Outros

Primavera deste ano será marcada por fortes chuvas e queda de temperatura Estação das flores vai até dezembro

A primavera, período de transição entre as estações seca e chuvosa, começou neste último sábado (22), às 22h54min. Apesar de florida, a época é conhecida pela volta das tempestades e, para este ano, são esperadas chuvas significativas em algumas regiões do estado. A estação termina dia 21 de dezembro, às 19h23min, período em que já estará vigorando o horário de verão.

Chuva granizo cafezal Sul de Minas

Recentemente, chuva de granizo atingiu cidades e lavouras do Sul de Minas (Foto: redes sociais)

“A expectativa para Minas é de chuva já na primeira semana de outubro, sendo que as frentes frias que passarem até lá deverão caracterizar-se mais pela ocorrência de rajadas de vento de intensidade moderada a forte, do que pelo volume d’água”, aponta Arthur de Paiva Neto, meteorologista da Cemig.

Segundo o especialista, as tempestades, causadas principalmente pelas frentes frias, podem vir acompanhadas de granizo e chuva rápida e intensa, além de rajadas de vento. “Nessa estação, há um aumento gradativo dos níveis de umidade relativa do ar e também das temperaturas, o que acaba contribuindo para as pancadas que ocorrem com frequência no final de tarde e noite”, comenta Arthur.

Previsão

Embora seja esperado um volume significativo de chuva em algumas regiões, com predominância entre os meses de outubro e novembro, em outras, a quantidade fica abaixo da média histórica. 

“Em outubro, irão predominar as chuvas em forma de pancadas intensas e rápidas, acima do normal no Sul, Zona da Mata e Leste, enquanto que no Centro ficarão próximo da média. Nas demais regiões, a previsão é que fiquem abaixo do normal”, salienta o meteorologista da Cemig.

Para novembro, a previsão é de chuvas ligeiramente acima da média também no Sul e na Zona da Mata, além do Triângulo Mineiro; nas demais regiões, a média fica abaixo da considerada.                                                                                                               

O último mês da estação, porém, terá um volume d’água maior que o mês anterior, devido à ocorrência de episódios de Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS). Desse modo, as chuvas ficarão acima da média em toda a faixa Leste e Norte, enquanto que na Zona da Mata e no Sul permanecerão dentro da normalidade. Nas demais regiões, as chuvas ficam abaixo da média histórica.

Temperaturas

Outra característica da primavera deste ano é a ocorrência do fenômeno El niño, a partir de novembro, o que pode provocar queda nas temperaturas em algumas regiões. A tendência é de temperaturas abaixo da média no Sul e Zona da Mata, dentro da média na faixa Leste, Centro e Triângulo Mineiro e acima da média nas regiões Norte e Oeste de Minas.

 

Notícia anterior

Wagner Ferreira de Três Pontas é Campeão Mineiro de Maratona

Próxima notícia

Dia das Crianças - Que tal comprar brinquedos Estrela a preços de fábrica e ainda ajudar a Apae de Três Pontas?