplo, para trabalhar. Ela destaca que ficar em casa ainda é a medida fundamental para evitar que a pandemia continue se alastrando e, motiva, esse “sacrifício” dever ser por um pouco mais de tempo: até o final de julho, ou seja, cerca de 40 dias.

Quem precisar ir às compras, continua a secretária de Saúde, deve ir sozinho e sempre que possível dar preferência aos estabelecimentos comerciais dos próprios bairros. Respeitar o distanciamento social, usar máscara corretamente, lavar as mãos com frequência, usar álcool em gel e optar pelos pedidos on-line completam as ações preventivas.

A secretária municipal de Saúde, Tereza Cristina Rabelo Corrêa (centro) – (Crédito: reprodução/arquivo)

“Temos que evitar entubar, por isso a gente pede cautela às pessoas”

Hoje (22), informou a secretária de Saúde, duas pessoas internadas na UTI de cinco leitos (montada para atender casos específicos de Covid-19) aguardam resultado de exames e estão entubadas. Já na UTI que integra a estrutura normal do Hospital, dos 10 leitos existentes, em sete estão pacientes entubados (não necessariamente com Covid-19, mas com problemas cardio-respiratórios). Os números mostram que 80% da capacidade da Santa Casa relacionada à respiração mecânica está tomada.

Para o Município é justamente essa a grande preocupação. “Temos que evitar entubar, por isso a gente pede cautela às pessoas”, reforça Tereza Cristina, lembrando que Três Pontas é sede da microrregião de Saúde, atendendo a cinco cidades, com uma população estimada em 120 mil habitantes. O detalhe, fez questão de mencionar, é que todos os prefeitos estão tomando medidas importantes para a preservação da vida dos seus respectivos munícipes. 

Consciência Social

Implantar a consciência social é o desafio das autoridades em relação ao novo Coronavírus. Preservar a própria vida e a vida dos familiares, dos parentes, dos amigos é o que defende o Comitê de Enfrentamento de Doenças Transmissíveis, presidido por Tereza Cristina, ao pregar o isolamento e o distanciamento social.

Entre as medidas tomadas pelo Poder Público de Três Pontas estão a contratação de uma equipe que atua nas proximidades de bancos, casas lotéricas, supermercados orientando, distribuindo álcool em gel para higienização das mãos e auxiliando na manutenção da distância entre as pessoas. Esses trabalhadores ganharam o apelido de “laranjinhas”, correspondendo à cor do colete de identificação. O toque de recolher (22 horas) e a desinfecção de vias públicas também aparecem nas ações.

Comércio

“O Poder Público está fazendo de tudo para que o comércio se mantenha aberto, mas é preciso que não haja aglomeração”, comenta Tereza Cristina, e completa. “Se começarmos a precisar de respirador, pode acontecer do próprio Governo do Estado decretar um novo fechamento do comércio, ficando apenas os setores essenciais, ainda assim, com muita restrição”, alerta.

Evitar reuniões e festas particulares (sobretudo em ambientes fechados) e evitar lugares públicos também entram nas medidas preventivas – mais uma vez insistidas pela secretária.

A fiscalização está sob responsabilidade do setor de Posturas e da Vigilância Sanitária, no entanto, enfatiza, cada pessoa deve assumir o seu papel na prevenção.

Dos 42 cidadãos trespontanos que contraíram a Covid-19, um morreu e 27 estão curados. Dois pacientes com suspeita estão internados e 12 cumprem quarentena domiciliar. Veja a seguir, o Boletim completo desta segunda-feira.

(Fonte: entrevista concedida ao jornalista Francisco Barros – Rádio Sentinela FM – em 22/06/2020)

Notícia anterior

Padre Victor - Devotos rezam Novena Mensal pela descoberta da vacina contra a Covid-19

Próxima notícia

Apae de Três Pontas inaugura padaria altamente qualificada