Moda e Beleza de Três Pontas

Rainha Expocafé Girl Coffee International: Lavras aposta que futura veterinária levará o título

Vem do Campo das Vertentes, a terceira candidata ao título de Rainha Expocafé Girl Coffee International 2016, apresentada com exclusividade pelo Sintonize aqui. Lavras – terra do café e do leite, mas também da indústria em franco desenvolvimento – sempre prestigia o Concurso, assinado pela Wofse Produções e que é uma aposta do calendário do turismo de eventos trespontano.

Desta vez, a cidade confia que Ana Luiza Rodrigues levará para casa a coroa e a premiação no valor de R$ 5 mil. Segundo o realizador, Willian Rosa, também serão eleitas 1ª e 2ª Princesas. Cada uma delas receberá R$ 2,5 mil.

O Rainha Expocafé Girl Coffee International movimentará Três Pontas de 2 a 5 de junho, sendo a grande final no dia 4 quando concorrentes e público se encontrarão no Clube Recreativo Serrote, Centro. Os ingressos já estão à venda e têm o simbólico preço de R$ 10.

Conheça, então, a representante de Lavras

Rainha Expocafé Girl Coffee International Candidata Lavras 1Ana Luiza Rodrigues tem 19 anos. Com seus 1,73 de altura, adentrou pelo mundo da moda e beleza. A modelo venceu o concurso Rainha do Rodeio 2015 e abrilhantou um dos eventos mais badalados da região no ano passado.

Estudante de Medicina Veterinária na Universidade Federal de Lavras (Ufla), ela conta que praticar atividades físicas, andar a cavalo, estar junto aos amigos, familiares e curtir a natureza fazem parte das suas predileções.

Sobre o futuro, se vê abraçando grandes causas em defesa dos animais e da qualidade de vida do ser humano, já que a profissão escolhida tem como uma das características o envolvimento com projetos sociais. Ser médica veterinária, explica a lavrense, é visar valores morais e atitudes que amenizam a dor daqueles que não se comunicam com palavras, mas com gestos, sobretudo, de amor e fidelidade.

Rainha Expocafé Girl Coffee International Candidata Lavras 2Participar do Rainha Expocafé Girl Coffee International 2016 é, segundo a candidata, uma grande honra. Isto porque, destaca Ana Luiza, o Concurso valoriza a importância do café e a beleza feminina presente nas mulheres do campo.

A representante de Lavras espera, ao defender o nome de sua terra, mostrar na passarela – e em todos os compromissos na Capital Mundial do Café – simpatia, simplicidade, determinação e inteligência – características pessoais e que ela enxerga também nas guerreiras do agronegócio.

Ana Luiza conta com o apoio de Marfim Turquesa. 

Notícia anterior

Microscópio cirúrgico odontológico: alta tecnologia chega a Três Pontas para tornar tratamento de canal mais rápido e eficaz

Próxima notícia

Festival Nacional da Canção vai distribuir R$ 180 mil em prêmios, além do Troféu Lamartine Babo