Política em Três Pontas

Governador de Minas visita Três Pontas e assina contrato para construção da 3ª faixa da MG-167. Obra contará com recursos viabilizados pelos deputados Diego Andrade e Caixa

Arlene Brito / Fotos: Hecio Rafael 

Segundo semestre de 2020 é a previsão para início da construção da terceira faixa da Rodovia MG-167, no trecho que liga Três Pontas a Varginha. O projeto está pronto e deverá passar pela análise da Caixa Econômica Federal (CEF). Se houver necessidade, serão feitos os devidos ajustes para que a obra saia do papel ainda este ano, atendendo a uma necessidade real dos dois municípios e de outras cidades do Sul de Minas que utilizam a via que dá acesso a importantes caminhos, tais como a Fernão Dias.

Serão aproximadamente 9 quilômetros com a terceira faixa e acostamento por todo este seguimento. A obra, orçada em R$ 14 milhões, faz parte do Programa “Abrace uma rodovia mineira”, criado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade no final de 2020, e que tem por objetivo atrair investimentos por meio de emendas parlamentares para ampliar a manutenção da malha viária de Minas. Os recursos financeiros estão garantidos. Mais de R$ 9,5 milhões foram conseguidos pelo deputado federal Diego Andrade (PSD). Outros R$ 1 milhão, são conquista do deputado estadual, Mário Henrique “Caixa” (PV). O restante, será completado pelo Governo de Minas.

Contrato de Repasse de Recursos foi assinado pelo deputado federal Diego Andrade, governador de Minas Romeu Zema e pelo deputado estadual Mário Henrique Caixa. Ato foi acompanhado de perto pelo secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato

O Contrato de Repasse dos primeiros recursos – celebrado entre o Ministério do Desenvolvimento Regional, representado pela CEF, e Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade – foi assinado na manhã desta segunda-feira (11). Participaram do ato, o governador de Minas, Romeu Zema (Novo) e os deputados Diego Andrade e Mário Henrique “Caixa”, com acompanhamento do secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato.

Abrindo os discursos, Marcato explicou que o Programa “Abrace uma rodovia mineira” oferece aos deputados estaduais e federais um conjunto de projetos tecnicamente priorizados pelo DER para que as emendas possam ser destinadas, alinhando o diálogo entre os parlamentares e o Governo do Estado e, de certa forma, aliviando para a Pasta que, segundo o secretário, sofre com a delicada situação financeira do estado, já que as obras de infraestrutura são sempre caras, demandando grande volume de recursos. Para ilustrar, mencionou que em 2014, o orçamento para manutenção das rodovias era de R$ 600 milhões, hoje aproximadamente R$ 200 milhões. “O dinheiro é pouco, mas com parceria conseguimos transformar um em cinco”, comemorou. 

O secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato, analisa que a obra além de oferecer mais segurança aos usuários da Rodovia, trará economia para os municípios de TP e Varginha

O secretário contabilizou ainda que em 2019, aconteceram 104 acidentes entre Três Pontas e Varginha, com 41 vítimas. “Além das perdas irreparáveis, os acidentes geram custos para as prefeituras. Nossa estimativa é que em média R$ 4 milhões são gastos a cada acidente – hospital, Samu, enfim todo o aparato que precisa ser movimentado em função de um acidente como esses. A gente abraça a rodovia para que a rodovia possa abraçar os usuários”.

Se recuperando da Covid-19, o prefeito Marcelo Chaves Garcia (PSD) se fez presente por meio de áudio. Ele destacou o empenho dos deputados majoritários em Três Pontas que resultou nas emendas que destinam os recursos para a obra. O prefeito colocou fé de que o governador terminará a construção “importantíssima” em curto espaço de tempo. Também o vice-prefeito de Três Pontas, Luis Carlos da Silva (Luisinho/PP) e o prefeito de Varginha, Vérdi Lúcio Melo (Avante) fizeram agradecimentos, citando que a principal meta é preservar a vida de quem trafega pela Rodovia.

Deputado estadual Mário Henrique Caixa defende união de esforços para o bem de Três Pontas e região 

“Estou muito feliz em atender a um pedido especial do meu pai que é motorista profissional, seu Mário da Autoescola, e também de todos os trespontanos, de todos os trabalhadores que se deslocam diariamente de Três Pontas para Varginha e vice-versa”, começou o deputado estadual Mário Henrique “Caixa” para, em seguida, lembrar que toda a produção de Três Pontas e de outras cidades da região passam pela MG-167 para chegar ao Porto Seco de Varginha e à BR-381.

O deputado, que empenhou R$ 1 milhão junto ao DER-MG , opinou que a união de esforços é importante e que deve ser assim para o bem da cidade. “Podem continuar contando com o deputado Caixa, podem continuar contando com  o deputado Diego Andrade que traz, com essa emenda, com esse movimento – todo o seu carinho, toda atenção que tem com a nossa cidade”, registrou. 

Deputado estadual Mário Henrique Caixa ( ao centro) destinou R$ 1 milhão para a terceira faixa da MG 167 – Três Pontas/Varginha

Diego Andrade revela que primeira vitória foi alteração de LDO, em Brasília

Coordenador da bancada mineira e líder do PSD na Câmara Federal, o deputado Diego Andrade contou que nos últimos governos, em Brasília, era proibido pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) colocar recurso federal em estrada estadual. Mudar a questão legal foi um desafio abraçado pelo deputado que, destacou, contou com apoios especiais do coordenador da bancada no Nordeste, deputado Júlio César e do senador Marcelo Castro. “Conseguimos a primeira vitória que era a possibilidade de colocar recursos federais em estradas estaduais. Partimos, em seguida, para viabilizar o dinheiro”. Os mais de R$ 9,5 milhões foram conquistados junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional. 

Deputado federal Diego Andrade conta que conseguiu alterar Lei em Brasília para ajudar Governo de Minas na manutenção das estradas estaduais

Diego Andrade destacou ainda que vários governos anunciaram a terceira faixa entre Três Pontas e Varginha e que o atual fez diferente: anuncia a obra com recursos já empenhados. “Tenha certeza, governador, que este convênio que a gente assina aqui hoje é um sonho para a nossa região”, afirmou para, imediatamente, pedir ação. “Este é o primeiro projeto do Programa ‘Abrace uma rodovia mineira’, então, vamos agilizar a burocracia para que essa obra comece no início do segundo semestre”.

Para Zema, parcerias viabilizam sonhos antigos 

Fechando os discursos na Câmara Municipal de Três Pontas, Romeu Zema – que fez sua primeira visita à cidade como governador de Minas – lembrou que não firmou compromissos em sua campanha eleitoral porque sabia que iria assumir um estado com dívidas quase que impagáveis, mencionando cerca de R$ 7,2 bilhões em débitos herdados somente para prefeituras. “Com disciplina, seriedade, criatividade, com ajuda de outros entes – como as emendas dos parlamentares, a situação de Minas já não é tão grave como era há dois anos e a gente consegue viabilizar alguns sonhos antigos como o da terceira faixa da MG-167”. Assim, Romeu Zema agradeceu aos deputados Diego Andrade e Caixa pela parceria.

Romeu Zema diz que parcerias são fundamentais em um Governo sério e criativo

Também participaram do evento, o deputado estadual Antônio Carlos Arantes, do PSDB (1º vice-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais – ALMG), o secretário de Estado Adjunto de Saúde, Marcelo Cabral; o secretário de Estado Adjunto de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio; o diretor Geral do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem (DER-MG), Fabrício Torres Sampaio e o prefeito de Boa Esperança, Hideraldo Henrique Silva (MDB). De Três Pontas compareceram o presidente da Câmara, Maycon Douglas Vitor Machado, vários vereadores e outras lideranças, dentre elas, o presidente da Associação Comercial e Agroindustrial Bruno Dixini Carvalho, o presidente da Cocatrel, Marco Valério Araújo Brito e o provedor da Santa Casa, Michel Renan Simão Castro.

Na primeira foto acima, a mesa principal da cerimônia. Em seguida, Michel Renan e Mário Henrique Caixa e na próxima, Marco Valério Brito e o governador Zema 

Previous post

Coronavírus provoca a morte de mais duas pessoas em Três Pontas

Next post

Empresa de Três Pontas oferece curso gratuito de costura