Qualidade de Vida e Saúde para o trespontano

Coronavírus – Três Pontas confirma primeiro caso e com morte por Covid-19

Uma mulher, que pertencia ao grupo de risco, é a primeira vítima oficial do novo Coronavírus em Três Pontas. A paciente deu entrada no Pronto Atendimento Municipal (PAM) onde foram iniciadas as medidas recomendadas para casos suspeitos da Covid-19, conforme explica o diretor Clínico da unidade, Dr. Lucas Erbst. Em seguida, a paciente foi transferida para o setor de Clínica Médica do Hospital São Francisco de Assis. Como houve agravamento no quadro de saúde, ela foi removida para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) onde permaneceu em tratamento por oito dias, e não resistiu.

A morte da paciente ocorreu há alguns dias, mas a notícia de que a causa foi o novo Coronavírus só foi dada nesta sexta-feira (17) pela manhã. Isso porque o resultado do teste, positivando para Covid-19, chegou ao conhecimento das lideranças da Saúde da cidade na noite de ontem (16). Dados da vítima, tais como idade, doenças pré-existentes e datas de internação e óbito não foram revelados.

O provedor da Santa Casa, Michel Renan Simão Castro, lamenta o fato, mas afirma não há motivo para que a comunidade entre em pânico. Segundo ele, hoje Três Pontas está com duas pessoas internadas com suspeita de Covid-19 e o Hospital segue todos os protocolos do Ministério da Saúde (MS) ciente da responsabilidade que tem para com os pacientes e também com a saúde e segurança de médicos, enfermeiros e demais colaboradores.

Na Santa Casa de Três Pontas foi montada uma ala para atender aos casos de Coronavírus. A UTI específica conta com seis leitos equipados com três respiradores para adultos e dois infantis, bombas infusoras para ministrar os medicamentos e ainda monitores que permitem às equipes acompanhar a situação de cada paciente.

UTI para atendimento de casos específicos de Covid-19 na Santa Casa de TP, com três respiradores para adultos e dois infantis

Ações de controle mais rígidas, começando pelas Unidades Básicas de Saúde

O prefeito Marcelo Chaves Garcia e a secretária municipal de Saúde, Teresa Cristina Rabelo Corrêa também tranquilizam a população, afirmando que o caso positivado está sendo monitorado, acompanhado bem de perto e que familiares, quem teve contato com a vítima, foram notificados para as devidas providências. 

Ainda assim, a secretária informa que devido à confirmação, acontecerão mudanças em algumas ações de controle do Coronavírus na cidade. Uma delas se refere às unidades básicas de Saúde: “não haverá atendimento a quem não estiver usando máscara”, antecipa. 

Administração reforça pedido para que a comunidade continue seguindo as recomendações preventivas

Várias providências foram e continuam sendo tomadas pela Administração para manter a Covid-19 o mais afastado possível dos trespontanos. Uma delas foi a contratação de 100 pessoas que, devidamente treinadas, atuam em pontos estratégicos da cidade eliminando aglomerações. O grupo recebeu o apelido de “laranjinhas” e, sugestivamente em rede de TV de alcance estadual: de “afasta bolinho”.

Os agentes oferecem álcool para higienização de mãos, orientam pessoas nas filas (por exemplo, de bancos e lotéricas), quanto ao respeito à distância mínima que deve ser mantida e, sempre que há a oportunidade, explicam a importância de praticar as dicas de higiene e de cumprir a quarentena em casa.

Parte da equipe “laranjinha” contratada pela Prefeitura para atuar contra o Coronavírus em pontos estratégicos de Três Pontas (Crédito: Ascom PMTP)

Do outro lado da linha de ação está o povo e é para os trespontanos que o chefe do Executivo, autoridades de Saúde, integrantes do Comitê Municipal de Enfrentamento de Doenças Transmissíveis mandam o seguinte recado. Está confirmado: o novo Coronavírus já circula em Três Pontas, então, todos temos que praticar as recomendações preventivas, agora com ainda mais empenho, com mais compromisso, com mais responsabilidade.

Sendo assim, siga das dicas!

  • Idosos e pessoas do grupo de risco: fiquem em casa;
  • demais cidadãos: se puderem, também fiquem em casa;
  • se sair use máscara;
  • evite aglomeração;
  • mantenha uma distância mínima de cerca de 2 metros de qualquer pessoa tossindo ou espirrando. Evite abraços, beijos e apertos de mãos;
  • ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço (descarte-o devidamente) ou com o braço, e não com as mãos;
  • lave as mãos com frequência até a altura dos punhos, com água e sabão, ou então higienize com álcool em gel 70%;
  • evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas. Ao tocar, lave sempre as mãos como já indicado;
  • se estiver doente, por exemplo, com gripe evite contato físico com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos, e fique em casa até melhorar;
  • higiene superfícies;
  • higienize com frequência o celular e os brinquedos das crianças;
  • não compartilhe objetos de uso pessoal, tais como talheres, toalhas, pratos e copos;
  • mantenha os ambientes limpos e bem ventilados; 
  • durma bem, tenha uma alimentação saudável e pratique atividade física (em casa). 

(Fonte complementar: Ministério da Saúde)

 

Notícia anterior

Pesquisa do Sebrae Minas mostra os impactos da crise do novo coronavírus para os pequenos negócios

Próxima notícia

Final de semana tem drogarias de plantão em TP; confira