Educação, Cultura e Lazer em Três PontasOutros

Fenac vai selecionar 100 músicas para as etapas classificatórias

Músicos de todo o País já preparam suas composições para o 47º Festival Nacional da Canção. As inscrições vão até o dia 5 de junho e podem ser feitas pelo site do Fenac (festivalnacionaldacancao.com.br).

Dani Black venceu como “Melhor Intérprete” do Fenac 2000 e já voltou ao Festival em várias outras edições

O evento é considerado o maior e mais tradicional  do gênero no Brasil. Durante 47 anos, o Fenac recebeu milhares de artistas que, normalmente, mostravam algo em comum: o talento. É o caso de Dani Black, filho de Tetê Espíndola, que venceu como Melhor Intérprete no ano de 2000 com a canção “Beije-Me”. Ele lembra que participou do Fenac quando ainda era chamado Festival de Boa Esperança. “Foi muito importante pra mim porque foi um momento de entender como funcionava a minha canção no palco e para os outros. Então, acho que o Festival funciona muito como isso, um lugar onde você pode se colocar em movimento. E essa coisa de conhecer outras pessoas, conhecer outros músicos…”, conta Dani Black.

O artista retornou várias vezes ao palco do Fenac com outros intérpretes. A sua música  “Because Ouse”, interpretada por Duda Brack, venceu o Festival em 2013: “eu ganhei como compositor através de outras vozes. Uma outra pessoa defender a sua canção é você estar presente de alguma forma como compositor. É muito mágico. A música é maior do que a presença física e geográfica. Eu fiquei super lisonjeado”, conclui Dani.

Dani Black foi criado no meio de músicos de inconfundível talento o que,  com certeza, facilitou a sua trajetória rumo ao sucesso. Hoje, aos 27 anos, ele “está maior do que era antes e melhor do que era ontem”, como diz a letra da música “Maior”, seu recente sucesso interpretado junto com Milton Nascimento. “Poder dividir uma música, cantar junto com o monstro sagrado da música popular brasileira que é Milton é uma coisa sublime. Acho que não tem nem mais o que dizer. É um presente da vida”, diz.

Ao todo, 100 músicas serão selecionadas para as etapas classificatórias do 47° Fenac. O Festival pega estrada no final de julho. A primeira cidade a receber o evento é São Lourenço, nos dias 28 e 29. Em seguida, o Fenac vai para Extrema (4 e 5/8), São Thomé das Letras (11 e 12/8), Três Pontas (25 e 26/8) e Guapé (1 e 2/9). As semifinais e a grande final acontecem no berço do Festival, Boa Esperança, nos dias 7,8 e 9 de setembro. Este ano o Fenac vai distribuir R$ 200 mil em prêmios.

Abaixo, a música “Maior” de Dani Black, interpretada ao lado do trespontano Milton Nascimento

(Fonte: Ascom Fenac)

Notícia anterior

Três Pontas e Santana da Vargem convocam seus eleitores para o cadastramento biométrico

Próxima notícia

Rainha Expocafé 2017 tem raíz catarinense