Aqui Notícias de Três Pontas e regiãoEducação, Cultura e Lazer em Três Pontas

Hitler, Faraó e Cristo vencem desafio de estátuas vivas em evento da Escola Coração de Jesus-Objetivo

Arlene Brito

Sem exceção, os trabalhos apresentados na 1ª Feira Cultural do Coração (FECCOR), no dia 24 de junho, encheram de orgulho quem fez, quem coordenou, quem apoiou e quem viu. No entanto, dentre as atividades que englobaram todas as disciplinas aplicadas ao ensino fundamental e ao ensino médio, duas demandaram um pouco mais de envolvimento da comunidade. A eleição dos Melhores Clipes, proposta do professor de Educação Física, Helbert Gama e da Melhor Estátua Viva.  

A representação de personalidades que marcaram a história do Brasil e do mundo foi ideia da professora Juliana Lemos. De acordo com a idealizadora, o projeto teve o objetivo educacional de desenvolver o conhecimento histórico, filosófico e artístico.  “Foram realizadas pesquisas das personalidades mais conhecidas e reconhecidas pela humanidade na idade antiga, medieval, moderna e contemporânea. Depois, cada equipe ficou responsável em criar sua estátua”, conta Juliana.

Assim, a praça – no centro da Escola Coração de Jesus-Objetivo – se transformou em um museu com peças humanas vindas do ensino médio. Houve capricho na escolha e na caracterização. Ao todo, 19 figuras atraíram olhares, elogios e disputaram ainda o voto popular e o voto dos professores.

Professora Juliana Lemos e o aluno do 1º ano Ensino Médio, João Pedro, representando Getúlio Vargas

João Pedro Pereira de Vasconcelos, 1º ano, defendeu Getúlio Vargas. “Esse trabalho foi muito interessante porque estimulou a união. Os professores, através de reuniões, decidiram formar grupos e isso estimulou a união dos alunos não só aqui na Escola como lá fora. Também engrandeceu a nossa cultura. Creio que os dois pontos mais fortes da Feira sejam justamente a integração dos estudantes e o estímulo à cultura”, comentou.

O jovem que vestiu-se de Getúlio Vargas revelou que a FECCOR deu um trabalhão danado e reconheceu ainda o empenho dos colegas alunos e professores, direcionando cumprimentos a cada um deles. “Estou aqui desde pequeno, há 15 anos. Aqui é minha segunda casa e eu amo esta Escola”, declarou.

Hitler: idêntico na opinião de populares e professores

Além de Vargas, Juscelino Kubsticheck, Cleópatra, Hitler, Lampião, Mandela, Osama Bin Laden, Rainha Elisabeth, a deusa grega Afrodite, o faraó Tutancamon, Abraham Lincoln, Che Guevara, Pedro Álvares Cabral, Princesa Isabel, Frida Kahlo, Joseph Stalin, Jesus Cristo, Múmias Antigas e Múmias Modernas paralisaram muitos curiosos.

A soma da escolha popular com os votos dos professores (aberto, dado em um grupo de rede social) elegeu o aluno Felipe que se transformou em Hitler (1º colocado), Rafael que interpretou o Faraó (2º lugar) e Pedro Rodrigues que ostentou, inclusive, as chagas de Jesus Cristo (3ª colocação).

“Foi um sucesso. Estou muito feliz em ter coordenado esse projeto que despertou a curiosidade e que levou os alunos à ampliação de seus conhecimentos. Também, pela presença e apoio marcantes dos colegas de trabalho e dos pais. Foi um esforço válido para todos”, finaliza a professora Juliana.

Outros Momentos 

Previous post

Sine Anuncia Que Há Vagas De Emprego Em Três Pontas

Next post

Toucas de bichinhos marcam presença neste inverno