Educação, Cultura e Lazer em Três PontasQualidade de Vida e Saúde para o trespontano

Sucesso – Apae convida para o Desafio e trespontanos gravam vídeos com a Música Ser Diferente é Normal

O Desafio da Música foi lançado e tem gente participando, usando a criatividade, interagindo, se divertindo e ajudando a divulgar a igualdade, o respeito ao próximo. Essa é justamente a proposta de uma brincadeira criada pela Apae de Três Pontas e que entrou na programação da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, comemorada de 21 a 28 de agosto.

A ideia é recriar vídeos disponibilizados pelo graduando em Educação Física e Artes Visuais Plínio Guérra, integrante da equipe profissional da Apae trespontana. No material coreografado e também no vídeo livre, ele usa como fundo a música “Ser Diferente é Normal”. A canção, de autoria de Adilson Xavier e Vinicius Castro, fez parte de uma campanha desenvolvida pelo Instituto Metasocial, com sede no Rio de Janeiro. Diversos artistas consagrados, tais como, Preta e Gilberto Gil, Lenini e o grupo Biquini Cavadão aderiram ao projeto em 2012.


Vídeo coreografado por Plínio Guérra

Posted by Plínio Guérra on Monday, August 24, 2020

Chamar a atenção da comunidade para todas as ações que estão sendo apresentadas durante a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, buscar a interação do público na participação dos eventos e, principalmente, celebrar as diferenças enquanto indivíduos perante a sociedade são os objetivos do Desafio da Música.

Ainda segundo Guérra, os vídeos modelos foram expostos às famílias dos alunos e usuários da Apae de Três Pontas, através das redes sociais (Facebook e Instagram) pessoal e da instituição para que todo o processo de compartilhamento partisse primeiramente ao segmento apaeano. Dessa forma, esse público especial se tornaria o primeiro protagonista do projeto. “É parte fundamental do Desafio o compartilhamento dos vídeos que se faz com a ‘regra’ da brincadeira de sempre marcar mais três pessoas para cumprirem o Desafio. Assim, sucessivamente, as pessoas se envolvem e, de uma maneira descontraída, formam uma corrente de disseminação da mensagem: todo mundo tem seu jeito singular, portanto, ser diferente é normal”, completa Plínio.

Os vídeos recriados estão sendo postados no Facebook da Apae de Três Pontas e de Plínio Guérra, com as rashtags #DESAFIOAPAETP #semanadapessoacomdeficiência e #serdiferenteénormal.

Em 2020, a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla traz o tema “Protagonismo Empodera e Concretiza a Inclusão Social”.


Fotos reproduções de alguns vídeos do Desafio

A Semana em Três Pontas

A Roda de Conversa “O trabalho social da Apae frente ao protagonismo dos usuários e seus familiares”, com integrantes da Assistência Social da instituição, abriu o evento em Três Pontas na tarde de sexta-feira (21).

Ontem (25), houve o lançamento de um vídeo institucional que mostra o empoderamento dos alunos da “Educação no ambiente familiar”.

Hoje, às 19 horas, a equipe Reabilitação Intelectual – CER II trará a Roda de Conversa “A ressignificação do papel da família da pessoa com deficiência intelectual em tempos de pandemia”.

Na programação constam ainda o Lançamento do Curta-Metragem “Fome”, sob responsabilidade da Assistência Social e também postagens com relatos de usuários da Apae e familiares sobre dificuldades de empoderamento da pessoa com deficiência, coordenado pela Reabilitação Intelectual – CER II. As ações acontecem nesta quinta-feira (27).

Para finalizar, na sexta-feira (28) serão feitas postagens nas redes sociais da Apae trespontana de relatos de familiares sobre o atendimento prestado em relação aos Planos de Ensino Tutorado (PET’s).

Abaixo o vídeo institucional do Setor Educacional da Apae de Três Pontas – Escola Pequeno Príncipe,”Ser Diferente é Normal”!

Video institucional do Setor Educacional da Apae de Três Pontas – Escola Pequeno Príncipe," ser diferente é normal"!

Posted by Apaetrêspontas Apae on Wednesday, August 26, 2020

 

Notícia anterior

Policial - Base de Segurança Comunitária de Três Pontas lidera ranking mineiro de melhor desempenho, em junho

Próxima notícia

População do Brasil passa de 211,7 milhões de habitantes; Três Pontas se aproxima dos 57 mil, estima IBGE