Política em Três Pontas

Política – Primeira sessão ordinária de 2019 da Câmara de Vereadores de Três Pontas é  marcada pela tranquilidade e agilidade

Depois do recesso parlamentar de janeiro, os vereadores da Câmara de Três Pontas retornaram aos trabalhos plenários com força total. Enquanto não havia atividade legislativa interna na Casa, os legisladores aproveitaram para visitar mais bairros e fiscalizar alguns serviços essenciais à população. Vários bairros foram alvos de reclamações durante a primeira sessão ordinária de 2019 e também a iniciação da nova Mesa Diretora da Câmara neste ditame protocolar composta pelo presidente Maycon Machado, vice-presidente Antônio do Lázaro e secretária Marlene Lima.

Mesa Diretora 2019-2020: Antônio “do Lázaro” (vice-presidente), Maycon Machado (presidente) e Marlene Lima (secretária)

A reunião como de praxe começou pela aprovação da Ata das duas sessões extraordinárias realizadas em janeiro e leitura pela secretária da Mesa, vereadora Marlene Lima, das correspondências recebidas e expedidas pelo Legislativo.

Dos três projetos dispostos na pauta de votação, apenas um foi aprovado. Os outros dois foram retirados para melhor avaliação. Os pedidos de “vistas” partiram dos vereadores Roberto Cardoso, no que trata do serviço e concessão de diárias aos servidores do Executivo e o segundo foi retirado pelo vereador Erik Roberto na proposta que regulamenta o Programa “Esporte para Todos”. Já por unanimidade foi aprovado o Projeto de Lei nº173, de 26 de dezembro de 2018 que tem por finalidade atender a requerimento da Secretaria Municipal de Meio Ambiente alterando o art. 3º da Lei Municipal nº 3.612, de 25 de novembro de 2014, ficando o Conselho Gestor Municipal da Área de Proteção Ambiental do perímetro da Serra de Três Pontas composto por 10 (dez) membros, sendo 05 (cinco) representantes do Poder Público e 05 (cinco) membros da sociedade civil comprometidos com a questão ambiental. Igualmente, democratiza ainda mais o Conselho Gestor Municipal em referência, pois além de aumentar o número de membros dos Conselheiros, propõe que a eleição do Presidente e Vice-Presidente será feita pelos próprios membros, ao contrário da lei em vigência que prevê que o Presidente será o Secretário Municipal de Meio Ambiente.

Pequeno expediente: cada vereador tem 5 minutos para explanar

Benício Baldansi: parabenizou a equipe da Secretaria de Esportes,  atletas e moradores do Bairro Morada Nova pela realização da final do Campeonato do Bairro e ainda cumprimentou a todos do Pontalete pela Festa do Mártir São Sebastião e parabenizou o vereador Antônio do Lázaro pelo apoio na organização.

Roberto Cardoso: citou primeiramente a presença do ex-vereador Ary de Brito Dias (Ary Frangos) que acompanhava a reunião na plateia. Pediu ofícios de providências da Prefeitura para algumas ruas de Três Pontas que necessitam de medidas emergenciais, como a Rua Guido Trolez, em que a água da chuva passa e leva terra até a Praça José de Anchieta, causando transtorno aos motoristas, pedestres e moradores. Pediu operação tapa-buracos na Avenida Brasil, Avelino Pires, Mathias Veloso Braga e outras que estão em péssimas condições. Ele pediu ainda serviço de poda da cerca viva do parque da Mina.

Erik Roberto: pediu ofício ao Prefeito solicitando envio de relatório à Câmara, contendo o quantitativo de cargos da Prefeitura, sendo: quantos cargos estão ocupados e desses, quantos são contratados e etc. Falou ainda dos moradores da Avenida Oswaldo Cruz, aqueles que moram no canteiro central da via, afirmando que é preciso fazer uma campanha de conscientização para que a população não dê esmolas e que sejam assistidos mais de perto pela Assistência Social. A volta ao tema se deu em virtude de dois assassinatos neste ano nos mesmos requintes de crueldade e cometidos por moradores de rua.

Sérgio Silva: cumprimentou a nova Mesa Diretora e desejou sucesso não só naquela primeira sessão, mas durante os dois anos de mandato e ressaltou que o sucesso deles é o sucesso de todos os vereadores e servidores. Citou também o ex-vereador Ary de Brito Dias. Sérgio pediu ofício ao prefeito com relação às empresas que foram beneficiadas pelo município desde ano de 2009 até agora, trazendo informações se elas estão cumprindo com o número de empregos estabelecidos, faturamento e ramo de atividades. Sérgio também trouxe ao plenário um tema polêmico que tem sido alvo de reclames de moradores. Acontece que o ônibus que faz a linha Três Pontas/Pontalete, passando pelo Quilombo Nossa Senhora do Rosário, não tem ido com frequência. Segundo informações, alguns carros particulares estão recolhendo passageiros nos pontos e diminuindo o número de usuários da linha. Sérgio pediu ofício ao Prefeito para que apure os fatos e tome providências antes que a população destas regiões perca o seu meio de transporte diário para estas localidades.

Coelho do Bar: disse na tribuna que no recesso não interrompeu as atividades de visitas aos órgãos públicos municipais. Esteve na Policlínica e parabenizou a secretária de Saúde pelo bom trabalho que os servidores fazem lá, atendendo a população e mantendo o local muito limpo. Esteve também no Centro de Pediatria no Bairro Jardim Paraíso e gostou do que viu por lá, como atendimento, limpeza e organização e aproveitou para cumprimentar os profissionais que atuam naquela unidade. Coelho reclamou da situação que passam os moradores do residencial Santa Edwiges com o descaso em relação a um trecho de via sem asfalto e pediu providências novamente, afirmando que há dois meses vem pedindo e não concluíram. Ele pediu ofício à Secretaria de Obras para dar solução a um terreno na Rua Camarão esquina com Rua Santana, onde o mato está muito grande e moradores pedem providências. Pediu também em ofício, a operação tapa-buracos nos bairros Santana, Jardim das Esmeraldas, Vila Rica e outros onde a população carente está sem nenhuma assistência. Coelho falou da situação da iluminação pública, principalmente na Avenida Ipiranga onde existem sete postes com lâmpadas apagadas e reclamou que a empresa responsável não está fazendo o serviço corretamente e pediu para que andem à noite, porque ‘se estamos pagando R$ 3,90 por lâmpada trocada é preciso que o serviço seja feito’.

Marlene Lima: solicitou que a Secretaria de Saúde organize o sistema de revezamento para os profissionais de saúde pública no município em vésperas de feriados, uma vez que as pessoas marcam a consulta e quando chegam para o atendimento o profissional não está. Todos têm direito à folga, mas é preciso que haja um revezamento, disse a vereadora. Ela reclamou também que a empreiteira responsável pela troca de lâmpadas tem marcado os postes com a letra “S”, inclusive no Pontalete, mas o serviço não é feito.

Maycon Machado: o presidente da Casa deixou a mesa para falar da tribuna,  de onde desejou sucesso aos deputados estaduais e federais eleitos que tomaram posse no dia 1º, desejando que continuem ajudando Três Pontas. Parabenizou ainda a Secretaria de Esportes pela organização da final do Campeonato de Futebol Amador do Bairro Morada Nova. Ele destacou que o esporte e a educação são pilares de uma administração voltada para o bem-estar de todos.

(Assessoria Legislativa)

Notícia anterior

Cocatrel Café e Cultura - Edição de Carnaval traz Banda de Marchinhas

Próxima notícia

Precisa de atendimento? Tem farmácia de plantão em Três Pontas neste fim de semana, confira!