Política em Três Pontas

Fanfarras que desfilarão no aniversário de Três Pontas receberão auxílio financeiro aprovado na Câmara

A sessão de segunda-feira, 3 de junho, começou com um pedido do vereador Erik dos Reis Roberto. Ele solicitou ao presidente Maycon Machado, a retirada do primeiro item da pauta de votação, justamente o Projeto de Lei nº 044, de 14 de maio de 2019, que tem por finalidade abrir crédito especial para a construção da sede do Iprev, em terreno de 834,50 m², localizado em Três Pontas, na Rua Waldemar Nunes Bitencourt. O vereador Erik foi atendido e a proposta retirada da votação. Já as duas proposituras seguintes foram aprovadas por unanimidade.

Projeto de Lei nº 045, de 16 de maio de 2019: a proposição tem por finalidade enriquecer a formação o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Sustentável – Condes de Três Pontas, com a inclusão de mais um membro indicado por cooperativa agropecuária de produtores estabelecida no município.

Projeto de Lei nº 046, de 17 de maio de 2019: permite ao Município a realização de repasse através de auxílio financeiro às fanfarras que demonstraram interesse junto à Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Turismo, visando a realização do desfile de comemoração do aniversário da cidade, no dia 3 de julho de 2019. O valor do auxílio é de R$ 1.500,00 para cada fanfarra.  

Pequeno Expediente

Vereador Erik Roberto: cobrou em Plenário prestação de contas da Associação Comercial de Três Pontas a respeito da contratação de uma pessoa especializada para fazer um estudo/levantamento sobre o Município. Essa contratação se deu, segundo o vereador, através do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Sustentável de Três Pontas e passou por aprovação da Câmara. O vereador pediu que a Associação Comercial responda em 15 dias ou que seja marcada uma reunião com os vereadores e a diretoria da Acai-TP para obter mais informações.

Antônio “do Lázaro”: o vereador manifestou sua alegria pela inclusão de Três Pontas e do Quilombo Nossa Senhora do Rosário no Programa “Comunica mais Minas”, que disponibilizará antenas de telefonia para bairros que ainda não a possuem, incluindo o Quilombo e o bairro Cidade Jardim. As solicitações foram feitas por ele e pelo vereador Luiz Flávio Floriano.

“Coelho do Bar”: o vereador cobrou obras e limpeza em várias ruas da cidade e pediu providências ao Saae quanto a um problema no bairro Meia Pataca. “Coelho” voltou a dizer que o prefeito precisa trabalhar para a população e que a Secretaria de Assistência Social não tem ajudado quem mais precisa. Ele pediu ofício para cobrar mais atenção dos servidores da Assistência para com as pessoas que procuram o local.

Roberto Cardoso: o parlamentar usou a tribuna para falar a respeito de uma Ação Judicial movida contra ele pelo prefeito Marcelo Chaves. “Robertinho” afirma que tem as provas sobre o que disse a respeito de um serviço feito na zona rural em desconformidade com a responsabilidade do serviço público. Contudo, o vereador pediu que seja enviado Requerimento ao prefeito, requerendo cópias de todos os boletins de diárias das máquinas e caminhões da Prefeitura, com informações sobre abastecimento e local, serviço feito, deslocamento e etc., de janeiro de 2017 até agora em 2019.

Luis Carlos da Silva: já o ex-presidente da Casa desabafou na tribuna sobre as pessoas que fazem constantemente denúncias anônimas. “Luizinho” se diz decepcionado, pois – afirmou – se trata de uma pessoa “sem vergonha” que usa o anonimato para se esconder atrás de calúnias. Ao mesmo tempo, o vereador agradeceu às manifestações de carinho que tem recebido pelos amigos, vereadores e destacou que o trabalho como vereador é realizado pensando na população e naquilo que for melhor para a cidade.

Maycon Machado: o presidente da Câmara foi à tribuna e endossou as palavras de Luizinho. Em seguida, parabenizou a Secretaria de Cultura pela realização da Feira Literária e disse estar satisfeito porque segundo o secretário da pasta, Alex Tiso, a ideia de trazer a Feira partiu de um Projeto aprovado e de autoria de Maycon, instituindo a Semana Municipal do Livro. O vereador também cumprimentou os formandos do Polo E-tec de Três Pontas e sua diretora, Cristiane Marchetti, pela formatura na cidade de Muzambinho. Ele também parabenizou a Assembleia de Minas pela realização, em Varginha, da Audiência Pública sobre a Pessoa com Deficiência. A convite de Bruno Máximo, participou do evento acompanhado da vereadora Marlene Lima e do assessor Jurídico da Câmara, Marcelo Braga.

(Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Três Pontas)

Notícia anterior

Ingressos do Forró da PM começam a ser vendidos em Três Pontas

Próxima notícia

Quermesse da Vila Vicentina de Três Pontas será regada à comidas e bebidas típicas, música, dança e outras atrações