Qualidade de Vida e Saúde para o trespontano

Prefeitura de Três Pontas e UniBH realizam atendimento especial de crianças cadastradas nas unidades de saúde Cooperação inclui encaminhamento gratuito a especialistas

A Prefeitura de Três Pontas e o Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH) caminham para uma parceria que visa favorecer crianças da cidade sul-mineira. Alunos do curso de Medicina – Núcleo de Pediatria – se deslocaram até o município para fazer o atendimento básico às crianças cadastradas nas unidades de Saúde. Supervisionados por um professor responsável, os estudantes deram atenção especial aos pequenos, colocando em prática ações importantes para o acompanhamento do crescimento e do desenvolvimento dessa garotada.

Beneficiar a cidade com o projeto social é um sonho realizado pela doutora Cinthia Chaves, trespontana que integra o corpo docente e é uma das coordenadoras do Núcleo de Pediatria do UniBH. Ela analisa que a cooperação é importante para as partes envolvidas: alunos e comunidade. “É um encontro de pessoas que se necessitam, e agora com a pandemia, mais ainda”, disse.

Débora Helena Ribeiro (especialista em Saúde), Dra. Cinthia Chaves (coordenadora do Núcleo de Pediatria UniBH), Giovania Rabello (secretária municipal adjunta de Saúde), Teresa Cristina Rabello Correa (secretária municipal de Saúde), prefeito Marcelo Chaves e Dra. Christiane Rocha (coordenadora do Núcleo de Pediatria UniBH)

Em recente visita à cidade, a também coordenadora do Núcleo de Pediatria do UniBH, doutora Christiane Rocha, esclareceu que o trabalho de Puericultura tem sido prejudicado pela pandemia Covid-19, já que a recomendação geral é para que as famílias só procurem pelas unidades de Saúde em casos de “muita necessidade”. Assim, controles de peso, de altura e a coleta de dados, tais como, alimentação, vacinas em atraso, reação a estímulos estão sendo adiados, o que pode comprometer a saúde das crianças e o diagnóstico precoce de doenças. “A gente espera que este início de parceria cresça e se torne algo maior e sempre melhor”, registrou.

Durante o atendimento, conforme completa doutora Cinthia, quando os graduandos em Medicina se deparam com casos que exigem assistência especializada são agendadas para essas crianças consultas gratuitas com  professores do UniBH. No Núcleo de Pediatria estão disponíveis profissionais de diversas áreas da saúde infantil, dentre elas, Neurologia, Pneumologia, Nefrologia, Endocrinologia e Cardiologia pediátricas. Aliás, durante a triagem no município, no sábado (22), percebeu-se que duas crianças trespontanas precisam da consulta com especialistas e elas já serão encaminhadas.

Na visão do UniBH, o tempo dedicado pelos alunos à atividade assistencial na atenção básica à saúde com atendimento à comunidade conecta o conhecimento técnico à formação humanizada, criando “um vínculo dos graduandos com a realidade da saúde das cidades e, por consequência, do cotidiano da comunidade que futuramente irão atender”.

Três Pontas deverá ser a primeira cidade de Minas a receber o Projeto “Telesaúde” do UniBH

Ainda de acordo com as coordenadoras, doutoras Cinthia Chaves e Christiane Rocha, o UniBH está implantando o Telesaúde, e Três Pontas poderá ser a primeira cidade de Minas a receber o projeto inovador. A ideia é que os professores especialistas continuem acompanhando, porém de forma remota, as crianças que passarem pelas consultas com eles no Núcleo de Pediatria em Belo Horizonte.

Ao receber as coordenadoras e os graduandos em Medicina, o prefeito Marcelo Chaves Garcia (PSD) manifestou gratidão pela disponibilização do programa para Três Pontas. O chefe do Poder Executivo Municipal acredita que a ação conjunta é um avanço para a atenção básica da saúde infantil e um privilégio para Três Pontas. Entusiasmado, Marcelo Chaves comentou que a união da teoria, prática, demanda e atendimento de excelência resultará em qualidade de vida para as crianças do município e um pouco mais de tranquilidade para as respectivas famílias. 

Triagem foi realizada por graduandos em Medicina sob supervisão profissional do UniBH; um avanço para a saúde infantil na avaliação do prefeito de TP Marcelo Chaves

(Créditos: Ascom PMTP)

 

Previous post

Mãe do Ano – Homenagem é prestada pelo Rotary Club Três Pontas e pela Câmara Municipal

Next post

Novas medidas para conter a Covid-19 entram em vigor em Três Pontas