Outros

Um festival de incerteza

“A experiência das irrupções do inesperado na história penetrou com dificuldade nas consciências. A chegada do imprevisto era previsível, mas não sua natureza”, escreve o filósofo francês Edgar Morin, em artigo publicado pela editora Gallimard, como parte da série Tracts de crise (Fôlders de Crise),  21-04-2020. A tradução é de Edgard Carvalho e Fagner França.


Edgar Morin

Todas as futurologias do século XX que previam o futuro com base nas correntes que atravessavam o presente fracassaram. Contudo, continuamos a prever 2025 e 2050 mesmo que sejamos incapazes de compreender 2020. A experiência das irrupções do inesperado na história não penetrou nas consciências. A chegada do imprevisível era previsível, mas não sua natureza. Daí minha máxima permanente: “espere pelo inesperado”.

Faço parte dessa minoria que previa catástrofes em cadeia provocadas pelo desdobramento incontrolável da mundialização tecno-econômica, incluindo aquelas que resultam da degradação da biosfera e das sociedades. De forma alguma, porém, previ uma catástrofe viral. Mas ela teve seu profeta: em uma conferência de abril de 2012, Bill Gates anunciou que o perigo imediato para a humanidade não era nuclear, mas sim sanitário. Durante a epidemia de Ebola, que por sorte pôde ser rapidamente controlada, ele viu o prenúncio do perigo mundial de um possível vírus com forte poder de contaminação. Falou sobre as medidas de prevenção necessárias, dentre elas equipamento hospitalar adequado. Mas, a despeito desta advertência pública, nada foi feito nos EUA nem em lugar algum. Isso porque o conforto intelectual e o hábito odeiam mensagens incômodas.

Em muitos países, na França inclusive, a intensa estratégia econômica dos fluxos, ao substituir a da estocagem, deixou nosso dispositivo sanitário desprovido de máscaras, instrumentos de teste e aparelhos respiratórios. Acresça-se a isso a doutrina liberalizante e comercial com relação à saúde, que reduz verbas e contribui para o avanço catastrófico da epidemia.


Notícia anterior

Confira o plantão das farmácias em Três Pontas neste final de semana

Próxima notícia

Coronavírus - TOC recebe manutenção diária para preservação do patrimônio e adota política de desconto nas mensalidades