Política em Três PontasQualidade de Vida e Saúde para o trespontano

Coronavírus – Suspensão das aulas e da presença de público nas sessões da Câmara estão entre medidas preventivas em Três Pontas

Na tarde desta segunda-feira (16), o prefeito Marcelo Chaves Garcia (MDB) assinou o Decreto 11.112 que, entre as medidas preventivas ao novo Coronavírus, suspende as aulas no município de Três Pontas a partir desta terça-feira (17) até o dia 5 de abril.

De acordo com o documento, a decisão engloba todos os estabelecimentos de ensino municipais, estaduais, federais e particulares: escolas, faculdades, universidades, pré-vestibulares, instituições de ensino técnico e creches. 

Também serão suspensos na cidade a partir de amanhã (17), todos os serviços públicos e privados com capacidade de reunir 100 pessoas ou mais, por exemplo, eventos. 

O prefeito instituiu o Comitê de Enfrentamento de Doenças Transmissíveis para acompanhar a evolução do quadro epidemiológico do novo Coronavírus e para adotar e implantar medidas de saúde pública necessárias para a prevenção e controle do contágio e o tratamento de pessoas afetadas. O Comitê será presidido pela secretária Municipal de Saúde, Teresa Cristina Rabelo Corrêa. 

Pelo Decreto, cuja vigência será de 60 dias, podendo ser prorrogável, ficam autorizados procedimentos especiais de compra (pelos setores competentes do município) de insumos e instrumentos necessários às unidades básicas de saúde e instituições hospitalares da cidade, já que foi também decretado estado de emergência em saúde pública em todo o âmbito municipal.

Vereadores

Também hoje (16), o presidente da Câmara de Três Pontas, Maycon Douglas Vitor Machado (PDT), informou que as sessões ordinárias do Poder Legislativo Municipal realizadas às segundas-feiras, às 18h30min, serão fechadas ao público do dia 16 até 30 de março, ou seja, por três semanas.

De acordo com o Comunicado à População, a decisão atende “à necessidade de se evitar a propagação do Coronavírus”. Ainda conforme explica a Câmara, a medida segue os protocolos adotados por todo o país no intuito de evitar a disseminação da doença.

Os cidadãos poderão acompanhar as sessões – que são transmitidas ao vivo pela internet – através do site da Câmara.

(Crédito página inicial: Divulgação ECDC)

 

 

Notícia anterior

Saúde: os efeitos nocivos do açúcar no cérebro

Próxima notícia

Feira Cocatrel supera expectativa; negócios fecham em R$ 18 milhões