Outros

EXPOCAFÉ: Clube da Casa Nova Era seleciona ferramentas para facilitar o trabalho no campo

Até às 18 horas desta sexta-feira (10), os portões estarão abertos no terceiro dia de visitas à 19ª edição da Expocafé. O evento acontece na Fazenda Experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), localizada a cinco quilômetros do centro urbano de Três Pontas pela Rodovia MG-167, sentido Santana da Vargem. A entrada é de graça, mas é preciso pagar o estacionamento que custa R$ 20. O valor será destinado à Apae do Município.

Expocafé Geral 2

Conforme anunciou o Presidente da Epamig, Rui da Silva Verneque, durante a abertura oficial na quarta-feira (8), a Expocafé espera gerar R$ 200 milhões em negócios fechados e prospectados. O crescimento é de 8% em relação à edição passada. Neste ano, participam 155 expositores, que estão distribuídos em 210 estandes.

Uma das empresas trespontanas presentes no “maior evento nacional do agronegócio café” é de casa, aliás, tem a referência até no nome: Clube da Casa Nova Era. O estande oferece cerca de 2.000 itens, oriundos de quatro segmentos destaque: solda profissional, industrial e complementos; ferramentas elétricas; ferramentas à gasolina/combustão e ferramentas manuais. Roçadeiras, motosserras, geradores, cortadores de grama, lixadeiras, retificadores, compressores, aparadores são exemplos de produtos escolhidos para a Expocafé 2016. Considerado um dos mais modernos e completos showroons da região, o Clube da Casa Nova Era coloca também à disposição dos visitantes um pouco da linha de utensílios para o lar e decoração.

De acordo com o Diretor Comercial, Sávio Martins, a empresa prestigia o evento desde 2011. O empreendedor considera a Expocafé importante meio de divulgação da marca e de produtos. Ele explica que demonstrações práticas apresentam a utilidade de máquinas e equipamentos ao produtor e para o trabalhador rural e que, além da comercialização in loco, os contatos são o primeiro passo para a concretização de negócios futuros.

Sobre os itens que atraem principalmente as mulheres, por exemplo cestos de vime para pães, descansos para panelas e pratos quentes, almofadas, cumbucas de barro ou louça colorida – ideais para caldos que casam muito bem com esse friozinho – os homens são os que mais compram. “Eles ganham o passaporte, o alvará para passarem o dia todo visitando a Expocafé e retribuem com presentes”, brinca. Sério é que o estande atende ao público e nele a presença e os atrativos para a ala feminina são também garantidos.

No estande do Clube da Casa Nova Era existem ainda curiosidades, tais como a criação de peixes em caixas d’água, mais uma opção para o homem do campo.

Todos que vão até o espaço são cadastrados. A coleta de dados mostra que a grande maioria é de fora. Para o Diretor Comercial, os trespontanos ainda não atentaram para a importância da Expocafé, evento que – analisa Sávio Martins – gera empregos e receitas para o Município. “Mesmo quem não produz ou trabalha com o café deve prestigiar porque a Expocafé de alguma forma traz benefícios para a nossa Cidade”, complementa.

Pelas estimativas dos organizadores, mais de 20 mil pessoas visitarão a 19ª edição do evento. Além das novidades em maquinário e insumos, a Expocafé divulga tecnologias, indicadas pela pesquisa, voltadas às diferentes etapas o processo produtivo, que auxiliam na obtenção de cafés com bebida de qualidade.

Expocafé 2016 Clube da Casa Nova Era 12 (Copy)

 (Fotos: Paulo Prado)

Notícia anterior

“Covardia: Nova música de Will Jay versa sobre incêndio na Escola Estadual”

Próxima notícia

Sine Anuncia Que Há Vagas De Emprego Em Três Pontas