OutrosQualidade de Vida e Saúde para o trespontano

Coronavírus – Voluntárias criam PRATELEIRAS SOLIDÁRIAS em Três Pontas para ajudar carentes neste momento de pandemia

O povo de Três Pontas tem características marcantes: é uma gente diferenciada na fé e na caridade. E, bastou um simples convite para que a comunidade abraçasse mais uma causa em favor do próximo. Assim, estão chegando às “prateleiras solidárias” produtos alimentícios: arroz, feijão, macarrão, ovo, leite, óleo, bolacha, frutas e legumes entre vários outros itens, inclusive também de higiene.

Sim, Três Pontas está entre os municípios que aderiram à Campanha “Conexão Solidária”. Lançada pela EPTV, a ideia é criar uma rede de auxílio neste momento em que o combate ao novo Coronavírus tem gerado dificuldades financeiras para dezenas de pessoas. “Doe o que pode, pegue o que precisa!” é o slogan do movimento.

No município, a ação foi implantada pela diretora escolar Andreia Silva e pela professora Tamara Duarte. As prateleiras solidárias estão distribuídas em seis pontos estratégicos (veja os locais abaixo) e o número de doadores e receptores sinaliza crescimento. “Está dando certo graças a Deus e à generosidade dos nossos conterrâneos”, registra a voluntária Andreia.

Ela e a amiga Tamara explicam que, embora a cidade não tenha casos confirmados da Covid-19, o distanciamento social e a suspensão de atividades comerciais e industriais já afetam a economia, recaindo sobre significante parcela da sociedade. Unidas, as trespontanas batalham para assegurar o mínimo de conforto a quem mais necessita de ajuda: moradores de rua, desempregados, por exemplo. “Atravessamos uma fase difícil, de incertezas, mas não podemos pensar só na gente, temos que nos preocupar com os outros, espalhar o amor e fazer ainda mais o bem”, ensinam – convocando à participação.

As voluntárias dizem que esperam despertar até mesmo nas pessoas que estão sendo beneficiadas, o respeito e o compromisso com o próximo, enfim, sensibilizar esses cidadãos para a importância do “uso consciente e responsável” das doações feitas com muito carinho pela comunidade.

Elos

No primeiro momento, as voluntárias abasteceram as prateleiras solidárias e, a partir daí, as doações começaram a chegar. Ainda assim, Andreia e Tamara seguem compartilhando o que têm em casa e se envolvendo em ações de desdobramento da iniciativa. Elas buscam os donativos nas residências de quem não sai às ruas e nesta terça-feira (14) vão percorrer partes da cidade, participando da “campanha do quilo” juntamente com a farmacêutica Maria Flávia Menegatto. A  arrecadação será destinada, gradativamente, ao reabastecimento das prateleiras.

“Agradecemos a todos que estão nos ajudando, a todos que aderirem à ideia que está fluindo. Se em cada cidade, se cada um de nós fizermos um pouco – com união – poderemos diminuir o sofrimento de muita gente”, encerra – motivando, Andreia Silva. 

Veja onde estão as prateleiras solidárias em Três Pontas
“Doe o que pode, pegue o que precisa!”

  • Avenida Oswaldo Cruz, 1170, Centro.
  • Rua Frederico Meinberg, 694, Bairro Catumbi.
  • Rua Curitiba, 337, Bairro Padre Vitor.
  • Avenida Caio de Brito – em frente à “World Bike”.
  • Pet Shop “Pet e Repet”- Avenida Brasil, Bairro Catumbi.

Notícia anterior

Páscoa - Veja a programação das paróquias de TP para este Domingo da Ressurreição

Próxima notícia

Cocatrel doa cafés a hospitais em homenagem aos profissionais da saúde da linha de frente contra o Coronavírus