OutrosTopo

Paróquia Cristo Redentor de Três Pontas celebra 10 anos de atuação de Padre Rogério e se prepara para receber o novo Administrador

Neste próximo domingo, dia 20, os católicos – principalmente aqueles que são atendidos pela Paróquia Cristo Redentor – são esperados para uma Missa em Ação de Graças. O momento será de reconhecer em orações conjuntas os 10 anos de trabalho pastoral do padre Rogério Augusto da Silva, em Três Pontas. A celebração será no Caic, às 19 horas.

Nas terras da Capital Mundial do Café, o primeiro grande desafio encarado por padre Rogério, talvez o maior deles, foi criar a identidade da Paróquia Cristo Redentor, que havia sido fundada a apenas um ano quando ele aportou por aqui e que vinha sendo gerenciada por padre Décio. Com determinação, o novo líder conseguiu despertar nos paroquianos o amor por aquele território, o sentimento de pertencimento e conquistou o carinho, o respeito, a admiração de um povo que recebeu dele os cuidados pastorais. Tomou atitudes que demonstraram zelo, preocupação, sentimento de responsabilidade e de afetividade para com o outro.

Na década de atuação no município (janeiro de 2009 a janeiro de 2019), padre Rogério – o primeiro pároco da “Cristo Redentor”, realizou importantes obras, destacando-se a fundação do Projeto Arte Cotidiana. Pouco depois de chegar à Paróquia, ele percebeu a necessidade de maior atenção às crianças e adolescentes que residem em uma região carente da cidade, composta pelos bairros São Judas Tadeu, Santa Maria, Santa Mônica, Aristides Vieira, Antônio de Brito, Jardim das Esmeraldas e Morada Nova. Então, deu início ao trabalho socioeducativo que atualmente atende a 280 menores. A garotada participa de aulas de violão, batuque, canto, dança, jiu-jitsu, futebol e vôlei. Também é atendida por fisioterapeuta e psicóloga. Para 2019, a novidade será Pilates e a meta, já abraçada com carinho, é conseguir professores voluntários nas disciplinas de Matemática, Português, Redação, Humanas, Química e Física para reforçar o aprendizado escolar.


Sintonize mais relembrando: Mães, Projeto Arte Cotidiana Surpreende Com Homenagens


“Quando o Arte Cotidiana começou, há oito anos, essas crianças tinham dificuldade de socialização, algumas não se amavam, não se aceitavam porque eram desvalorizadas, não tinham sequer o direito de sonhar porque ali na região as chances que elas têm são muito pequenas. Hoje vemos 60% delas se amando mais, se aceitando mais. Vemos crianças e adolescentes com muito mais vontade de cursar uma faculdade, de conquistar um trabalho descente. O Projeto Arte Cotidiana aproximou essas meninas e meninos de Deus e colocou no coração deles que eles são capazes como qualquer outra criança de outros bairros da nossa e de qualquer outra cidade. Percebemos os pais muito agradecidos com o trabalho do Projeto e relatando mudanças dos participantes dentro e fora de casa. É gratificante”, detalha a coordenadora Claudineia Alves da Silva Cândido.

Ainda entre as ações lideradas por padre Rogério estão a reforma completa da Igreja Nossa Senhora das Graças no Bairro Catumbi, a construção do Centro Catequético na comunidade São Cristóvão, a conquista de dois terrenos (um em doação e outro sendo quitado) para a construção de uma nova comunidade ao lado do Bairro Santa Tereza II.

Particularidade de padre Rogério é ser um apaixonado pelo esporte. Então, pelo povo trespontano, será lembrado ainda por duas iniciativas neste segmento: a “Trilha das Virtudes”, um passeio ciclístico realizado por quatro anos consecutivos (2015, 2016, 2017, 2018) e a “Trolada das Virtudes”, concretizada em 2017 (em parceria com a Paróquia Nossa Senhora d’Ajuda, com total apoio do pároco Ednaldo Barbosa) e em 2018 com apoio das secretarias municipais de Cultura, Lazer e Turismo e de Esportes. 

Estes dois acontecimentos já foram introduzidos na programação festivo-religiosa do Aniversário de Morte de Padre Victor, comemorado em setembro e têm entre os propósitos refletir sobre a vida de santidade e exemplos deixados pelo Beato, promover o encontro dos trespontanos com a natureza e despertar a consciência ambiental, propagar a solidariedade, estimular a prática de exercícios físicos e divertir. A expectativa é que esportistas trespontanos sequenciem os eventos.

Ao longo do tempo, padre Rogério teve seu trabalho, o cumprimento de missões – tantas inovadoras, reconhecidos publicamente. Foi homenageado, por exemplo, pelos organizadores do Futebol Solidário de Inverno, Edilson Vitor da Silva (Dimel) e sargento Maxuel (2017); pela Secretaria Municipal de Esportes durante a abertura da 27ª Copa Futsal do Trabalhador (2018) e recebeu o Título de Cidadania Honorária entregue pela Câmara Municipal em 2012 por iniciativa do então vereador José Henrique Portugal. Por duas vezes, recebeu Moção de Aplausos do Município relacionadas ao evento “Trolada” e aos trabalhos de sacerdote. 

Acolhendo o novo Pároco

Após dez anos de ações junto aos trespontanos, padre Rogério assumirá a Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, em Três Corações. O sucessor, padre José Rodrigo Pereira, acolherá os trabalhos como Administrador Paroquial “da Cristo Redentor” na segunda-feira (21), porém, a Missa de Posse está agendada para a quinta-feira, 24 de janeiro, às 19h30min, na Igreja Nossa Senhora das Graças. 

 

Notícia anterior

Nota de Falecimento: Elina Miranda Oliveira

Próxima notícia

Duas drogarias fazem plantão em Três Pontas. Veja quais são elas