Política em Três Pontas

Vereador Robertinho pede informações sobre gastos do Saae e Provedor da Santa Casa relata situação atual da entidade

Sessão movimentada na Câmara na última segunda-feira. Mesmo com apenas uma proposta em votação, os parlamentares acompanharam por mais de uma hora os desabafos na tribuna e as explanações do provedor da Santa Casa de Misericórdia Hospital São Francisco de Assis, Michel Renan Simão Castro. Antes de iniciar a sessão, o presidente Maycon Machado convidou o vereador Sérgio Silva para ocupar a vice-presidência Ad-hoc.

O pequeno expediente contou no início com o desabafo do vereador Erik dos Reis Roberto, justificando sua entrevista em um portal de notícias local, onde sugere a aplicação dos recursos das Férias-Prêmio dos servidores municipais como forma de garantia num eventual desligamento do órgão público. Embora seja apenas uma sugestão, muitos internautas interpretaram equivocadamente, segundo o vereador, e fizeram comentários maldosos e esdrúxulos sobre o assunto. Erik lamenta que algumas pessoas, às vezes, nem leram a matéria e já começam a dar opinião. Outros, nem interpretam direito, completa o vereador. A intenção da sugestão conforme Erik Roberto, é somente passar uma ideia daquilo que seria útil para resguardar os direitos do servidor efetivo, uma vez que na União já não existe mais este benefício, assim como em muitas cidades ele não existe mais. O vereador finalizou afirmando estar decepcionado com algumas opiniões sem sentido e que é preciso tomar cuidado com as redes sociais e sempre ponderarmos aquilo que comentamos.

Já a vereadora e secretária da Mesa, Marlene Lima, agradeceu à Secretaria de Obras que atendeu ofício datado de dezembro de 2018, no qual pedia providências para poça de água em frente ao Caic na Rua José Caxambu, pedido este feito por vários vereadores e que agora foi resolvido. Marlene falou também da implantação em Três Pontas da “Rede Cidadã”, que dará oportunidade de primeiro emprego aos jovens de 14 a 24 anos nas empresas locais. O programa realiza um intenso trabalho da vereadora e do vereador Maycon Machado que durante 8 meses tentaram trazer para cá.

Roberto Cardoso pediu ofício ao prefeito para que tome providências contra a proliferação do mosquito da Dengue, fazendo a limpeza de vários terrenos do Município sujos com entulhos, especialmente na Rua Marcílio Ferreira de Brito e nos fundos do Morada Nova. Reclamou também das estradas rurais que mesmo após as chuvas ainda não houve a manutenção.

O vereador Luiz Flávio Floriano elogiou a Secretaria de Obras pelos trabalhos de recapeamento no bairro Cidade Jardim e em outros bairros que iniciaram na semana passada.

Já o vereador “Coelho do Bar” destacou os benefícios destinados a Três Pontas para a área de saúde pública, oriundos do deputado federal Diego Andrade e enumerou os equipamentos que atenderão esta área tão importante para a população. “Coelho” pediu ainda providências para buracos na Rua Coronel João dos Reis.

Por sua vez, o vereador Sérgio Silva lamentou que estando próximo ao período eleitoral, começam as manifestações, se referindo ao comentário feito por Erik Roberto. “E são as mesmas pessoas e o pior, são também servidores públicos” disse Sérgio, chamando de ato covarde a pessoa se esconder atrás das redes sociais e pediu para que falem frente a frente, ao invés de se esconderem. Ainda sobre a entrevista de Erik, afirmou que nem projeto é, e algumas pessoas já interpretaram de forma equivocada.

O último a usar a tribuna foi o presidente Maycon Machado, parabenizando os atletas trespontanos premiados no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu. Agradeceu pelas providências na Rua José Caxambu e cumprimentou a secretária Teresa Cristina, da pasta da Saúde e o coordenador José Lúcio pela realização da VII Conferência Municipal de Saúde realizada aqui. Sobre a “Rede Cidadã”, Maycon explicou que já são 29 jovens atendidos e a expectativa é chegar a 100.

Provedor Michel Renan prestou voluntariamente contas à população sobre gestão da Santa Casa

Após sua explanação, o presidente suspendeu a sessão por 20 minutos para que o provedor da Santa Casa, Michel Renan fosse à tribuna falar aos vereadores. Michel Renan fez um resumo do período em que está provedor da entidade junto com toda a equipe. Ele falou sobre o resultado da auditoria contratada para a Santa Casa em comum acordo com o Município e apresentou ainda o balancete sintético da situação do Hospital. Em suma, prestou contas voluntariamente, prometendo dar continuidade ao trabalho desenvolvido por toda a diretoria, que por sinal alguns estavam na plateia acompanhando o provedor. Ao final os vereadores parabenizaram pelo trabalho e fizeram algumas indagações pertinentes ao atendimento e à dívida da entidade.

Na pauta de votação apenas um Requerimento de autoria do vereador Roberto Donizetti Cardoso. Trata-se do Requerimento nº 003, que requer ao Saae a relação de gastos da autarquia com aluguel de máquinas retroescavadeiras no período de janeiro de 2017 a abril de 2019. Após defesa do autor, a proposta foi aprovada por unanimidade.

(Fonte: Assessoria de Imprensa da CMTP)

Notícia anterior

Campeonatos brasileiro e mundial de Wakeboard movimentam Nova Lima, na região metropolitana de BH

Próxima notícia

Encontro de Motociclistas promete agitar Três Pontas de sexta a domingo