Política em Três PontasQualidade de Vida e Saúde para o trespontano

Novas medidas para conter a Covid-19 entram em vigor em Três Pontas Decreto inclui proibições a comportamentos de risco e penalidades para estabelecimentos que descumprirem as normas

Três Pontas amanheceu nesta quarta-feira (26) sob novas determinações da Prefeitura na tentativa de combater o alto índice de contaminação pelo novo Coronavírus que tem ocorrido na cidade. Somente neste mês de maio, até o momento, foram confirmados 1.268 novos casos e 29 mortes. A lotação dos leitos da Santa Casa e também do Pronto Atendimento Municipal por cidadãos positivados pela Covid-19 é mais um fator preocupante que levou o Governo Municipal a adotar as medidas que já entraram em vigor.

Para conter o avanço da pandemia, consequentemente, preservar o maior número de vidas foram adotadas pelo Município medidas temporárias de isolamento social e também ações restritivas para o funcionamento do comércio e outros segmentos econômicos.

Comércio

A partir de hoje (26), os estabelecimentos comerciais terão novos horários de fechamento:

  • de segunda a sábado: 22 horas
  • domingos: 20 horas
  • os horários devem ser obedecidos também pelas vendas feitas por ‘drive-thru’ e ‘delivery’
  • exceções: postos de combustíveis (*), distribuidores de gás, farmácias, indústrias, hotelaria e serviços hospitalares
  • postos de combustíveis (*) que têm lojas de conveniência: devem fechar o departamento nos respectivos horários. Após, somente comercialização de combustíveis.

Segundo a Prefeitura, NÃO haverá TOLERÂNCIA e o estabelecimento que exceder a esses horários e for notificado pelo descumprimento das normas será LACRADO por 30 dias.

Estabelecimentos comerciais terão novos horários de fechamento: de segunda a sábado: 22 horas e aos domingos: 20 horas. Medida vale também para vendas feitas por ‘drive-thru e delivery’ (Crédito: Adrienn)

Comportamento

Nos últimos dias, trespontanos preocupados com a aceleração de casos de Covid-19 no município manifestaram, sobretudo pelas redes sociais, a indignação quanto ao comportamento de pessoas que, indiferentes à letalidade da Covid-19, desrespeitam orientações simples de prevenção, por exemplo, o uso de máscara em espaços públicos. Muitas reclamações e pedidos de providência foram direcionados à Prefeitura também em relação às aglomerações registradas em vários pontos da cidade: Avenida Oswaldo Cruz e Parque Vale do Sol – dentre outros, além do famoso “lual” e festas particulares que “se auto denunciaram” pelo volume estridente das músicas e vozes dos participantes.

Então, o novo Decreto toma medidas mais sólidas quanto ao comportamento de risco, proibindo consumo de bebidas em espaços públicos e em determinados setores comerciais e ainda festas particulares com aglomeração – inclusive na região rural. Veja as determinações:

  • bebidas alcóolicas não podem ser consumidas em espaços públicos, em estacionamentos de distribuidoras, conveniências, supermercados, mercados, mercearias e postos de combustíveis
  • ficam proibidas festas particulares em residências particulares, chácaras e qualquer outra atividade que envolva aglomeração de pessoas
  • fica vedada a aglomeração de pessoas em praças e vias públicas

Uso de máscara

  • fica proibida a circulação em vias públicas e entrada e permanência em estabelecimentos comerciais sem a utilização de máscara de proteção individual

Esporte

Ainda de acordo como o Decreto, a prática de esporte coletivo nas praças, campos de futebol públicos, quadras de esportes e vias públicas estão proibidos.

As medidas serão válidas, no primeiro momento, até 10 de junho, podendo ser prorrogadas. Agentes da Vigilância Sanitária e Fiscais de Postura estão autorizados a autuar o comércio que descumprir as normas. Interdição e suspensão de alvará de funcionamento estão entre as possíveis penalidades.

Uso obrigatório de máscara em via pública também está entre as determinações (Crédito: Tim Douglas)

Previous post

Prefeitura de Três Pontas e UniBH realizam atendimento especial de crianças cadastradas nas unidades de saúde

Next post

Câmara - Recursos para combate ao Covid e incremento na distribuição de merenda escolar são aprovados