Aqui Notícias de Três Pontas e regiãoOutros

Morre em Alfenas o sertanejo Amaraí da consagrada dupla com Belmonte

Arlene Brito

O Brasil perdeu neste sábado (21) um dos maiores intérpretes da música sertaneja de raiz. O cantor Amaraí, que fez dupla com Belmonte, sofreu um infarto e morreu em Alfenas, cidade do Sul de Minas.

Domingos Amaraí Sabino da Cunha tinha 77 anos e é autor do clássico “Saudade de Minha Terra”, música lançada em 1966 e regravada por mais de 160 cantores, tais como Chitãozinho e Xororó, Milionário e José Rico, Sérgio Reis e Michel Teló.

Belmonte e Amaraí

“Saudade de Minha Terra” é apenas o primeiro sucesso de Amaraí, que eternizou várias canções, tais como “Mercedita”, “Pombinha Mensageira”, “A Fronha”, “Desde que Te Vi e Morrendo de Amor”, “Entre Lágrimas”, “Lágrimas da Alma”, “Desventura”, “Te Amarei Toda Vida”, “Capricho do Destino” e “Saudade de Goiás”.

Ao longo da carreira, Belmonte e Amaraí gravaram juntos seis LPs originais, 12 músicas em cada um. Juntos venderam mais de 2 milhões de cópias; são mais de 20 sucessos conhecidos por todo Brasil. A dupla gravou em espanhol muitas versões de canções latinas que fizeram sucesso no mundo inteiro, principalmente boleros famosos imortais como “Solamente Una Vez” e “Na Fronteira do México”. 

Em 1972, antes mesmo de ouvir seu sexto LP, Belmonte morreu em um trágico acidente de carro. Amaraí paralisou a carreira por determinado tempo e, depois, firmou várias parcerias, sendo uma delas com Tibagi (da dupla Tibagi e Miltinho), por dois anos, gravando dois LPs. Também fez carreira solo. Foram mais de 40 LPs que alcançaram ótimas vendagens. No final de 2001, passou a trabalhar ao lado do filho caçula, Francis, com quem acumulou a gravação de seis volumes e um DVD Acústico. A dupla adotou o nome de Amaraí e Francis Junior e, posteriormente, Belmonte e Amaraí como forma de homenagear o saudoso Paschoal Todarelli.

Dupla sertaneja Alfenas Belmonte Amaraí

Francis com o pai Amaraí

O precursor da música sertaneja de raiz  deixa esposa e quatro filhos: Sued, Simone, Domingos Sabino da Cunha Júnior e Francis Douglas.

O sepultamento de Amaraí acontecerá em Alfenas, às 17 horas deste domingo (22). 

Viúva de Amaraí se envolve em acidente no trevo de Fama

Por volta das 19 horas de ontem (21), o Corpo de Bombeiros de Alfenas foi acionado através do 193 para atendimento de um acidente envolvendo dois veículos na Rodovia BR-491, trevo de acesso à cidade de Fama. Deslocaram-se para o acidente duas viaturas, com empenho de cinco bombeiros militares.

No local, foi verificado que houve uma colisão lateral entre os veículos. Dos envolvidos no acidente, apenas uma mulher, que viajava junto com seu marido e seu filho, necessitou ser atendida, estando com ferimentos leves e sendo encaminhada para o Hospital Alzira Velano. A condutora do outro veículo era a viúva do cantor sertanejo Amaraí. Ela viajava sozinha e nada sofreu. Segundo os militares, estava muito nervosa devido à perda do marido.

(Fontes: Márcio Messias – colunista Jornal Opção/Boamusicaricardinho/CBMMG-Alfenas/Foto inicial: Minas em Foco)

Notícia anterior

Morre homem que matou esposa a facadas em Três Pontas

Próxima notícia

Campanha de vacinação contra o sarampo e poliomielite começa no próximo dia 6 em TP