Outros

Três Pontas, através do Condes, receberá visita do maior conselho de desenvolvimento econômico do Brasil. Sabe o que isto significa? Um passo a mais para o crescimento da cidade e região

Arlene Brito

Na próxima terça-feira, 4 de dezembro, Três Pontas receberá a visita da diretora-geral do maior conselho de desenvolvimento econômico do Brasil, o Codem de Maringá (PR). Por volta das 15h30min, Juliana Franco Afonso chegará à Prefeitura Municipal, para um encontro com os integrantes do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Sustentável de Três Pontas (Condes-TP). O grupo terá a oportunidade de ouvir a experiência de um Conselho corresponsável por conquistas incríveis, por exemplo, a de Maringá manter pelo segundo ano consecutivo o título de melhor cidade entre as 100 maiores cidades do país.

À noite, com início às 18 horas, haverá uma palestra no Auditório da Associação Comercial e Agroindustrial (Acai-TP). Autoridades políticas, empresários, comerciantes, provedoria da Santa Casa, clubes de serviço, associações de vários segmentos são esperados para o evento que deverá ser prestigiado ainda por cidades vizinhas. Representantes de Três Corações, por exemplo, confirmaram presença.

Associação Comercial de Três Pontas Presidente

Bruno Dixini, vice-presidente do Condes e presidente da Acai-TP (Foto: arquivo)

De acordo com o vice-presidente do Condes-TP e presidente da Acai-TP, Bruno Dixini Carvalho, a vinda da diretora-geral do Codem representa avanços. Isto porque serão transmitidas orientações sobre boas práticas de desenvolvimento e relatados cases de sucesso nos quais o Conselho local poderá se espelhar durante a criação de projetos que resultem em crescimento socioeconômico, fundamental para que Três Pontas se torne mais atrativa para novos investimentos.

“Três Pontas é pioneira no Sul de Minas e uma das poucas cidades do estado com implantação de conselho municipal de desenvolvimento econômico e sustentável, portanto, já é referência. Temos o privilégio de receber o Codem de Maringá. Esta atenção dada a nós mostra que começamos muito bem, com credibilidade e que podemos propor e fazer executar políticas de desenvolvimento econômico para nossa terra, como também enraizar conquistas para toda a nossa região”, completa Carvalho.

Condes – “melhorar o presente, planejar o futuro e garantir a continuidade das ações do governo”

Fundado em 18 de julho (Decreto 10.363), o Condes-TP tem a missão de promover de maneira contínua o desenvolvimento de Três Pontas, a partir do levantamento das demandas do município e por meio da união das entidades representativas e sociedade. É, portanto, deliberativo, ou seja, tem autonomia para apresentar à administração pública projetos que expressam os desejos, as necessidades da comunidade. Considerado de extrema importância, possui as seguintes atribuições:

  1. promover, incentivar, acompanhar e avaliar as ações de desenvolvimento econômico e sustentável no município;
  2. definir e auxiliar no estabelecimento de diretrizes, padrões e projetos;
  3. articular políticas públicas de desenvolvimento urbano e rural;
  4. pronunciar-se sobre questões de relevante interesse para o município, em conformidade com as disposições da legislação municipal, estadual e federal;
  5. auxiliar no estabelecimento de diretrizes, padrões e projetos na área de atuação.

A posse dos conselheiros para o biênio 2018/2020 aconteceu em 26 de julho. Em apenas quatro meses de atuação, já conta com cinco grupos de trabalho:

  1. Câmara Técnica de Assuntos Comunitários/Construção Civil e Setor Imobiliário.
  2. Câmara Técnica de Assuntos Universitários/Integração Tecnológica e Inovação.
  3. Câmara Técnica de Atração de Investimentos.
  4. Câmara Técnica da Indústria/Agricultura/Comércio e Serviços.
  5. Câmara Técnica do Turismo.

Para comprovar a eficiência das câmaras técnicas, pode ser citado que Três Pontas passa por uma Revisão do Processo para Concessão do Alvará Municipal. A meta é simplificar e tornar o serviço mais eficiente.

Participam do Condes-TP representantes da Prefeitura, Câmara, Emater, Associação de Bairros (Amsesam), Sindicato dos Produtores Rurais, Escoteiros, OAB, Associação Comercial, Rotary, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Associação dos Profissionais da Engenharia (Assenart) e Unis-MG. Os membros não são remunerados, trabalhando em nome da coletividade. O prefeito Marcelo Chaves Garcia preside o Conselho.  

Informações “de pronta entrega”

“O empresário não vem atrás somente de terreno, ele observa a mão de obra e a infraestrutura do município: saúde, educação, comércio, serviços entre outros. Desta forma, a cidade precisa ter informações para melhorar estes atrativos”, explica Bruno Dixini.

Sendo assim, para serem levantados e acoplados dados do município, indispensáveis para as ações e para apresentação a empresários interessados em instalar seus empreendimentos na cidade, o Condes-TP conta com a consultoria de Juliano Cornélio, que trabalhou no Sebrae-MG por 25 anos e hoje é diretor Comercial da Cresça Mais. 

Notícia anterior

Abayomi e outros trabalhos da Escola Tancredo Neves inspiram e Três Pontas ganha atrações culturais e de reflexão

Próxima notícia

Empresário de Três Pontas recebe Mérito durante Congresso da Federaminas