Aqui Notícias de Três Pontas e regiãoPoliciais

Morto em troca de tiros com a PM de Três Pontas “integrava quadrilha de Ramonzinho”

Arlene Brito

Um homem morreu em troca de tiros com a Polícia Militar na manhã desta segunda-feira (11), em Três Pontas. Ele foi identificado como Marciel Vitor Coelho (25), mais conhecido por “Branquinho”.

Após receber denúncia de que um carro, WV Jetta, rondava pelo Bairro Padre Vitor em atitude suspeita, a Polícia Militar foi até o local e ao tentar realizar a abordagem um dos ocupantes desceu atirando. Os policiais revidaram. “Branquinho” ocupava o banco carona da frente e levou um tiro na cabeça e outro no peito. Morreu no local. Segundo a PM, com o homem foi encontrado um revólver calibre 38.

Wellington Rodrigues Freitas Moreira (25), que dirigia o veículo, também foi atingido na cabeça e levado ao Pronto Atendimento Municipal (PAM). Um terceiro comparsa, cuja identidade ainda não foi divulgada, fugiu e estaria armado. 

O fato aconteceu na Rua Porto Alegre, esquina com a Rua Espírito Santo. O carro usado pelos suspeitos tem placas de Contagem (MG). A perícia esteve no local e nenhum policial se feriu.

Conforme apurado, os suspeitos são de Boa Esperança (MG). Roubos a mão armada e sequestros aparecem na longa ficha criminal dos homens que, segundo a PM, pertencem à quadrilha de Ramon de Souza, o “Ramonzinho” (31), preso em fevereiro, na cidade de Boa Esperança, após seis meses de buscas. Ele é acusado de praticar inúmeros crimes no Sul e Centro-oeste de Minas.

Há intenso movimento da Polícia Militar, inclusive com participação da “Rondas Ostensivas Com Cães” (ROCCA) de Varginha, Polícia Militar Rodoviária Estadual e Polícia Civil em cerco ao foragido em toda a região.

(Fotos: rede social)

Notícia anterior

“Ritual”, música de São Paulo, vence o 47º Festival Nacional da Canção

Próxima notícia

Começa a 3ª FECOM - oportunidade de bons negócios para 11 mil cooperados Cocatrel Minasul