OutrosUtilidade

Saúde na Boleia: Caminhoneiros têm acesso a serviços de saúde na rodovia Fernão Dias Ação quer estimular mudanças de hábito e atitudes dos caminhoneiros que podem resultar na diminuição do índice de acidentes fatais

Caminhoneiros Saúde na Boleia foto O Tempo 1

Aferição de pressão arterial e medição das taxas de colesterol, glicemia e triglicérides estarão entre os serviços (Foto: O Tempo)

Os caminhoneiros que passarem pela Rodovia Fernão Dias nos dias 20 e 25 de maio poderão fazer exames básicos para descobrir como está a saúde.  Essa iniciativa faz parte da Campanha Saúde na Boleia realizada pela Autopista Fernão Dias, concessionária do Grupo Arteris, responsável pela administração da BR-381 entre Guarulhos (SP) e Contagem (MG).

A primeira edição da campanha acontece nesta sexta-feira em Atibaia, das 11 horas às 20 horas, no Km 28 (Posto Dom Pedro), pista Norte (sentido BH). Na próxima semana, dia 25 de maio, a ação será realizada em São Gonçalo do Sapucaí, km 802 Norte (Posto do Moinho). Durante os dois dias de atividades serão oferecidos, gratuitamente, exames básicos de saúde, tais como aferição de pressão arterial, medição das taxas de colesterol, glicemia e triglicérides, avaliação de IMC (Índice de Massa Corpórea) e orientações clínicas e cardiológicas, além de corte de cabelo e massagem.

Os caminhoneiros que participarem da campanha preencherão um cadastro sobre hábitos e rotina de trabalho ao volante. “Essas informações vão nos ajudar a conhecer melhor o perfil de saúde desses caminhoneiros, as patologias a que estão mais sujeitos e focar as próximas campanhas em suas necessidades”, explica José Carlos de Oliveira, Gerente de Tráfego.

Com quase 100 mil caminhoneiros atendidos nas rodovias administradas pela Arteris, o objetivo da ação é identificar os fatores de risco que podem favorecer a ocorrência de acidentes de trânsito e estimular mudanças de hábito e atitudes dos caminhoneiros que podem resultar na diminuição do índice de acidentes fatais nas rodovias.

Somente em 2015, a Autopista Fernão Dias prestou cerca de 42.670 atendimentos entre socorros mecânicos e de acidentes aos caminhões e carretas que trafegaram pela via. Neste ano, de janeiro a abril, os atendimentos somam aproximadamente 14.500.

Foco na saúde do caminhoneiro

Saúde na Boleia Caminhoneiros Rodovia Fernão DiasUma pesquisa feita entre setembro de 2014 e agosto de 2015, com 5.538 caminhoneiros mostra que apenas 30% deles possuem planos de saúde, mas muitos não usufruem, pois grande parte dos convênios atende regionalmente. A pesquisa aponta que 47% dormem fora de casa cerca de 20 dias no mês e, um dado alarmante, 3% consomem anfetaminas (rebite) para driblar o cansaço. A metade dos entrevistados afirmou que dorme no próprio caminhão e apenas 3% ficam hospedados em hotéis durante a rotina de trabalho.

A campanha é de total importância para alertar quanto aos cuidados com a saúde desses profissionais, levando em conta que quase 33% dos caminhoneiros ouvidos pela pesquisa são obesos, 34% estão com sobrepeso, 14% apresentam colesterol alto, 11% sofrem com hipertensão, 13% estão com triglicéride alta e outros 14% apresentam altas taxas de glicemia.

A ação Saúde na Boleia também compõe o calendário de atividades do Grupo no apoio ao Movimento Maio Amarelo, iniciativa do Observatório Nacional de Segurança Viária, que visa chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos em todo o mundo.

“O principal caminho para reduzir o número de fatalidades no trânsito é a educação. Temos o papel de alertar a sociedade, mas a responsabilidade de conduzir no trânsito de forma prudente e segura para reduzir os acidentes, é de todos nós”, diz Helvécio Tamm, Diretor Superintendente da Autopista Fernão Dias.

Saúde na Boleia: outros números 

  • 156 campanhas promovidas
  • 102.295 caminhoneiros atendidos
  • 287.522 exames realizados
  • 79.940 vacinas aplicadas

Raio-x do caminhoneiro nas estradas

  • 47% ficam fora de casa cerca de 20 dias em um mês
  • 2% enfrentam jornada superior a 18 horas no trânsito
  • 50% dormem no próprio caminhão na rotina de trabalho
  • 8% dormem em casa na rotina de trabalho
  • 3% se hospedam em hotéis na rotina de trabalho
  • 3% fazem uso de anfetaminas
  • 10% se encontram na faixa mais alta da Escala de Sonolência de Epworth, o que indica um risco 70% maior de sofrerem acidentes automobilísticos
  • 33% estão obesos
  • 34% apresentam sobrepeso
  • 11% sofrem com hipertensão
  • 14% apresentam colesterol alto
  • 14% estão com a glicemia alta
  • 13% registram triglicéride alta

Serviço

Campanha “Saúde na Boleia”

Horário: das 11h às 20h

Dia: 20 de maio (sexta-feira) – Posto Dom Pedro – Km 28 Pista Norte (sentido BH)

Dia: 25 de maio (quarta-feira) – Posto do Moinho – km 802 – Pista Norte (sentido BH)

(Fonte: Assessoria de Comunicação Autopista Fernão Dias/ Foto Página Inicial:Unicidades)

 

Notícia anterior

Sérgio Magrão e Cláudio Venturini, do grupo 14 Bis, participam do Sarau no Quintal da Casa da Cultura

Próxima notícia

Sine Anuncia Que Há Vagas De Emprego Em Três Pontas