Esporte em Três Pontas

Criador de camisa especial do Atlético-MG acompanha produção e diz que detalhes serão respeitados Campanha "Manto da Massa" vendeu 100 mil unidades em uma semana; camisa desenhada por Flávio Markiewicz é produzida em fábrica localizada em Três Pontas, no sul de Minas

Por GloboEsporte.com — Belo Horizonte

A campanha “Manto da Massa” teve resultados além das expectativas do Atlético-MG. Em apenas uma semana, a camisa desenhada e escolhida pela torcida registrou 100 mil unidades vendidas. Os milhares de atleticanos que adquiriram o uniforme especial aguardam a produção e a entrega.

O trabalho agora passa a ser da Tecnotêxtil, fábrica localizada em Três Pontas, no sul de Minas, e parceira do Galo e da Le Coq Sportif na produção dos uniformes do clube. Desta vez, o local contou com a presença do responsável direto pelo projeto: Flávio Markiewicz, o torcedor atleticano que teve a camisa escolhida por votação.

Flávio Markiewicz, criador do “Manto da Massa” (Foto: Reprodução/TV Galo)

Flávio foi convidado pelo Atlético e pela Tecnotêxtil para acompanhar de perto a produção do material. Em vídeo divulgado pela TV Galo (veja abaixo), a “mente criativa” por trás do “Manto da Massa” garantiu que os detalhes criados por ele, no projeto, serão, em sua integralidade, refletidos na camisa que chegará aos atleticanos que compraram. A camisa será usada, no mínimo, em um jogo oficial.

– Todos os detalhes mínimos a gente está conseguindo colocar na camisa. Isso pra mim é o mais impressionante. Eu tinha noção, quando ela foi feita, que é uma camisa muito difícil de ser reproduzida. Mas estou vendo que todos os detalhes estão ali. Acho que é isso que a torcida também espera. Eles querem ver aqueles detalhes todos ali, e já estou vendo tudo isso. Cada peça que junta ali eu já estou vendo a criança nascendo, a criança pronta. Estou bem feliz – disse Flávio.

Os torcedores atleticanos que garantiram a camisa foram informados que o prazo de entrega seria de até 75 dias, o que significa que o clube promete entregar todas as 100 mil unidades até o início de setembro.

“Manto da Massa” já em produção (Foto: Reprodução/TV Galo)

De acordo com o Galo, com as 100 mil unidades vendidas, o clube somou R$ 19,3 milhões. Vale lembrar que metade do valor arrecadado com a comercialização do “Manto da Massa” será revertido em ações sociais de combate aos efeitos da pandemia novo coronavírus. O Atlético deve ficar com um valor de 35% a 40% dos R$ 19 milhões, o que dá algo próximo de R$ 7 milhões.

“Spoiler” da parte de trás do uniforme especial do Atlético-MG (Foto: Reprodução/TV Galo)

 

Notícia anterior

Coronavírus avança e Associação Comercial de TP convoca para uma reunião os donos de bares e restaurantes da cidade

Próxima notícia

Coccamig celebra sucesso da Feira Digital